Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Tudo passa ou tudo fica

. Unidade de luz e de paz

. Acções

. Vontade própria

. Amar

. A maior lei cósmica

. Há de tudo

. Personalidades

. Jesus

. Da atenção

. Vale a pena

. Tanta diversidade

. O impossível possível

. Tipos de vida

. Só por hoje - Oração da S...

. O Pântano

. Terminologia

. Um minuto e a vida.

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Tudo passa ou tudo fica

udo passa ou tudo fica, depende da nossa vontade… - este é o tema para desenvolverem num trabalho.

- Isso é o que parece, pois às vezes queremos uma coisa e sai outra. A nossa vontade nem tem nada com isso.

- Bem, tem nos momentos de decisão mas não há dúvida que depois as coisas podem parecer e seguir uma orientação própria.

- Ora, até nas decisões! Quantas vezes queremos dizer uma coisa e sai outra, às vezes até oposta.

- Pronto! Então digam isso tudo, mas não esqueçam de justificar e até de exemplificar.

- Desculpa lá, mas afinal como se chama esta disciplina?

- Deixa ver… epistemologia de qualquer coisa…

- Vamos ver no quadro ali…

- A ignorância às vezes chateia, não é?

- Aqui não é ignorância, é mais falta de interesse, mas o homem até vai explicando alguma coisa e daí o querer saber de que disciplina se trata.

- Pois. Olha, acho que isso também é de vontade, não é?


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

Unidade de luz e de paz

á crimes hediondos. Há situações infames. Há mentes mesquinhas, pensamentos asquerosos.

E, como sempre, há os contrários que nos animam a seguir, a ter esperança a cada manhã que surge, a cada raio de Sol de que conseguimos gozar o calor e o brilho.

O calor conforta, os frios fazem tremer o corpo e o coração, as emoções e os sentimentos.

A vontade faz erguer das desgraças, das vicissitudes; a tenacidade faz continuar as directrizes que a vontade traçou.

E então descobrimos e a seguir vemos com toda a clareza que há imensas esperanças infantis e situações encantadoras; que há mentes virginais e pensamentos angelicais.

Entendemos perfeitamente que somos nós que podemos construir, elaborar o nosso mundo vibrante de boas energias e níveis de pureza.

E nesse mundo assim criado cabemos nós mesmos, os nossos mais queridos e todos os outros que ali se sentirem bem. Porque os que ali se sentirem bem, nessa atmosfera, nessa esfera, esses são iguais a nós e juntos irradiamos melhor ainda para todos, até para os mais ignorantes e arredios.

E entramos na Unidade maior de Luz e de Paz. Essa Luz e Paz que ninguém pode tirar, nem estremecer porque já é intrínseca.

- Olá! Vens comigo? Onde? Ora essa! Onde combinámos ontem, à loja de iluminação e candeeiros. Não querias ver novidades para a iluminação da sala? Pois, pois… podem ser dessas, mas a maioria prefere as de economia, aquelas que acendem quando passamos perto. Já sabias?


publicado por eva às 11:01

link do post | comentar | favorito

Sábado, 19 de Fevereiro de 2011

Acções

stradas, ruas e avenidas enfumaradas

Parques, jardins e varandins floridos

Acções do homem pelo homem

Acções do progresso e das técnicas

Acções para o bem-estar

Acções para o bem viver

Então porque não se vive assim tão bem?

Falha a vontade de equipa?

Falha a vontade individual?

Não falha nada!

Somos como somos

Poderemos pensar melhor

Ser melhor

No instante que assim o decidirmos

A dúvida instala-se

Quando balançamos

O que queremos ser e o que deveríamos ser.

 


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Domingo, 30 de Janeiro de 2011

Vontade própria

tudo remete ao coração, esse órgão…

- Reparaste na palavra órgão?

- Que tem?

- Ora! Tem dois acentos!

- Francamente, lembras-te de cada coisa. Que tem isso a ver com o assunto, podes explicar?

- Bem… não consegui deixar de pensar nisso assim que a palavra foi dita.

- Aí está!

- Está o quê? – pergunto eu agora.

- Está o problema – não consegues deixar de fazer associações contínuas, é o que é.

- Então… bem… não tinha pensado nisso.

- Pois nem deves ter tempo para pensamentos úteis, apenas para um destrambelhar de torrentes deles, constantemente e em completo desgaste psíquico.

- Achas? Ai, já estou a sentir-me fraca… Olha, vou para casa e deito-me.

- Para casa, deitar? Ó menina, vá mas é reeducar esse modo de pensar e a cada dia vai melhorar.

- Isto tem cura?

- Ohhh! Faça exercícios de concentração da atenção o mais constantemente que conseguir, primeiro por poucos minutos e amiudados; depois mais demorados até atingir o controlo deles em discernimento lúcido e por vontade própria. A sua! Não de outrem.

- Quer dizer, ser mais eu mesma? Eu-comigo, digamos.

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 21 de Junho de 2010

Amar

MOR é alegria por tudo, por todos, por estar vivo.

Amor pode ser apenas paixão, ou uma erupção de tudo o que de melhor somos e o que conseguimos ser nesse momento.

Amor pode degenerar com toda a facilidade e com expansão de força igual ou maior ainda, porque se torna mais focada e concentrada apenas em determinados feixes.

E porque, infelizmente, estamos mais acessíveis ao baixo teor de emoções do que a emoções mais elevadas.

Vale a amplitude do ser e dos extremos que conseguimos tocar com a força da vontade. Vale a amplitude da força intrínseca de amar e do amor.

Vale o que somos perante tudo o que conseguimos ser quando nos expandimos como seres potenciais que somos.

Tantas e tantas vezes exigimos dos outros qualidades, qualidades interpessoais connosco, qualidades profissionais, qualidades humanistas, etc.

E de nós?

Vale a vontade de preferir a qualidade para nós, de nós mesmos em nós próprios e de nós por todos os outros que vamos encontrando no nosso caminho.

 


publicado por eva às 01:21

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 5 de Maio de 2010

A maior lei cósmica

ersistência, perseverança ou tenacidade significam, de modo semelhante, a continuação da força primeira e que foi a vontade de algo.

De algo que se semeou contra todos os ventos das circunstâncias, promovendo o querer mais íntimo e subtil ao querer mais arrojado e visível para todos.

Mesmo que esse querer venha contra tudo o que o rodeia, porque vem ressuscitando o íntimo de nós – seja, infelizmente, tanto o pior e mais oportunista de nós, quanto, felizmente, o melhor de nós e de nossas esperanças.

- E isso é o parco resumo da vida e da morte do indivíduo, por aqui?

- Bem… o melhor de nós amplia infinitamente o nosso progresso e elevação celestial. A maior lei cósmica é o amor fraternal!

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 29 de Março de 2010

Há de tudo

ono, sonhos. Sonhos atormentados. Sonhos felizes.

As nossas preocupações e os nossos anseios – tudo se confunde nos tempos de sono.

Há quem prepare meditações, regressões e futurologias individuais e de grupo.

Há quem queira ajudar. Há quem queira conhecer.

Há, também, quem queira lucrar o seu dia. Há quem queira bisbilhotar a sua vida, a dos seus amigos, o que há para além de…

Há quem queira divertir-se. Há quem queira ter passatempos interessantes. Há quem queira ter predominância sobre as pessoas em geral, ou as conhecidas, ou as aflitas e necessitadas.

Há de tudo!

Há capacidade para discernir! Porque mesmo no meio da dor mais profunda, a consciência íntima avisa e defende o ser.

Há capacidade para escolher o ambiente que se vai partilhar.

Mas, também há incapacidades, deficiências e alterações que obscurecem o entendimento e a lucidez.

Há que ter em conta que as deficiências físicas e mentais pertencem ao corpo e à pessoa, não exactamente ao espírito do ser.

Há que ter em conta que todas as situações são razoáveis porque têm uma razão para ser assim, naquela altura e daquele modo para tal indivíduo.

Há que ter em conta que tudo pode mudar com o instante de um clique.

Há que ter em conta a vontade de mudar e de escolher para que nível se decide mudar e que isto se reflecte no mais ínfimo movimento ou expressão.

Há que ter em conta que a intenção já é movimento do ser e que o sonho pode ser liberdade.

- E tu, sonhas sempre o mesmo?

 


publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

Personalidades

 

esumindo em duas palavras o assunto diremos que:
- As emoções repetidas e vincadas arregimentam os sentimentos e o conjunto forma a personalidade emotiva, ou primeira ou primária.
- A razão, o raciocínio, a lógica e a memória formam a personalidade intelectual.
- O conjunto formado por essas duas personalidades e o equilíbrio encontrado definem a personalidade global do indivíduo.
Mas esse equilíbrio pode ser completamente desequilibrado entre as duas – emotiva e intelectual?
- Pois pode, e a maior parte dos indivíduos está nessa situação. E o indivíduo pode ser maioritariamente emotivo ou calculista.
- Então, a questão é a harmonia entre ambas?
- A questão é o que a pessoa escolhe porque, por força da vontade, será o que quiser. Com maior, ou menor, sacrifício do seu sossego enquanto estiver em auto-tratamento. Ou melhor, em auto-terapia.
- Pois, pois. E a coragem?
- A coragem está lá, é uma questão de despertar. É sempre a vontade que acorda e impulsiona, assim como é a tenacidade que mantém o ritmo.
 

 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010

Jesus

esus, o homem que dividiu a história da humanidade em duas eras – antes de Cristo e depois de Cristo, ou era Cristã.

Jesus, no entanto, o que mais fez foi unir os povos e as mentalidades segundo a direcção do bem, da benevolência, da paz e do amor fraternal entre todos, uns para com os outros.
Considerado, hoje em dia, como o mais perfeito psicoterapeuta, foi um exemplo de virtude e de prova de que é possível viver a vida com qualidades pessoais, mesmo que isso acarrete uma morte violenta, com julgamento fictício.
Mostrou que o povo vai facilmente para onde é dirigido e que as ideias pessoais podem toldar-se, mesmo que se tenha vivido ao lado de alguém tão perfeito quanto ele durante numerosos anos.
Mostrou que a cada um a sua medida e que depende de cada um a transformação do seu íntimo e não tanto dos exemplos que tem em redor.
Mostrou que cada um tem, em potência, tudo o que pode desejar ser.
Demonstrou que, haja o que houver, cada um deve tomar a resolução dos seus passos e o resto já não interessa.
Nada nem ninguém pode demover a vontade desenvolvida em prol de determinado idealismo.
Mostrou, afinal, o valor da fé no ser humano e que todos podemos considerar-nos filhos de Deus se o tomarmos como exemplo nas suas ideologias e acções. Porque é preciso agir em conformidade com a própria integridade ou o ser desmorona.
Demonstrou que somos os ideais que temos e pelos quais pugnamos, íntima e exteriormente.
Ele, que viveu rodeado de multidões que lhe faziam pedidos e diziam adorá-lo, morreu humilde e com dignidade em martírio atroz e quase só.
Afinal, e como disse Jesus, se tratam assim o madeiro verde, o que não acontecerá ao seco?
 

publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

Da atenção

As noites são lunares – dizem uns. Obviamente, dizem outros. Não tão óbvio porque há noites de Lua Nova, dizem, ainda, outros mais.
E tudo isso é realidade e tudo isso é explicar pior ou melhor.
O que quero dizer é que uns interpretam e entendem logo todos os prismas de observação das questões. Outros são mais superficiais ou, talvez, mais específicos e atendem ao principal e objectivamente ao que se faz referência.
Isto acontece perante a generalidade das situações e em relação à maioria das pessoas.
No entanto, quando queremos dar atenção, então percebemos tudo o que é para perceber.
Resumindo, o entendimento depende, também, da nossa atenção e concentração nos assuntos.
Também acontece que uns têm sempre uma atenção cuidada para tudo o que flui em seu redor. Outros estão constantemente distraídos.
Será apenas uma questão de atenção dirigida? Porque questão de capacidade não é.
A boa capacidade observa-se, se for necessário, de seguida à maior distracção.
- Será uma questão de economia mental?
- Talvez!
- O facto é que, em estado de mente saudável, todos somos capazes de distracção, atenção e concentração a gosto.
- E disciplinada?
- Aí, aparece a vontade com a sua força de comando acima das preferências simplesmente emocionais.

.
.

.

Imagem retirada da net
.
.
Disse  Ralph Waldo Emerson:  A concentração é o segredo da força !
.

.


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds