Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Somos, Existimos

. Vicissitudes da vida

. A natureza ensina-nos a v...

. Um mundo de probabilidade...

. (In)Sensibilidades

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Domingo, 4 de Dezembro de 2011

Somos, Existimos

entro de nós

 No nosso íntimo

Somos

Existimos

Fazemos face

 A todas as intempéries

A todas as vicissitudes

A todas as opiniões.

Conhecendo-nos

Somos tudo

O que precisamos ser

Para sermos

Correctamente

O eu digno de nós

Agora.


publicado por eva às 20:46

link do post | comentar | favorito

Sábado, 23 de Julho de 2011

Vicissitudes da vida

ássaros. Sons cantantes e livres nas árvores, nas alturas onde voam.

Alegria natural transmitem com os seus trinados.

Felizes os que cantam e nos enlevam com a limpidez dos timbres e melodias.

Felizes os que apreciam as coisas belas da vida mesmo nas piores circunstâncias.

Porque esses já pairam em vol d’oiseau e nada os atinge na sua evolução, na sua elevação.

A vida e suas precariedades são vicissitudes que ainda temos que depurar.

São oportunidades de resgate kármico.

A vida, amplamente considerada, essa, é eterna e esta pode ser apenas um trajecto entre uma estação e outra…

Esta vida é possibilidade de ser amplamente vivida no bem e na paz, se deixamos que estes sentires sejam íntimos connosco, façam parte integral de nós.


publicado por eva às 00:56

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010

A natureza ensina-nos a viver

mar está eriçado, está revolto. É o Inverno que se aproxima. São os ventos e tempestades que aparecem no horizonte da nossa paisagem de Verão a passar pelo Outono.

A serenidade outonal está a esvair-se para dar lugar aos frios e, como tudo na natureza, o clima transforma-se a pouco e pouco equilibrando-se ao longo de um ano bem contabilizado pelo calendário.

A praia assume outro aspecto e por vezes assusta e torna-se necessário os homens defenderem-se do mar, da orla da praia que ora cresce ora diminui do areal.

Tudo se transforma para, passados uns meses, nos mesmos lugares, voltarmos a sentir um Sol fortíssimo no rosto e no corpo.

A natureza ensina-nos a viver, a resguardar do mau tempo, a esperar serenamente que venham as bonanças e a gozá-las sempre que aparecem, pois são uma espécie de recompensa, de intervalo entre as vicissitudes da vida.

A natureza pode ser bela, a vida pode tornar-se plena e nós sermos o que sonharmos ser.

 


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito

Domingo, 17 de Outubro de 2010

Um mundo de probabilidades

m filho que vem quando menos se espera, quando é desejado e esperado ou até quando não seria fisicamente viável tê-lo.

São coisas da vida – dizem uns; são vicissitudes – dizem outros.

Um filho traz sempre um pão debaixo do braço – diz o povo.

Um filho, ou filha, deverá ser uma alegria, alegria de estar vivo, alegria de poder dar vida.

Se foi um acaso dramático e tenebroso, quer dizer que na pior tempestade de emoções, de sentimentos e traumas ainda existe espaço para dar vida e renovar a sua própria.

Quanta nostalgia às vezes ensombra as alegrias que poderiam advir das virtudes da vida…

Quanta esperança e alegria surgem com o nascer de outra vida.

Quantas precauções redundam em nada e quantas despreocupações igualmente redundam em nada...

Todas as formas de vida tendem a uma vida melhor. Assim é na natureza e assim é no Homem.

Mesmo quando tal pareça improvável ou até impossível, um mundo de probabilidades está aí… em cada nascimento.

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sábado, 5 de Dezembro de 2009

(In)Sensibilidades

Dizemos que não sentimos nada, geralmente até nos sentirmos vítimas.
Porque a maioria de nós só aprende passando, e sofrendo, pelas situações mais amargas. Seria tão mais fácil aprender logo em fraternidade para com os outros, fossem os mais estranhos ou os mais próximos.
E, pior ainda, somos geralmente, ainda, mais tolerantes para com os estranhos do que para os próximos, porque a desilusão que nos dão em determinadas alturas, especialmente nos graves momentos da vida, é tanto maior quanto a proximidade e o carinho que lhes tivermos devotado - é um sentir-se enganado no íntimo.
As excepções a isto estão na grandiosidade do amor que dedicamos apenas a alguns, porque a esses toleramos qualquer desilusão que, aliás, aceitamos pensando, e firmemente convencidos, que um dia vão mudar para melhor. Mais que não seja, pela proximidade da nossa influência e benevolência.
Todos somos insensíveis e simultaneamente sensíveis dependendo das situações. Como se fôssemos um instrumento musical e apenas reagíssemos quando tocados nalguma corda, nalguma tecla.
- Qual o interesse disto tudo, afinal?
- O interesse está em nos sensibilizarmos irmãmente, sem ignorar quem precisa de uma palavra que seja, de atenção e carinho, nem nos destroçarmos por outros que têm que aprender sozinhos a melhorar-se. Devemos encontrar o equilíbrio da nossa sensibilidade, de nós e em nós mesmos. E partilhar tudo o que temos de melhor, emocionalmente falando, com todos os que encontramos.
- Os sorrisos valem?
- Às vezes um sorriso meigo ajuda a ultrapassar um dia inteiro de vicissitudes alheias.

.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Diz um  Provérbio chinês:  Se alguém está tão cansado que não possa dar-te um sorriso, deixa-lhe o teu !
.

.


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds