Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Viagens e viajantes

. Viagens

. Entender

. Âncoras

. Viajar

. Vou viajar. De avião gost...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Segunda-feira, 5 de Novembro de 2012

Viagens e viajantes

iagens

Pelas terras afora

Pelo ar e pelo mar

Pelo espaço até

Viajantes

Somos por tudo isso

Física ou mentalmente

Em realidade e unidade

Viagens e viajantes

Reúnem-se

Na intimidade de ser.


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito

Domingo, 27 de Maio de 2012

Viagens

ontato para te dizer

Adeus!

Tenho que apanhar a onda

De energia

Tenho que chegar ao canal

No tempo certo

Do tempo sem tempo

Do lugar sem espaço

E sinto que vou tarde

Que vivi demais do tempo

Muitos anos passaram

Sem saber como

Sem avaliar bem os porquês.

Adeus,

Vou indo

Já estou na era sem tempo

E percebo os amigos

Que foram antes de mim

Já percebo o próximo trabalho

Vou andando

Vou voando

Adeus!


publicado por eva às 12:42

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

Entender

- lá, bom dia! Há séculos que não lhe ponho a vista em cima…

- Ora viva!

- Por onde tem andado, pode saber-se?

- Tenho, hã… viajado por aí.

- Ai, sim?

- Bom, é um modo optimista de dizer que tenho ido trabalhar onde posso…

- E tem conseguido fazer dinheiro?

- Tenho, tenho.

- Já é uma sorte!

- Sorte e esforço, sabe, muito, mas muito sacrifício!!

- Mesmo assim, se lhe pagaram…

- Sim, lá isso foram sempre honestos comigo.

- Bom regresso, então.

- Até à próxima e saudinha por cá.

- Obrigado, igual.


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 30 de Novembro de 2010

Âncoras

osto tanto de poder viajar, ver, observar novos costumes, novas gentes, novos lugares, novas paisagens.

Parece que se abre outro horizonte de vida dentro de nós. É como se a vida se desdobrasse…

Percebo os que viajam sem parar em lugar algum, porque isso traz vida na vida e os dias passam com outro interesse, outra vivacidade.

- Mas não há construção.

- Construção? Pois se nem é preciso casa nem nada…

- Quero dizer que o indivíduo não constrói nada de si, não forma família, não faz trabalho nem configura relações interpessoais perenes. Tudo é passageiro.

- Exactamente, não há âncoras nem ligações, apenas a sensação de liberdade. Muito bom!

- Muito bom enquanto tudo corre bem e a saúde ajuda. Se há algum problema não há ligações de ajuda, a não ser as de ocasião e isso pode ser pouco, pouquíssimo.

- Então! Recebe conforme deu…

- Tal qual!

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Viajar

- ara que servem as viagens além de mostrarem, a todos, a situação financeira que a família vai gozando? Esta e outras perguntas tais apenas traduzem a insegurança de quem pergunta.

- Pois, quem está em paz consigo mesmo não precisa nada disto.

- E as viagens poderão ser simples possibilidades de encontrar novas culturas ao vivo, etc.

- Ou seja, tudo aquilo que nos prende a materialidades ou questões físicas estabelece exactamente um laço que agarra o ser e não lhe permite liberdade. A liberdade pura que os grandes místicos ensinaram e exemplificaram em vida.

- Essa liberdade permite ao indivíduo não ter medo do que seja mais temeroso, permite-lhe movimentar-se em qualquer ambiente sem constrangimento; antes, pelo contrário, é ele que influencia os meios onde se movimenta, acrescentando-lhes uma luz de clareza espiritual aos que ainda não a têm. Essa clareza é intrínseca e não necessita discursos para convencer ninguém.

- Num mundo de ritmos atribulados, como o actual, é fácil cairmos na confusão de ideias porque, não raro, achamos injustiças e corrupção um pouco por toda a parte.

- Mas não somos libertadores de nada a não ser de nós mesmos e com o nosso exemplo poderemos, então, ser mote de inspiração para quem seja atento.

- O trabalho principal de correcção está sempre primeiramente em nós mesmos. Quando adquirimos a nossa luz interior com determinada projecção será essa a luz que absorverá a escuridão em redor. Então, partilharemos o que temos e o que temos de melhor.

 


publicado por eva às 23:43

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 2 de Maio de 2006

Vou viajar. De avião gosto mais. As distâncias são automaticamente

2 de maio de 2006

Vou viajar. De avião gosto mais. As distâncias são automaticamente maiores.

Mamã, que fazes aqui? Vieste despedir-te?
Mas tu não podes vir. Eu é que posso despedir-me de ti.
Algo está diferente.
Não quero voltar lá, nem ali sequer.
Tudo o que tenha camas, hospitais ou doenças.
Pois é, prefiro viajar. O problema é que não estou a ver nada.
Então estás aí! Outra vez ou ainda?
Morremos? Ou estamos vivos?
Dói-me a cabeça. Está tudo igual...
Mas já passou muito tempo.
Nos sonhos é tudo tão depressa.
O telefone não toca. Então não é preciso nada.
Sonho ou realidade.
Talvez a realidade do sonho - como dizem os poetas.

******************

Você é assim
Um sonho p'ra mim...
E a gente mal se cansa
De ser criança.

publicado por eva às 20:44

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds