Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Terapias complementares ...

. O nosso corpo

. Novas fórmulas?

. Loucura(zitas)

. Doentes

. Tratamentos

. Tratamentos

. Tratamentos diferentes

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Terapias complementares

- á viste este anúncio?

- Nada, não. Que diz?

- Diz que marcam rapidamente tratamentos diversos, da acupuntura ao SCIO.

- Jesus, de que estás falando? São espécie nova de análises?

- Nada disso. Chamam-se terapias complementares e já vão sendo identificadas e aceites pela classe médica.

- E servem para quê?

- Para tratar os doentes disto e daquilo.

- Mas não são comparticipadas pelos seguros de saúde, é isso?

- Exatamente.

- Então não quero. Não posso pagar nada extra.

- Mas dizem que resultam muito bem se forem por terapeutas capacitados e sérios.

- Ora! Nesta altura não faltaria…

- Mas temos que ver que há de tudo. E quem está doente vai tentando todas as portas para a saúde.

- Achas?

- Pois acho! Além disso conheço vários tratamentos destes com belíssimos resultados. Tratam a doença e o doente. Coisa que nem sempre acontece com a medicina tradicional.

- Então tudo é útil se for bem orientado.

- Exatamente, tal e qual! Tudo é bom se feito por Bem.

 


publicado por eva às 00:56

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 2 de Julho de 2011

O nosso corpo

oração, pulmões, órgãos

O nosso corpo. A nossa máquina

É imperioso cuidá-la

Forçoso é mantê-la

Valioso é querer-lhe bem

Não necessita de muito

Farináceos, frutos e água, etc. e tal

O resto é acréscimo ao necessário

Remédios são para os males que vão aparecendo

Tratamentos são precisos por vezes

As modas, as jóias são acréscimo

Conforto vaidoso é supérfluo

Simplicidade

Vida simples de manias

Ajuda à serena paz

De nós, em nós, connosco.

 


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Novas fórmulas?

À entrada em oval, o chão está coberto de areia muito branca e fina.
A porta é enorme em largura e altura. Entramos.
O hall é enorme e a seguir entramos na sala de reuniões, onde está uma mesa oval ao meio, com algumas pessoas sentadas à sua volta.
São os mais antigos na Casa e os mais velhos – pois!
Em círculos mais pequenos e expostos segundo uma linha circular, bem ampla, à volta dos que estão na dita mesa, estão mais pessoas.
Estas são mais jovens e estão reunidas formando os tais círculos mais pequenos, por especialidades de trabalho.
Um desses círculos interrompe regularmente a linha circular para tratar de doentes – um de cada vez.
Há ainda outras pessoas que se vão alinhando, um pouco aleatoriamente, ao lado dos outros.
Muitos já sabem tudo sobre a sua profissão, outros estão aprendendo com todo o interesse.
É incrível a azáfama.
Uma sala que estava no rés-do-chão e, agora, se situa na cave, serve para a elaboração da primeira ficha dos que necessitam de tratamento.
Os tratamentos são tanto para as dores físicas como para as perturbações psíquicas.
E são estas as que perfazem o maior número.
Utiliza-se, ali, uma espécie de psicologia aplicada, mas activa e na inversa do que é comum ver-se em tratamentos com psicólogos.
Não é o paciente que fala, mas o especialista que lhe dirige as palavras certas, porque percebe a situação em termos globais e clínicos.
O paciente, ao perceber a sua situação com tanta clareza, provoca em si mesmo uma reacção de cura.
É-lhe dado o conhecimento adequado ao problema de modo a poder reflectir as atitudes certas para anular esse problema.
Paciente e especialista interagem com o problema e então sim, aquele é tratado e o problema resolvido por nova formulação de auto-mudança de hábitos depressivos e errados.
- Novas fórmulas para psicanálise?
- Não sei mais, porque saímos todos nessa altura. O que reparei foi na intensidade da vontade de trabalhar, de ajudar e querer ser ajudado.

 

. .

Imagem retirada da net

.
.

Disse  António Damásio:  Do meu ponto de vista, o que se passa é que alma e o espírito, em toda a sua dignidade e dimensão humana, são os estados complexos e únicos de um organismo !
.
.


publicado por eva às 00:16

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Loucura(zitas)

Estudo ou ensaio sobre a loucura.
- Mas, qual delas?
- Evidentemente que há muitas e cada vez mais são estudadas em pormenor.
- Então?
- Então há muitas loucuras que têm referências em lesões cerebrais e outras que não.
- Não?
- É o que te digo, há pessoas alucinadas que não apresentam lesões ou outro indicador nos exames que fazem.
- Bem, isso há sempre, mas são situações passageiras de cansaço, ou tristeza, ou alegria, etc., em que não se sabe bem o que se diz ou faz. Mas, no cômputo geral, a pessoa está bem.
- Pois não está, claro que não! E nem vou falar dos que se tornam violentos instantaneamente. Se não há loucura, seja em que grau seja, há no entanto perturbação psíquica.
- Mas, se vamos por aí, estamos todos afectados…
- Também não estou a falar dessa generalização. Estou a querer referir que há muitas loucurazitas que muito atrapalham os familiares e os ambientes de trabalho.
São os vícios particulares de quem ninguém fala, ou porque não querem ou porque não podem.
Estou a referir-me a perturbações como as depressões tão constantes que se tornam o estado normal da pessoa.
Estou a falar dos que têm ideias fixas contra si mesmos, contra os outros, e que tudo fazem para as conseguir realizar.
Também dos que se suicidam e ninguém desconfiou de tal intenção e nenhum médico soube sequer que o indivíduo existia porque não foi a nenhuma consulta.
- Em suma, estás a falar dos doentes com perturbações mentais conhecidas só por eles mesmos ou nos meios mais restritos.
- E dos que nem sabem que estão (ou são) doentes e das possibilidades de tratamento e de cura que já existem. O que dá pena é pensar que se tornam infelizes sem conseguirem lograr a tentativa de melhorar-se.

.
.
.

Mitos - Juan O’Gorman
Imagem retirada da net

.
.

Disse  António Damásio:  É uma emoção que nos faz sentir se determinada decisão é boa ou não !

.
.


publicado por eva às 22:30

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

Doentes

Uma doente em tratamento para o estômago. Outras mais para tratamentos diversos.
Todas precisam é de tratamento para o desequilíbrio nervoso e mental.
Choram por nada, riem por nada. Tremem assustadas por nada.
Por nada, isto é, nada que se perceba de imediato.
Para outras, a cama torna-se um refúgio e não querem sair dali.
Habituaram-se a que a cama não as deixa cair ao chão desamparadas a cada vez que aparecem as tonturas.
A mesma cama protege-as das dores mais fortes.
E, mais importante que tudo, o tempo passa mais depressa.
E elas têm esperança que atrás deste tempo de doentes, venha um tempo de felicidade.
Porque é bom esperar que o tempo passe…
Há quem, ao fechar os olhos, veja luzes muito bonitas.
Luzes com brilhos e cores variadas a formarem figuras lindas, mas que não têm significado a não ser o deleite da sua beleza.
As tais luzes vão iluminando tudo à sua volta e depois vão formando imagens de lugares que nunca viu e também de lugares que conhece.
Então sente-se bem. Maravilhosamente bem e tanto lhe faz viver aqui, ali ou estar lá naqueles sítios.
Ao fechar os olhos parece-lhe que ser feliz é simplesmente estar ali, assim…
E já percebeu que ali vão ter os que lhe são mais próximos e queridos ou outros por bem querer…
Que ser saudável – é simplesmente estar ali…
- Ali - afinal, é sonho ou realidade?
- Tanto faz, porque é uma das realidades dela.

.
.
.

James Tissot - A Visão de Zacarias
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Jonathan Swift:  Visão é a arte de ver o que é invisível para os outros !
.
.


publicado por eva às 22:16

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

Tratamentos

Parece um campo de guerra mas não é, apesar de se verem corpos espalhados e feridos graves em todo o campo.
Também há abrigos onde entram e saem constantemente pessoas.
Pessoas que, não sendo de enfermagem, estão em condições de garantir os primeiros socorros.
Eles próprios já foram os feridos e agora tratam de outros feridos e dos tratamentos possíveis.
Ainda há tratamentos que provocam muito sofrimento, oh!, se há! Ainda é assim! Um dia virá que se toma um comprimido, ou equivalente, e já está o resultado.
Ou então o dia em que valha apenas o pensamento - disciplinado e dirigido - para qualquer um se tratar.
Técnicas ao alcance de todos, sem gasturas inúteis, apenas pelo equilíbrio de corpo e mente.
- Aqui no livro também diz que se carregar com os dedos em alguns sítios, tratam-se os problemas que existem noutro lado do corpo... mas o melhor é ir aprender com quem sabe.
- Sim, sim! Tudo deve ser conhecido porque tudo tem o mau e o bom, o erro e a qualidade.
- Sempre a dualidade...
.
.
 

Diagrama do Tai Chi
.

.

Disse S. Tomás de Aquino : não há nada no intelecto que não estivesse primeiro nos sentidos !
.
.


publicado por eva às 08:40

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 12 de Julho de 2007

Tratamentos

12 de julho de 2007

Hoje em dia já faz parte da indicação dos remédios, um modo mais claro de explicar como se tomam.
Ou sobre os tratamentos, como se fazem.
Também já faz parte destas situações explicar ao doente o que lhe foi receitado, porquê e como deve fazer.
E se há casos em que é só tomar uns comprimidos, outros remédios há mais complicados em que o doente deve ficar em descanso, não pode apanhar sol directamente, deve beber mais líquidos, etc, etc.
Também é verdade que mesmo quando o médico explica e o farmacêutico explica novamente, o doente está tão enervado que não ouve metade e a metade que ouve não percebe e nem sequer «encaixa» a informação em memória para recordar depois, mais calmo.
No meio de tudo isto, sobra o enfermo que, se não melhora logo, parte geralmente do princípio que foi o médico que se enganou.
- É por isso também que gosto de vir a esta farmácia aviar os receituários. Sejam cremes, sejam antibióticos ou analgésicos, os senhores explicam tudo com muita paciência e sem pressas.
- Mas é para isso que aqui estamos. Muito obrigado pelas suas palavras.
- Pode ser mas é com certeza mais gratificante vir aqui. Dão-me a sensação de segurança.
- Procuramos dar toda a atenção aos utentes para o receituário e os problemas que trazem.
- Pois… bem hajam!
..................................................
Notícia: Planeta Terra "encolheu"
♪: La valse brune - Juliette Gréco

publicado por eva às 18:01

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 27 de Abril de 2007

Tratamentos diferentes

27 de abril de 2007

Pessoas de diferentes idades estão espalhadas por várias salas de estar, refeitório, fisioterapia e ginástica, jardins, cabeleireiro e manicura.
Pessoas estas que estão doentes ou em convalescença de doenças de carácter permanente, até ao fim da sua vida.
Hoje, no entanto, é dia de tratamento extra e, por isso, vão deslocar-se para outro edifício.
Nesse outro local, a sala de tratamentos é diferente.
É única e os médicos e enfermeiros estão num plano mais elevado, como se fosse loja e sobreloja.
Da parte superior estabelece-se uma coluna toda bem iluminada, que vai até ao chão, onde estão todos.
E todos vão passando por essa coluna como se fosse uma cortina.
Os mais sensíveis soltam exclamações e gritinhos; outros, gravemente doentes, ficam como que sonâmbulos, e ninguém percebe porquê.
Finalmente, todos podem regressar a casa e, surpresa das surpresas, os gatinhos e as mães gatas fazem-lhes uma verdadeira recepção, esperando-os para irem enroscar-se nas suas pernas.
Ou então segui-los para se aninharem nos seus colos, assim que se voltarem a sentar, depois da longa ausência.
Tudo volta a ser como era, em sossego e ritmo lento, mas muito ao gosto deles todos.
Já se habituaram que são todos uma grande família, em ritmo de paz.

publicado por eva às 09:55

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds