Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

22
Dez09

Mil e uma situações

eva

Olha por onde vem aquele… E já agora, olha por onde vais… Hoje está complicado isto do trânsito, até parece 2ª Feira!
- Todos os dias há destes! Até eu! Não sei se é cansaço, se distracção, se ignorância dos perigos. Não consigo perceber mas, no meu caso, foi fazer duas coisas ao mesmo tempo em vez de ter as mãos no volante e fazê-lo virar com acerto na curva que ali começava.
- Parece que é o mesmo que acontece aos outros…
- Pois… a realidade dos espirros é que temos tendência para levar um lenço ao nariz e quando espirramos fechamos os olhos sem querer. É tudo tão rápido quanto instintivo e o resultado pode ser uma grande desgraça.
- Mas, na maior parte das vezes, as atitudes parecem ser fruto da ignorância dos factores essenciais para uma boa utilização das vias públicas.
- Para não falar dos peões e do seu comportamento entre o confiado e o imprevisível. Pensam que parar um carro depende unicamente do condutor, mas isso não é bem assim. Quantas vezes falha a vista em relação ao peão que vai de escuro no meio da escuridão, ou quando falha o pé no pedal, ou falham os travões, etc. Mil e uma situações podem acontecer e mesmo com todos os implicados a terem atenção aos pormenores, às vezes, não se consegue evitar o acidente.
- Resta-nos tentar estar de sobreaviso para o que pode atentar a nossa sobrevivência, seja por nós seja por outros mais incautos, e seguir angelicamente o nosso caminho.

.
.

.

Imagem retirada da net
.
.
Disse Sócrates: Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância !
.

.

13
Set06

A estrada

eva
 13 de setembro de 2006

Está uma manhã enevoada. Bom, vendo bem, está mesmo um nevoeiro cerrado.
O ar está frio apesar de ser ainda Setembro.
O carro tem que levar as luzes acesas.
Mas no céu, redondo (como um queijo) o sol brilha em branco pálido, prometendo aquecer.
Estrada igual à de sempre, percorrendo cada troço de cor, sabendo até onde estão as árvores demasiado inclinadas sobre a estrada.
A manhã vai alta e as horas começam a querer fugir da minha agenda.
Para ajudar, os sinais mudaram e o percurso agora é outro.
Tenho a impressão que estou num avião e que o chão foge. Não percebo se é para levantar vôo ou aterrar.
O chão transforma-se em terra, a terra em areia e deserto. O deserto em vegetação agreste e vento.
A poeira assenta e o solo é agora verdejante com o mar ao fundo.
O mar muda para planície cheia de neve e começam os tons de um pôr do sol a misturar-se no céu azul e branco.
E agora este círculo encarnado é... um semáforo.
06
Jul06

As voltas da vida

eva
6 de julho de 2006

Uma luzinha, minúscula, a brilhar. A querer brilhar com força.
Está dentro de uma esfera transparente. A sua cintilação é por isso multiplicada vezes sem conta.
E ela adora essa sensação. Faz-me acenos ( ou adeus ).

Está entusiamada com o novo destino.
No entanto é preciso preparar muita coisa, começando pela mãe.
Atrapalhada entre tanto trabalho, a correr sem parar.

Nem tem tempo para ela. Para se olhar. Para se sentir.
Como decifrar, como entender as voltas que a vida dá.
Há uma canção que diz assim: "ahhh, as voltas que a vida dá para encontrar um grande amor...".
Eu sempre pensei que estes versos estavam cheios de razão, mas para encontrar tudo o que é bom e, evidentemente, o Amor.
A vida é também como o trânsito à hora de ponta.

Sabe-se lá se ficamos parados ou chegamos rápido. Se temos que desviar muito ou pouco.
Se nos perdemos nesse desvio. Ou ainda, se nem sequer chegamos.
Mas, se não fosse todo esse enigma, qual seria o nosso valor no meio disso tudo?
Que fazer das nossas opções?
Ficar paralisado ou explorar as nossas faculdades.
Talvez... usá-las para a nossa liberdade.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D