Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Musicalidade na vida

. O desafio da monotonia

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Segunda-feira, 9 de Maio de 2011

Musicalidade na vida

o rock à antiga valsa tudo é música.

Musicalidade na vida.

Vida musicada! - é este o tema para estudo e trabalho.

- O único problema é eu não entender nada de música ou musicalidade. Nem me lembro que tal existe. Trabalho no meio de barulhos e não lembro sequer que existem sons e canções mais agradáveis.

- Trabalhas onde?

- Numa oficina de construção de motores. Eu sou dos que desenham, mas a seguir tenho que ir ver se é possível serem construídos conforme previ e se resultam bem, os problemas de erro que aparecem, etc.

- Mas quando sais não ouves música no transporte, no carro ou em casa?

- Não, quero é silêncio na minha cabeça. Sabes que há dias que penso vai rebentar…

- Pois, pois. Deve ser chato.

- Não, eu gosto imenso do que faço. É um trabalho criativo e é muito bom para mim.

- Olha, tenta ouvir alguma música aí, digamos, três noites ao jantar e até deitares. Assim já terás possibilidade de arranjar terreno experimental para o trabalho.

- Acho que tens razão. Sabes de algum posto de telefonia para isso?

- Tens rádio e tens canais de televisão que mostram vídeo clips de música. Entre uns e outros poderás actualizar-te quase imediatamente.

- E fazer o trabalho…

- Evidente, mas talvez aguces o gosto por algo novo na tua rotina.

- Talvez, quem sabe... A vida é cheia de surpresas, não é?

- Se é!

 


publicado por eva às 23:52

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010

O desafio da monotonia

- stou farto disto! Acordar sempre à mesma hora, fazer sempre os mesmos gestos durante o dia e por fim ir para a cama para dormir, ou esquecer – sei lá! – e repetir tudo por dias sem fim.

- Bem, isso sim que é estar farto! Até deixaste a morte de lado.
- Pois, até esse dia, então…
- Porque fazes tudo igual, ou melhor dizendo, porque não tentas inovar entre os minutos que vais tendo?
- Porque assim é mais fácil e os dias passam sem complicações.
- Ah! És tu mesmo que escolhes essa monotonia.
- Claro que é, sem dúvida! Assim não me atraso e não penso muito nas coisas.
- Que acontece se pensas, cansas-te?
- Não é isso, mas começo a ter opiniões e onde trabalho é melhor não as ter…
- Porque?
- Porque não está na minha mão alterar as coisas e também não tenho a certeza de estar a pensar melhor que a chefia. Agora, que há sempre possibilidades de fazer as coisas de outro modo e experimentar inovações – como disseste – há com certeza.
- Mas isso não quer dizer que não penses, nem sequer que não comentes com outros chefes mais directos, ou que escrevas à direcção as tuas ideias. Mas se te referes a falar, mal ou bem, só para falar, talvez não valha a pena o esforço. Podemos falar de tanta coisa útil sem ser a menosprezar ou elogiar de graxa os outros.
- Conversas com interesse, ali? Ah! Não estou a ver como, nem com quem.
- Aí está um desafio. Experimenta! Talvez te surpreendas com esses outros que pareces conhecer tão bem ou, quem sabe, te surpreendas contigo mesmo.
 

publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds