Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Onde estar? Onde ser?

. Alegria de viver

. Conhecer

. Nós e as finanças

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

Onde estar? Onde ser?

olidão, multidão

Quem gosta de qual?

Quem sente bem-estar no quê?

Isolamento de si

Sociabilidade de si

Onde estar?

Onde ser?

Se tudo o que somos

É o que temos em nós…


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

Alegria de viver

anças e cantares regionais e nacionais, estão agendados um pouco por todo o lado incluídos em festas e feiras de Verão.

São alegria e transmitem descontracção. Claro que uns usam esse tempo anual de lazer como um refresco entre as suas rotinas e outros usam-nas como mais uma oportunidade de excessos e vícios, problemáticos para a saúde do próprio e o bem-estar dos que lhe são próximos.

De qualquer modo, sem sucumbir ao barulho e à confusão habituais nesses dias, as festas são tempo de alegria especialmente para quem pode desfrutá-las no seu esplendor.

O convívio também é útil, assim como inúmeras situações que se criam, recriam e partilham nessas ocasiões.

O Homem é um ser social que está cada vez mais isolado e que, geralmente, ao ter oportunidade de gozar de alguma sociabilidade ou não consegue usufruí-la de imediato ou cai em exageros prejudiciais.

Mas… há inúmeros casos em que as tais festas são tantas oportunidades variadas de regozijo como um bálsamo na sua vida.

E prover à alegria de viver é um valioso esforço em prol do equilíbrio pessoal e social.

- Tu e os teus equilíbrios! Devias andar com uma balança atrás…

- Pois!

 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

Conhecer

- Falar, ensinar, partilhar ou calar. Qual é a tua opção?
- Hã? O quê?
- É para escolheres!
- Isso depende das circunstâncias. Uma vezes fala-se, outras não! Outras vezes fala-se explicando tudo; outras, apenas se justifica o essencial. Depende!
- E depende de quê? Da disposição, do dia, do assunto, da pessoa que se tem à frente?
- Sei lá! De tudo um pouco! Há coisas que até nem vale a pena responder! E há pessoas a quem é preciso explicar tudo muito bem! Etc, etc.
- Volto à questão inicial. De tudo isso, o que preferes tu fazer?
- Posto assim… se ficar calada, dá menos chatice!
- Isso não é preferência, é omissão!
- Mas estava na tua lista, não estava?
- Estava porque devia estar, como em qualquer análise de situação deve contemplar-se o sim e o não!
- Ahh! Só para fazer figura! Mas ainda continuo a preferir a economia de meios!
- Bem, eu tenho que dizer que gosto de explicar e gosto de encontrar quem queira saber! Aliás, de quem deseje saber e querer trocar opiniões. E…
- E encontras gente que te oiça?
- O interesse em ouvir é conhecer, porque é pelo conhecimento das coisas (das mais variadas) que se evolui na educação da personalidade!
- Pois… mas, hoje em dia, toda a gente acha que sabe tudo!
 
.

. 

Rapaz e Buda

Fotógrafo: W.L.H. Skeen (1847-1903) circa: 1870
© Museum of Asian Art

.

♪: Decide lá - Jacinta

publicado por eva às 08:43

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 16 de Março de 2007

Nós e as finanças

16 de março de 2007

Finanças e impostos e contribuições.
É um “ver se te avias” com tanto papel para preencher e, na grande maioria dos casos, pagar (para receber, os casos são poucos).
É assim… porque das contribuições individuais se preserva o bem comum, de todos.
É evidente que assim se espera que aconteça.
Senão, é demasiado trabalho e despesas para nada.
Seja como seja, é sempre um tempo menos agradável aquele que é dedicado às finanças, todos os anos.
Geralmente, a nossa paciência sofre uma rude prova e nem sempre consegue passar ilesa.
Por outro lado, é um bom exercício para a paciência; diria até, uma prova de exame, a nível nacional.
O engraçado é observar as reacções das pessoas, que conseguem ser típicas, por zonas.
Faz lembrar as epidemias, porque há regiões, ou zonas, onde a irritação é de índice maioritário, com tendência para a violência.
Outras há, em que a despreocupação é tal que passam os prazos para entrega das declarações e nem dão por isso.
Esta diversidade acaba por trazer, à luz da consciência, o valor da liberdade de opinião.
Assim como também é possível observa o grau de evolução de cada um, na escala da progressão, em harmonia de sentimentos e emoções.
São os factores de educação e sociabilidade, neste caso entre os contribuintes e os funcionários das repartições, que são os determinantes do bem-estar.
Muitas vezes até, dos resultados acertados e do agrado de ambos os lados – o estado e o contribuinte.
Porque é sempre em harmonia que melhor se decide, e não pela completa informação que se obtenha dos assuntos.
Nem sequer pela vontade do dever cumprido.
Sem harmonia de coração não há resultados desejáveis.

publicado por eva às 22:45

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds