Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

24
Set10

Alegria de viver

eva

anças e cantares regionais e nacionais, estão agendados um pouco por todo o lado incluídos em festas e feiras de Verão.

São alegria e transmitem descontracção. Claro que uns usam esse tempo anual de lazer como um refresco entre as suas rotinas e outros usam-nas como mais uma oportunidade de excessos e vícios, problemáticos para a saúde do próprio e o bem-estar dos que lhe são próximos.

De qualquer modo, sem sucumbir ao barulho e à confusão habituais nesses dias, as festas são tempo de alegria especialmente para quem pode desfrutá-las no seu esplendor.

O convívio também é útil, assim como inúmeras situações que se criam, recriam e partilham nessas ocasiões.

O Homem é um ser social que está cada vez mais isolado e que, geralmente, ao ter oportunidade de gozar de alguma sociabilidade ou não consegue usufruí-la de imediato ou cai em exageros prejudiciais.

Mas… há inúmeros casos em que as tais festas são tantas oportunidades variadas de regozijo como um bálsamo na sua vida.

E prover à alegria de viver é um valioso esforço em prol do equilíbrio pessoal e social.

- Tu e os teus equilíbrios! Devias andar com uma balança atrás…

- Pois!

 

20
Set07

Conhecer

eva
- Falar, ensinar, partilhar ou calar. Qual é a tua opção?
- Hã? O quê?
- É para escolheres!
- Isso depende das circunstâncias. Uma vezes fala-se, outras não! Outras vezes fala-se explicando tudo; outras, apenas se justifica o essencial. Depende!
- E depende de quê? Da disposição, do dia, do assunto, da pessoa que se tem à frente?
- Sei lá! De tudo um pouco! Há coisas que até nem vale a pena responder! E há pessoas a quem é preciso explicar tudo muito bem! Etc, etc.
- Volto à questão inicial. De tudo isso, o que preferes tu fazer?
- Posto assim… se ficar calada, dá menos chatice!
- Isso não é preferência, é omissão!
- Mas estava na tua lista, não estava?
- Estava porque devia estar, como em qualquer análise de situação deve contemplar-se o sim e o não!
- Ahh! Só para fazer figura! Mas ainda continuo a preferir a economia de meios!
- Bem, eu tenho que dizer que gosto de explicar e gosto de encontrar quem queira saber! Aliás, de quem deseje saber e querer trocar opiniões. E…
- E encontras gente que te oiça?
- O interesse em ouvir é conhecer, porque é pelo conhecimento das coisas (das mais variadas) que se evolui na educação da personalidade!
- Pois… mas, hoje em dia, toda a gente acha que sabe tudo!
 
.

. 

Rapaz e Buda

Fotógrafo: W.L.H. Skeen (1847-1903) circa: 1870
© Museum of Asian Art

.

16
Mar07

Nós e as finanças

eva
16 de março de 2007

Finanças e impostos e contribuições.
É um “ver se te avias” com tanto papel para preencher e, na grande maioria dos casos, pagar (para receber, os casos são poucos).
É assim… porque das contribuições individuais se preserva o bem comum, de todos.
É evidente que assim se espera que aconteça.
Senão, é demasiado trabalho e despesas para nada.
Seja como seja, é sempre um tempo menos agradável aquele que é dedicado às finanças, todos os anos.
Geralmente, a nossa paciência sofre uma rude prova e nem sempre consegue passar ilesa.
Por outro lado, é um bom exercício para a paciência; diria até, uma prova de exame, a nível nacional.
O engraçado é observar as reacções das pessoas, que conseguem ser típicas, por zonas.
Faz lembrar as epidemias, porque há regiões, ou zonas, onde a irritação é de índice maioritário, com tendência para a violência.
Outras há, em que a despreocupação é tal que passam os prazos para entrega das declarações e nem dão por isso.
Esta diversidade acaba por trazer, à luz da consciência, o valor da liberdade de opinião.
Assim como também é possível observa o grau de evolução de cada um, na escala da progressão, em harmonia de sentimentos e emoções.
São os factores de educação e sociabilidade, neste caso entre os contribuintes e os funcionários das repartições, que são os determinantes do bem-estar.
Muitas vezes até, dos resultados acertados e do agrado de ambos os lados – o estado e o contribuinte.
Porque é sempre em harmonia que melhor se decide, e não pela completa informação que se obtenha dos assuntos.
Nem sequer pela vontade do dever cumprido.
Sem harmonia de coração não há resultados desejáveis.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D