Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. A casa de todos nós

. Razão e fé

. Sintonias, energias

. Todos temos lugar

. Intenções

. Dias de festa

. Feliz Ano Novo

. Calendário

. A sensatez

. Das atitudes

. Errar

. Mudar de atitude

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

A casa de todos nós

- ra muito bom dia, não mais o tenho visto!

- Verdade que não, tenho estado muito ocupado, sabe…

- Pois não sei não. Que tem sido então de sua vida? Algum problema?

- Nada, não. Estou com os movimentos a favor do bom ambiente, saúde, ecologia, etc. etc.

- Hã, e isso dá assim tanto trabalho?

- Oh se dá! Chego a ter a garganta seca de tanto falar…

- Hã, é só falar?!

- Não, não. Também escrevemos, e organizamos eventos de sensibilização e…

- E isso tudo dá frutos ou…

- Olhe, se quer que lhe diga, nem sei. Há dias que tudo parece bem encaminhado, que as pessoas entendem que mais que os lucros no bolso está em causa a saúde dos seus filhos, inclusive. Que o planeta onde vivemos está a ser destruído por mãos humanas. Os seres superiores que deveriam usar a inteligência para melhorar o planeta e não para amortalhá-lo, mas quê!!!

- Eu concordo com o que diz, mas também se ouve cada coisa exagerada dos ecologistas, que nem lhe digo…

- Pois, pois, a sensatez é preciosa nestas e em todas as situações, sem dúvida.

- Ora bem, desejo felicidades para esses projetos a bem desta grande casa de todos nós.

- Obrigado, mas os meus projetos também incluem as melhorias para cada ser, é claro, como os mais desfavorecidos, os escravizados por outros humanos…

- Isso! Boa sorte!

- Pois, pois…


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

Razão e fé

azão e fé

Tão díspares, tão iguais

Uma precisa da outra

Para nenhuma ser delírio

Nem do raciocínio

Nem da fértil imaginação

Razão e fé

Os pratos de uma balança individual

Que devem estar a par

Razão e fé

Produzem sensatez.


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Sábado, 4 de Fevereiro de 2012

Sintonias, energias

intonias

Energias

Transferências

Nível pessoal

Nível mundial

Nível cósmico

Tanta confusão, emoção, interesses por, afinal, o que todos deveríamos saber.

Ou melhor, poderíamos saber se vivêssemos mais em natureza.

Civilização será então retrocesso?

Tudo depende sempre do saber situar-se no meio-termo.

Na sensatez, adotar o bom senso no modo de vida.

Viver, viveres…

Faz lembrar o slogan: há quem viva para comer e há quem coma para viver.

Talvez as diferenças se possam assim resumir.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

Todos temos lugar

antos planos e projectos amistosos. Outros ambiciosos, simplesmente.

Felizmente que pretendemos algo melhor cada ano. Pois a esperança sustém o indivíduo em cada vicissitude mais áspera.

Felizmente que olhamos mais além do horizonte de cada dia.

Seja a sensatez a orientadora de tudo em nossas vidas, deixando umas pitadas de tempero com a realização de desejos simples. Daqueles que aquecem por dentro e não prejudicam ninguém, nem a honestidade em nós.

Seja a esperança o apontar da renovação magnânima de cada ser.

A fraternidade entre todos os seres e o planeta que nos dá guarida seja possível além dos desejos ambiciosos, além dos interesses imediatos.

Todos temos lugar, todos temos possibilidades melhores.

Convém enquadrar com harmonia o desenvolvimento de todos e de cada um, de cada espécie e de cada projecto pelo bem comum.

Convém olhar mais longe, além da linha do horizonte de cada dia.

Igualmente convém não esquecer o momento que se está vivendo, porque a seguir já passou outra oportunidade de Ser.


publicado por eva às 00:45

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

Intenções

- ue faz aqui, vizinho?

-  ‘Tou esperando uma encomenda.

- Ai, agora é assim?

- Pois é, vossemecê tem que ‘tar atualizado, home’.

- Humm…

- Mas que ‘tá fazendo?

- Ora, buscando algo p’ra sentar.

- Sentar?

- Pois! Não vamos esperar que chegue o carro?

- Acho que sim, que vêm entregar de carro…

- Pronto’s, já ‘tou!

- Mas já ‘tá o quê?

- Pronto p’ra esperar, ora!

- Mas a encomenda é p’ra mim?!

- Por isso mesmo, se não esperar aqui como posso ser o primeiro a saber o que é?

- Ahh! Obrigado pela companhia, acho eu.

- Pois acha muito bem que é por amizade que fico aqui ao relento a seu lado.

- Pois, pois claro! Tanto conta a intenção como o feito, acho eu.

- E continua achar bem, vizinho. Vossemecê sempre foi muito sensato, sim senhor.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Sábado, 30 de Julho de 2011

Dias de festa

ias de festa.

Dias de alegria concentrada.

Horas de felicidade auto-concedida pelas emoções projectadas.

Sentimos os momentos de tristeza como os de alegria.

Bem sentidos!

Poderíamos aprender a projectar alegria serena em nossas vidas. No dia-a-dia.

E eles resultariam mais claros de boas energias.

Poderíamos preparar o nosso futuro, desejando não desejar.

Querendo não querer muito.

Mantendo o bom senso em nós.

Seguindo, afinal, o melhor de nós, projectando-o no dia de hoje.

E ele será intenso nos dias seguintes e a seguir.

Em nós está a sensatez e a serenidade de prosseguir o caminho, que se tornará o das nossas melhores decisões.


publicado por eva às 00:27

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 1 de Janeiro de 2011

Feliz Ano Novo

no Novo! Novos projectos, renovadas esperanças, um sopro de saúde mental nas preocupações excessivas, nas alegrias embriagadas…

Sensatez, pensamentos de Paz, Piedade e de Amor, que resume e expande qualquer outro sentimento.

Faz tempo que conversando com uma velhinha de bem ela dizia que já não se chocava com as atitudes das pessoas, fossem essas atitudes quais fossem.

E alguém retorquia que ainda não tinha chegado lá…

Ela olhou vendo e, com muita calma, respondeu que deveria haver ali engano, porque se calhar já se tinha chegado a esse ponto mas ainda não se percebia…

Hoje gostaria de lhe falarmos e dizer que mais cego é aquele que não quer ver, pois esse não consegue ver mesmo…

Sensatez ajuda na aceitação da vida que se leva e a que se pode levar.

Amor é a maior força do Universo, é o som e o silêncio, o véu e a visão cristalina, o ego e a gota que não faz diferença no mar mas mantém toda a riqueza da personalidade consciente.

 

UM ANO FELIZ!!!!!

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 15 de Outubro de 2010

Calendário

- is o calendário desejado!

- Dizes isso como se trouxesses um presente em vez de um instrumento de trabalho.

- Então? Mas vai ser muito útil, não achas?

- Sei lá, já não dou conta dos dias. Olha, vendo bem, nem dou conta das horas. Tenho que sair já !

- Ora essa! E eu a pensar que isto teria bom acolhimento. Só o trabalho que deu a prepará-lo…

- Bem, o trabalho dá sempre trabalho, não é? A mim parece-me óptimo e ela quando voltar e o utilizar também vai achar o mesmo, vais ver! Às vezes o cansaço faz-nos soçobrar…

- Outras vezes, adoçar, sensibilizar…

- A maior parte das vezes provoca revolta; é bom deixar passar… dar tempo para que o tempo que vivemos faça a sua parte.

- Isso vem com a idade, não é?

- Isso - a sensatez - vem na altura certa da existência individual.

- Não é sinónimo de quebra pessoal?

- É sinónimo do que diz que é – sensatez.

 


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

A sensatez

- ue é de nós sem sensatez?

- É loucura, é emoção à solta… é viver em toda a pujança que a vida tem e nos dá possibilidade de usufruir… é… sei lá!

- Sensatez tem só a ver com a idade, conforme vamos avançando pela vida fora?

- Sensatez tem a ver com a sabedoria, com a serenidade do ser. Quem a adquiriu não a quer perder por nada deste mundo…

- Mas quem vive muito ligado a emoções cansa-se e chega um dia que quer mudar e não sabe como…

- Geralmente assim é… Mas também há os que vão desenfreadamente pela vida fora, sem fazer caso dos que desgostam ou amarguram pelo caminho. Apenas apreciam os que lhe vão fazendo companhia, os adulam e os puxam até para o refinamento das loucuras. Porque essas loucuras só têm sentido enquanto lhes são admiradas e bazofiadas. Senão, atingem estados extremos, entre a tristeza ou a arrogância bruta.

- Então o estado a atingir é a serenidade, a pasmaceira de viver?

- A serenidade nunca foi pasmaceira de nada. Serenidade é saber muito mais do que se aparenta, é saber estar aqui e lá e sobretudo, saber onde é o e ter dignidade e permissão de estar ali.

- Então a serenidade pode considerar-se, digamos, um nível de vida?

- Digamos… que a serenidade é um estado próprio, apropriado a um nível evolutivo de vida que se atingiu.

- E consideramos a vida… a vida eterna que transcende esta vida.

- A vida que existe antes desta forma actual e a que prossegue esta mesma. A vida é eterna, como os seres são eternos… o que muda são os níveis de vida que cada ser vai atingindo conforme sua evolução individual e mental. Já Jesus o dizia – somos o que pensamos!

 


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sábado, 14 de Novembro de 2009

Das atitudes

Quantos sonhos… quantos projectos… quantos dizeres… quantas palavras caladas…
Isso somos todos nós e cada indivíduo.
Quantas vezes calamos o que deveria ser dito e falamos o que não interessa?
- Como saber o que fazer?
- A melhor atitude é a que contém a verdade que ilumina, não a que acabrunha quem a ouve ou quem a diz. Mais vale manter a harmonia que apregoar o que está certo no tempo ou no lugar errado. A verdade tem ocasião para ser ouvida, tem ambiente próprio para ser admirada e aceite pelo seu valor. Senão, é vilipendiada e ultrajada por vários modos e não serve a ninguém.
- Então tudo tem uma harmonia própria?
- Incluindo o uso da palavra, ou da escrita, ou da arte, ou de qualquer outro modo de transmitir ideias e pensamentos. Porque tudo tem uma energia própria que pode interferir com qualquer outra energia, quer tenhamos, ou não, condições para perceber esses critérios e ambientes com facilidade.
- Então as boas palavras podem ser deitadas fora ou aproveitadas com sumo proveito conforme a situação em que são proferidas e não tanto pelo seu bom conteúdo?
- A sensatez é sempre boa conselheira…

.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Clarice Lispector:  E descobri que não tenho um dia-a-dia. É uma vida-a-vida !
.

.


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds