Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Memórias e recordações

. As emoções que projetamos

. O fundamental

. Mundos

. A cada dia um merecimento

. Viver vivendo

. Duvidar

. Conversa de surdos

. Amor e desamor

. Quando o servidor está pr...

. A última palavra

. Palavras raras

. A sensatez

. Livros novos

. A sabedoria da loucura

. Aprendizagens

. Do bem agir há o bem porv...

. Os dias

. Carlos Torres Pastorino #...

. Harmonia

. Sabedoria Ameríndia # Pre...

. Projectos e realidade

. Richard Bach # Fernão Cap...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2012

Memórias e recordações

s anos de vida vão sendo preenchidos com memórias e recordações.

Com experiências, principalmente. Porque estas aliam teoria e prática, põem em campo o que somos face a vicissitudes, como face a harmonias.

Provamos o nosso equilíbrio perante os mais diversos ambientes energéticos.

Tudo é energia em variadíssimas formas e sem formas visíveis, percetíveis.

Viver de recordações pode ser tão desastroso como benéfico, físico e mentalmente.

Tudo depende do grau de equilíbrio entre o gosto das recordações e as exigências diárias.

Por vezes as recordações mantêm-nos firmes, outras vezes arrasam-nos, e outras levam-nos em voos de ilusões.

Usemos as experiências para alimentar nossa sabedoria.


publicado por eva às 00:19

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012

As emoções que projetamos

 importância das emoções que projetamos em nossa vida.

Para a família, pessoas e sociedade em que nos inserimos.

Para o trabalho, trajetos, enfim… as nossas emoções para o que vivemos têm uma importância capital.

As boas promovem os nossos projetos, as outras nada disso.

Lembrando experiências sobre a reação de plantas e água às nossas reações; na formação de cristais horrendos ou belos a propósito das tais emoções que atingem tudo em nosso redor…

Tenhamos cautela com as emoções que temos e as consequências que geramos, tantas vezes por ignorância ou relaxe.

Tenhamos educação firme sobre nossas emoções.

E saberemos promover nossas vidas, reconstruir conscientemente nosso presente e melhorar o futuro.

O futuro que se promove na projeção do presente, em cada instante.

Escolher sabedoria?

Escolher o melhor que conseguirmos para nós e para o todo de que somos parte integrante.

Importar para nós mesmos o melhor de nós, nas amargas situações como nas melhores.

Importarmo-nos será escolher sabedoria?

Talvez seja apenas e simplesmente - isso!!!!


publicado por eva às 00:49

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 31 de Janeiro de 2012

O fundamental

oje, presentemente o que é fundamental?

O que se diz, o que se faz…?

Como viver entre os pingos da chuva?

Como não se surpreender?

Como apaziguar?

E que importa isso tudo?

Basta estar bem consigo mesmo, basta apreciar a vida… simplesmente.

A simplicidade é naïve, como é a simplicidade adquirida por sabedoria.


publicado por eva às 00:41

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Janeiro de 2012

Mundos

ovos mundos estão a chegar

Estão a formar-se

Velhos mundos se transformam

Uns evoluem

Outros nem por isso

Outros há que continuam

na infelicidade de valores

Consciência planetária

Consciências sociais

São mínimas.

No máximo de lugares

Consciências familiares

E de si mesmo

São ainda mínimas.

Tanto falta para o progresso

Seja este individual

Seja universal

Da célula ao cosmos

O diferencial da ação

mantém-se na mesma proporção?

Desejamos que a intuição de evolução

Seja observada

Como o instinto de preservação.

A luz forte

E brilhante da sabedoria

Brilha igual para tudo e todos

Quem a vê?


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito

Sábado, 3 de Dezembro de 2011

A cada dia um merecimento

 cada dia um merecimento

A cada hora um esmorecimento

Uma tristeza funda

Que toca e não vai embora

Um desligar da vida palpitante

O alhear do importante

Sem dar atenção a nada

Uma tristeza em crescendo

Um dia o instinto reage

E alheia-se também daquela

Então acontece o que não se espera

Sobra o todo que estava submerso

Emerge uma alegria serena

De quem nem se atreve a sorrir

Quanto mais a rir

Emerge a sabedoria de ser

A serenidade em viver vivendo.


publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | favorito

Domingo, 11 de Setembro de 2011

Viver vivendo

ndar em grupo. Andar sozinho.

Andar, caminhar, viver, sobreviver

Visitar, viajar, passear, sair, ficar

Viver vivendo. Viver sobrevivendo

Andar em grupo. Andar sozinho.

Vida, dezenas e dezenas de anos

Crescimento, desenvolvimento e declínio

Amadurecimento de vidas numa só

Andar em grupo. Andar sozinho.

Viver amando, harmonizando

Tudo e todos com sua presença

Transmitindo paz, sabedoria

Em qualquer circunstância

Seja em grupo, seja sozinho.


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Duvidar

uvidar

Perguntar

Calar e introspectivar

Duvidar

Estabelece críticas

Ilusões e desilusões

Tantas que ao conhecer

Se duvide outra vez

Questionar então

Sabendo que determinado ponto

É o ponto do retorno

O ponto zero

Saber reconhecer

O conhecimento sábio

Já é a sabedoria procurada.

 


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito

Domingo, 12 de Dezembro de 2010

Conversa de surdos

- abedoria – é o que te digo!

- Mas… e quem a tem?

- Todos! Cada um tem a sua, a que lhe é possível ter, a que obtém a cada vez que procura…

- Procura? Procura o quê?

- Nem mais! Olha, eu procuro um lugar para me abrigar da chuva, que esta cai sem piedade!

- Mas… não chove nem um pingo!

- Essa agora!

- Pelo menos eu não sinto nem vejo chuva nenhuma e estou a teu lado. Como fazes isso?

- Mas isso o quê, senhores, se estou encharcado até aos ossos e tu pr’a aí a falar que nem chove!

- Ou tu ou eu estamos mal da cabeça ou a mentir com quantos dentes temos.

- Olha, ficamos aqui um bocadinho neste telheiro e depois continuas com as tuas razões. Agora paramos um pouco de correr e esperamos que a chuva abrande.

- Mas… qual chuva?

- Ai ai! Isto ainda acaba em zanga. Olha o melhor é seguirmos cada qual o seu caminho, ou seja o caminho mais curto para o trabalho. Amanhã é outro dia e talvez percebas melhor o mundo em que estás. Até amanhã! (isto só visto! Só a mim acontecem destas! Conversa de surdos, é o que é!)

- Eh, pá! Estava a brincar contigo, a ver se te irritavas ou assim. Era só pela piada! Mas nem reagiste com piada, assim não valeu a pena, segue o teu caminho sem apreensões. Estou bem do juízo estou. Adeus!

- (ai, não estás não!)

 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

Amor e desamor

mizade é entendimento, carinho e entreajuda pelo amigo(a) e seus bem-quereres, com respeito pelas suas preferências.

Os romances baseiam-se em amizades mais profundas e, geralmente, entre sexos diferentes com desejos de criarem filhos desse romance, elaborado em amizade maior, duradoura e firme.

O amor toma diversas formas, umas mais fortes, outras mais sensíveis e delicadas.

Todos os relacionamentos são fomentados pelo amor e até pelo desamor que pode atingir o horror.

O ódio e a vingança, que geralmente acompanham o desamor, são deformações de sentimentos, na maioria das vezes causados ou por orgulho doentio ou por trauma violento.

O horror e o pavor andam a par, também na maioria dos casos.

Amar não quer dizer passar os anos apaixonando-se consecutivamente por este(a), aquele(a), o outro(a).

Referimos o amor sadio, benevolente, que engrandece o ser e tudo o que se lhe liga em redor, ou o que influencia de modo mais afastado, por correlação.

É desejável viver a vida amando o mais que nos for possível, em fraternidade e em romance, e a vida será uma vivência mais plena de bons sentimentos de nós e por nós.

Uma vida com boa vontade de ser vivida – vivenciada com amplitude e sabedoria.

 


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

Quando o servidor está pronto

ons… vozes lá fora… vozes cá dentro… onde?

Intuição… intuições… que são?

Instinto é reacção vital para preservação do corpo, da vida, da família, dos bens…

Intuição é comunicação com sabedoria.

Sabedoria de outros por nós ou de nós mesmos.

Intuímos, então, sobre a vida que temos e sobre tudo o que pretendemos.

Uns ligam importância à intuição, outros ignoram-na prepotente ou incredulamente.

Uns sentem-na em plena força e pujança, outros dizem que não a sentem porque não a reconhecem.

Para a reconhecer é preciso reaprender a sentir intimamente o corpo, os órgãos, a forma de elaborar os pensamentos, é preciso parar a corrida do quotidiano.

Sobretudo, é preciso saber esperar no silêncio interior de si para que ela reapareça.

Primeiro volta só para espreitar. Depois, ainda timidamente, aflora à vista desarmada com uma pequena sensação leve e boa.

Então, se há espaço mental para sobreviver, a intuição volta paulatinamente.

Ou seja, seguindo um dito antigo, quando o servidor está pronto o serviço aparece

 


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds