Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

09
Jul12

Que fazemos dos nossos dias?

eva

stamos, fazemos e…

Olhamos o que fazemos

O que deixámos por fazer…

E o que já fizemos?

Observamos

Ou vamos andando

Rotineiramente

Sem ligar

Sem observar?

Conversamos

Ou nos isolamos

Sem discussão?

Cansados

Ou descansados e relaxados

Vamos vivendo

Usufruindo os dias

A natureza e o planeta

As boas vontades?

Que fazemos dos nossos dias

Como transformamos nossas horas?

Será o que somos?!

18
Fev12

Rotina e convívio

eva

- Um, dois, um, dois, repete - um, dois, um, dois…

- Vou embora, estou farta disto.

- Mas não foste tu mesma que quiseste a inscrição?

- E depois? Mudei de opinião, essa agora!

- Nada, não. O dinheiro até é teu.

- Adeus!

- Um, dois, um, dois, repete - um, dois, um, dois…

- Olá!

- Ora viva, quem é vivo sempre aparece!

- Venho fazer a aula.

- Mudaste outra vez de opinião?

- Pois foi!

- E vem aí o Verão!

- Também, mas não só. Tive saudades deste convívio e senti a diferença da falta do movimento no meu corpo. Parece que fico meia presa de agilidade, sei lá!

- Ok, é um prazer ter-te de volta.

- Obrigada e além disso gosto imenso da música. Gosto muito de sentir os movimentos na música.

- Que ótimo. Então prosseguimos. Vamos lá - Um, dois, um, dois, repete - um, dois, um, dois…

09
Mai11

Musicalidade na vida

eva

o rock à antiga valsa tudo é música.

Musicalidade na vida.

Vida musicada! - é este o tema para estudo e trabalho.

- O único problema é eu não entender nada de música ou musicalidade. Nem me lembro que tal existe. Trabalho no meio de barulhos e não lembro sequer que existem sons e canções mais agradáveis.

- Trabalhas onde?

- Numa oficina de construção de motores. Eu sou dos que desenham, mas a seguir tenho que ir ver se é possível serem construídos conforme previ e se resultam bem, os problemas de erro que aparecem, etc.

- Mas quando sais não ouves música no transporte, no carro ou em casa?

- Não, quero é silêncio na minha cabeça. Sabes que há dias que penso vai rebentar…

- Pois, pois. Deve ser chato.

- Não, eu gosto imenso do que faço. É um trabalho criativo e é muito bom para mim.

- Olha, tenta ouvir alguma música aí, digamos, três noites ao jantar e até deitares. Assim já terás possibilidade de arranjar terreno experimental para o trabalho.

- Acho que tens razão. Sabes de algum posto de telefonia para isso?

- Tens rádio e tens canais de televisão que mostram vídeo clips de música. Entre uns e outros poderás actualizar-te quase imediatamente.

- E fazer o trabalho…

- Evidente, mas talvez aguces o gosto por algo novo na tua rotina.

- Talvez, quem sabe... A vida é cheia de surpresas, não é?

- Se é!

 

02
Set08

Regresso

eva

Aniversários, festas, prendas.
Verão, praia e bom Sol.
E mais coisas que dispõem bem.
Tempos de lazer que permitem esquecer, um pouco, os deveres.
De volta a casa tudo volta também à rotina.
A nossa casa é acolhimento, recolhimento até, mas é também rotina – do menos e do mais agradável.
- E de rotina em rotina, passamos dos tempos de festa para as corridas do dia a dia.
- E dos turnos de trabalho…
- O que consola é ter trabalho, senão não saberia o que fazer da minha vida… Quantos pensamentos não viriam em excesso…
- Sim, sim. A rotina significa, igualmente, que está tudo bem.
- O regresso a casa traz o retomar dos hábitos agradáveis que (nos) instituímos.
- Isso! Aqueles pormenores que agradam à nossa personalidade e que dão conforto à nossa vidinha.

.

 .

.
Imagem retirada da net


.

Disse  Alexander Chase:  As pessoas, como as ovelhas, tendem a seguir um líder - ocasionalmente na direcção certa !
.
.

30
Jul08

Rotina

eva

O ar condicionado sopra ar fresco e o ambiente, nestes dias mais quentes, fica muito mais aprazível, sem dúvida alguma.
O bem-estar físico inspira pensamentos semelhantes, isto é, harmoniosos.
O mal-estar provoca pensamentos depressivos e, até, pejorativos.
Vemos os outros sob prismas mais escurecidos e sem beleza interior.
Até as melhores intenções são interpretadas com dúvidas e desconfianças.
O bem-estar, pelo contrário, dá vontade de partilhar com outros o que temos de bom e o sorriso e a graciosidade sucedem-se para aqueles que nos rodeiam.
É uma constante – o bem expande; a negação oprime e amesquinha.
Se as férias forem relaxantes também expandem o melhor de nós.
Se, pelo contrário, forem cansativas e rotineiras trazem-nos, de regresso, mais amargurados e cansados do que fomos.
- Ou seja?
- Ou seja, se não estamos ainda habituados e, portanto, a atitude não fluir naturalmente, devemos habituar-nos a planear cuidadosamente o nosso bem-estar.
- E acaba por tornar-se uma rotina…
- Pois, uma rotina maravilhosa para a nossa felicidade.

.
.
.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Noel Clarasó:  A felicidade não consiste em fazer o que gostamos, mas em gostarmos do que fazemos !
.
.

16
Dez06

A janela

eva
16 de dezembro de 2006

Dias de trabalho e de folga repetindo-se pelos meses e anos, por uma vida inteira.
Quando menos se espera, misturam-se com os feriados e dias da semana.

Baralham-se as folgas e tanto faz ir ao trabalho como não.
Os dias e as noites passam a suceder-se como que esperando simplesmente pelos seguintes.

O entusiasmo esbate-se e a rotina ganha em acomodação.
Uma idosa, à janela, espreita a vizinhança. É o seu entretém.

Trabalhou sempre, ora numa coisa, ora noutra e agora goza o resto da saúde que tem em pequenos passeios ou assim, à janela.
A janela tem a vantagem de ver tudo o que se passa à sua volta e não apanhar a chuva que cai, agora com mais força.

Gosta de conversar com a vizinhança e de sentir-se viva.
Pois sim, os dias são iguais e as noites são cada vez mais longas, mas gosta de rever os filhos e os netos, pois gosta de estar viva.
E a tal rotina também é boa porque quando não tem rotina, tem médico ou hospital.

Então prefere a rotina. Sem problemas.
A rotina quer dizer que tudo está bem e que ainda está viva para gozar a vida que Deus lhe deu.
23
Out06

Viuvez

eva
23 de outubro de 2006

Exames, escolas, trabalhos.

Ou cultura, instrução, preparação para o futuro de cada um no trabalho e na família.
Tudo muito bonito, tudo muito esforçado, tudo bem encaixado nas horas de cada dia.

Nas horas da imprescindível agenda - de papel ou electrónica.
Hora de ponta e lá vai meio-mundo para o trabalho.

Frenesim nos transportes, nos cafés e pastelarias, finalmente às portas dos empregos.
Os bons dias habituais. Começa a rotina diária.
Diz uma empregada que gosta de vir trabalhar. Distrai-se e ainda lhe pagam.
O trabalho não é nada especial, as colegas nem por isso. Mas sai de casa.
Mora sozinha, enviuvou há pouco e a casa está demasiado silenciosa.

O melhor era mudar as coisas de sítio, da sala ao quarto. Os adornos, o sofá, tudo!
De modo a entrar como se fosse noutra casa. Não é susto, nem medos, nem sequer saudade.
É o vazio da casa. Não há mais ninguém. Um silêncio que só visto.
Adormece nas cadeiras ou no sofá. Ou vai para o café.

Ainda não limpou nem pó, nem chão - nada. Não consegue mexer em nada.
A tristeza afoga, sabem? É silenciosa. Agora vêm aí dias de folga acumulados e que têm que ser gozados.

Não pode ir trabalhar. Nem sei como vai ser.
Pinte a casa, encere e envernize o chão. Tire as roupas do armário e ofereça as dele, ainda boas.
As outras, deite fora.
Uma semana depois vem ela, penteada, arranjada, parece gente viva!

Um cabeleireiro bom faz milagres numa mulher.
Mais alegre, mais ela - querida, amorosa como sempre a conheci.
A novidade agora é o ar mais descansado de quem já dormiu bem. E o sorriso.

Um sorriso que a ilumina como o sol no céu.
Decidiu não chorar os dias sem ele.
Vai viver serenamente até poder ir ter com ele.
Arranjada como ele gostava.
03
Abr06

Uma velhota curvada, mesmo curvada. Parece não ter idade

eva

color=#cc33cc>

color=#cc33cc>Uma velhota curvada, mesmo curvada.

color=#cc33cc>Parece não ter idade ou parece que não lhe cabem mais anos.

color=#cc33cc>Ao vê-la, com o cajado e o estilo da roupa, tão velha quanto ela, lembrei imagens da Idade Média.

color=#cc33cc>Não deu por mim e continuou a caminhar entre a terra e as ervas molhadas do trilho que saía da "sua" casa em ruínas.

color=#cc33cc>Já perto do portão que dava para o quintal olhamo-nos frente a frente, mas ela desviou-se rápida porque tinha pressa. Do quê? Não faço ideia. Mas parecia seguir uma rotina de muitos e muitos anos.

color=#cc33cc>Expliquei-lhe que já podia ir embora, já estava tudo tratado e as épocas eram outras. Que deveria descansar e dar o lugar e trabalho a novas gerações e crianças que poderiam crescer ali.

color=#cc33cc>Nem disse adeus... mas foi indo.

color=#cc33cc>Chamei-a e fui no seu encalço por um pouco - dei-lhe uma luz e uma rosa para o caminho.

color=#cc33cc>Pareceu ficar mais satisfeita.

color=#cc33cc>Conforme se foi afastando a sua roupa foi secando e - nem dá para acreditar - mas era como se tivesse sido vestida de lavado.

color=#cc33cc>Até o seu cabelo parecia lavado.

color=#cc33cc>Foi para descansar finalmente em paz.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D