Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Tudo é relativo?

. A outra face

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Tudo é relativo?

Horários e agendas, mais ou menos sobrecarregadas pela aculturação de hábitos familiares e sociais.
Aculturação, também, por conhecimentos científicos, técnicos ou filosóficos, tanto da antiguidade como actuais.
Conhecimento e mais conhecimento do que nos rodeia e dos outros.
Geralmente, por fim, vem o auto-conhecimento, que poderia ser o primeiro.
- É a curiosidade que impele o indivíduo ou a necessidade?
- Boa pergunta. Para uns basta a curiosidade, para outros é a necessidade de solucionar, por intermédio da cultura, um determinado problema. Porém essa curiosidade, primeiramente referida, é, por si só, uma sentida necessidade. Uma necessidade imprescindível de saber e saber…
De tudo pôr em causa para seguidamente melhor analisar e concluir.
- São os sábios dos nossos dias?
- Hoje, com a quantidade de informação que é possível encontrar, talvez já não haja sábios enciclopédicos, mas sábios especialistas desta ou daquela área.
- E o estudo da natureza, por exemplo, fica para os ambientalistas?
- Fica para todos os que quiserem estudar, desde o seu geral ao seu pormenor mais particular. Mas tudo fica circunscrito ao bom senso. Nada do que se possa ler, ou conhecer, pode ser válido sem a componente do bom senso.
- Porque tudo é relativo?
- E porque tudo é UM.
.
.
.

Jean-Honoré Fragonard - Curiosidade
Imagem retirada da net

.
.

Disse  La Rochefoucauld:  Para bem se conhecer é preciso descer ao pormenor. Ora como o que há para conhecer é quase infinito, os nossos conhecimentos são sempre imperfeitos e superficiais !
.
.

publicado por eva às 23:49

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

A outra face

Uma madre superiora vem ajoelhar-se e acompanhar uma mulher em oração, que já está ajoelhada há um certo tempo, sempre a repetir umas palavras imperceptíveis.
Essa mulher, quando repara na madre, fica constrangida e sensibilizada ao mesmo tempo, porque não se acha digna de tal atenção.
A madre diz-lhe, então, que está ali para a acompanhar, dando a entender que muitos anos antes, teria feito, ela mesma, orações semelhantes ainda em vida.
Sente a desolação e amargura da mulher e pergunta-lhe se as palavras que profere lhe dão paz.
A mulher diz que sim, ao mesmo tempo que parece tomar conhecimento de tal situação em si própria.
Efectivamente, sentia-se mais calma à medida que ia repetindo as mesmas frases.
- Ladainhas?
- Não! São frases para auto-convencimento da sua humilde posição espiritual e não cair na vaidade de se julgar melhor que os outros.
- E não é?
- Não se trata de ser ou não. Trata-se de criar em si as condições de abnegação pelos outros e suas faltas, sem se sentir ofendida por isso.
- Dar a outra face…
- Exactamente, não se desiludir, mas dar, ainda e sempre, a outra face, ou seja perdoar, perdoar sempre.
- Isso é capacidade?
- É uma virtude.

.
.
.

no Mosteiro de Gracanica (Sérvia)
Imagem retirada da net

.
.

Disse François de La Rochefoucauld: Perdoamos na medida em que amamos !

.
.


publicado por eva às 00:27

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds