Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Nem sabemos que dizer ...

. A maior lei cósmica

. O crer e o querer

. Já não se usa?

. Janeiro

. O dar e o receber

. Quotidiano

. Hoje é um bom dia

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 24 de Julho de 2012

Nem sabemos que dizer

i! Hola! Olá!

Cumprimentamo-nos

Gostamos de nos encontrar

Saudamo-nos simplesmente

Nada dizemos

Porque nem sabemos que dizer

Porque nem sabemos o que somos

Quem somos

Salve! Muitos e bons dias!

Se queremos

Quando o desejamos

Importa que

Sejamos nós connosco!


publicado por eva às 00:42

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 5 de Maio de 2010

A maior lei cósmica

ersistência, perseverança ou tenacidade significam, de modo semelhante, a continuação da força primeira e que foi a vontade de algo.

De algo que se semeou contra todos os ventos das circunstâncias, promovendo o querer mais íntimo e subtil ao querer mais arrojado e visível para todos.

Mesmo que esse querer venha contra tudo o que o rodeia, porque vem ressuscitando o íntimo de nós – seja, infelizmente, tanto o pior e mais oportunista de nós, quanto, felizmente, o melhor de nós e de nossas esperanças.

- E isso é o parco resumo da vida e da morte do indivíduo, por aqui?

- Bem… o melhor de nós amplia infinitamente o nosso progresso e elevação celestial. A maior lei cósmica é o amor fraternal!

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

O crer e o querer

- ão, não tenho dúvidas que o crer em algo nos faz mover todo o nosso ser por causa desse crer.

- Seja negativo ou positivo para nós esse crer?
- O crer é sempre positivo na medida em que é impulsionador da quietude, e movimento é vida a pulsar e a desenvolver o ser que assim pulsa. O que pode ser negativo ou positivo é o que adicionamos a essa força de crer.
- Por exemplo?
- Se cremos que não merecemos ser felizes, ou que não somos capazes de algo que seria útil e benéfico, ou que não somos nada de jeito... Ou, pelo contrário, conhecendo-nos e mesmo ao acharmos que não somos nada do que gostaríamos ser, se pensarmos e crermos em nós mesmos, na nossa capacidade de mudança e de conseguir chegar a um determinado estado pelo simples facto de rumarmos nessa direcção… então conseguimos mudar terra e céu para chegar lá, querendo com tenacidade atingir esse objectivo.
- Mas isso é combater por um ideal!
- A diferença está, precisamente, no ideal. Pois há ideais que nos afundam e outros há que nos enaltecem em fraternidade e benevolência.
- Então o que somos para os outros é o que somos para nós mesmos, ainda que não tenhamos compreendido bem isso.
- Pois, muitos de nós ainda não chegámos sequer
 

publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

Já não se usa?

- orque dizes que estas músicas, que estamos a ouvir, são melodias aquáticas?

- Porque me lembram água a correr ou as ondas do mar. Até a impressão de lonjura que o mar me transmite tão bem…
- És uma romântica?
- Já não se usa, pois não?
- As pessoas têm receio de o demonstrar e ainda mais de sentir romantismo em si.
- Pois é, hoje é uma vergonha ser sensível ou mostrar sensibilidade por algo…
- Somos todos guerreiros por fora! Duros e combativos. Mas, por dentro, a mais das vezes, somos uns miseráveis.
- Miseráveis?
- Miseráveis no sentido de míseros, de ser tão pouca coisa e com tanta capacidade para usar…
- Creio que a maior parte vive na ilusão do que quer ser, do êxito que pretende, etc.
- O dramático é que só querem, e desejam, ser felizes.
- Simplesmente isso?
- Hamm…
 

publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito

Sábado, 2 de Janeiro de 2010

Janeiro

 

 nossa vida é, ela mesmo, um projecto.
Os nossos desejos e vontades são componentes de projectos.
A família que constituímos, o trabalho que desenvolvemos, o modo de vida que enformamos – são projectos nossos.
O primeiro mês do ano é o tempo de agenda especialmente destinado para actualizar e formular novos projectos.
É um tempo de inovação, de pressupostos, de derivados dos condicionantes e da rotina que vivemos diariamente, em conformidade com as necessidades e opções que formos tendo.
É, por isso mesmo, um mês de oportunidade, projecção optimista e de conquista esperançosa em tudo o que perfaz a nossa vida e pelo mais positivo que esta possa tornar-se.
- Resta não perder esses projectos e esse rendimento de esperança pelos meses seguintes.
- Queres dizer, tentar sempre, não deixar fugir o fôlego da renovação e da melhoria de vida.
- Pois, pois! Olha, por falar nisso, vou estrear a minha nova agenda. Já viste, está cheia de flores…
- Mas é Inverno!
- Então! E o optimismo? E o querer é poder? Eu desenhei e escolhi as flores que gosto, qual é o problema?

 

 


publicado por eva às 20:00

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

O dar e o receber

- Qual é coisa qual é ela que dividindo, une?
- Hã?
- Não sabes, pois não?
- Se calhar sei! É o amor!
- Pois é, mas assim não vale, espreitaste!
- Então…
- Ora, assim não tem piada!
- Desculpa, foi irresistível…
- Bem, e sabes porquê? Essa parte não estava na folha!
- Acho que sim, porque amor por outrem significa preferirmos dar que receber!
- Pois é, em amor preferimos que a parte de nós que quer algo seja a que dá o que o outro precisa para a sua felicidade. E sempre que tal sentimento é recíproco, essa ligação de felicidade une os seres que a ela se dedicam.
- Seja por alguém que se torna especial para nós, entre todos os outros, ou seja por um ideal, geralmente humanitário.
- E não há cansaço nem medos, nem nada, que pareça impossível de transpor. Tudo parece ao alcance do simples querer, e conseguimos projectar todo o nosso fôlego, ou toda a pujança do nosso ser, seja a física seja a emocional.
- Ou seja, todos podemos conseguir muito, muitíssimo mais do que geralmente pensamos conseguir.
- É! Temos poderes ilimitados para o querer, assim sejam eles sempre empregues no que nos favorece o progresso, a nós próprios e aos outros, pois como acontece com todas as virtudes, essa força amplia o ser.

.
.

.

Imagem retirada da net
.
.
Disse  Clarice Lispector:  Amar os outros é a única salvação individual que conheço !
.

.


publicado por eva às 23:35

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Quotidiano

De um parque de estacionamento entram e saem carros, com mais ou menos cuidados.
A saída é difícil porque dá para uma encruzilhada bastante movimentada.
Mas lá vão circulando, por vezes com a ajuda de voluntários de última hora.
Ouve-se música suave e com boa orquestração, ao longe.
A tarde continua amena até ao anoitecer.
Um bico alaranjado aparece dentre o arvoredo, a seguir esvoaça e vai chilreando até perto do ninho.
De repente - talvez por ser hora do fecho das lojas - surgem, de todas as direcções, pessoas apressadas.
Seguem o seu caminho, de modo independente e solitário, desviando-se quanto baste dos outros para continuar andando a passos rápidos.
Camionetas ou autocarros vão parando nas respectivas paragens e lá vão entrando dezenas de pessoas.
Ali perto, outras pessoas juntam-se em fila e de senha na mão para serem atendidas.
Atendidas, mas não se percebe que sítio é aquele.
A música continua.
O dia vai cedendo à noite. Noite de um fim-de-semana que começa.
- E tu, quando começas?
- O quê?
- A querer aprender, conhecer o que te rodeia. Todos os dias muita coisa começa e acaba. E os teus projectos?
- Ainda são projectos...
.

.

..

Imagem retirada da net

.

Disse Ortega y Gasset: ciência é tudo aquilo que admite sempre discussão! 

.


publicado por eva às 08:43

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Hoje é um bom dia

Sonhamos sonhos em que as coisas serão melhores um dia.
Hoje vamos tentar inverter um pouco ou, dizendo melhor, completar a ideia.
Sonhos de que um dia vamos apreciar e gozar as coisas que temos e que, pelos vistos, ainda não percebemos bem o seu valor.
Coisas que não valorizamos, mas criticamos e amarguramos, porque não são fáceis de gostar.
Será verdade que queremos o que é dos outros simplesmente por inabilidade em apreciar aquilo que temos?
Será preguiça, inveja, ciúme, insatisfação, incoerência, desvalorização pessoal ? Sei lá quantos adjectivos e nomes se poderiam dar.
Será o que outros chamam novos, ou sempre renovados, objectivos, perseverança, etc.
A verdade é que fica um nó na garganta, um aperto no coração e uma tristeza por esta vidinha sempre insatisfeita…
Hoje… aí para a semana… não - hoje mesmo!
Hoje é um bom dia para analisar as qualidades do que temos e do que somos.
E é a partir dessa análise que poderemos lançar as projecções (os tais objectivos) do que falta alcançar.
Observadas assim as nossas «coisas» deveremos encontrar algo útil, a que tenha valido a pena dedicar anos e anos, às vezes todas as nossas forças e emoções.
Afinal, o que queremos ser quando formos grandes? 
.
.

 .
Conscious Dream
.
Pamela Ellis

.

♪: Dream a little dream of me - The Mamas & the Papas
tags: ,

publicado por eva às 08:35

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds