Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

16
Jul09

Merecimentos

eva

Concentraram-se todos numa oração cantada entoando-a em coro.
Vê-se chegar, à mesma sala, um séquito de pessoas de visível importância, com vestes longas, brancas e douradas.
A importância advém-lhes do lugar que ocuparam na hierarquia sócio-religiosa e porque desempenharam as funções com toda a correcção – em moral e ética.
Hoje, essa importância continua a ser pela elevação moral e ética, não tanto religiosa ou social nos termos em que as reconhecemos habitualmente.
As exigências para consigo mesmos são cada vez mais amplas e o Amor é, também, cada vez mais dilatado.
Por outro lado, a compreensão pela situação dos faltosos é ainda mais caridosa desse Amor.
Entretanto, eles vão entrando e o primeiro leva um báculo meio poisado no chão, meio erguido.
Vão avançando pela sala até ficarem frente a frente com uma das pessoas.
Parece que lhe dizem algo, como a cumprimentá-la e a esclarecê-la, mas ela não entende bem o que lhe dizem.
Seguidamente sente-se como que trespassada por toda aquela envolvente branca e dourada.
- E então?
- Ela, que se sentia tão mal, melhorou instantaneamente.
- Foi um milagre?
- O que há são merecimentos morais, ou não, de benesses que permitem alcançar um nível superior de evolução espiritual.
- Então?
- Então, ela conseguiu entender, percebendo, o que tinha feito e o que deveria fazer e essa compreensão das coisas fê-la sentir-se melhor.

.
.

. 

Imagem retirada da net
.
.
Disse  Platão:  A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma !
.
.
17
Dez08

Pois...

eva

Pregos e marteladas soam nestes últimos dias e todo o dia.
São da casa em obras e coitados dos que lá estão a viver.
Tornam-se ruídos esquisitos que ecoam pelas imediações com a trepidação e as perturbações que provocam.
Acolá ouvem-se os sons de melodiosas badaladas.
Da rua vem o trânsito e os barulhos típicos de fim de tarde e do regresso a casa.
Sejam quais forem os sons, sendo da rotina diária, significam que tudo está bem, que os nossos dias e o dos outros estão normais, em conformidade com a organização que lhes demos para conseguir fazer o que necessitamos e o que gostamos.
Um complemento e reunião de necessidades e quereres.
- Sentes estes frios?
- Pois se é tempo de Inverno e está a escurecer rapidamente…
- E vês aquelas luzes em forma de triângulo?
- São o reflexo do pôr-do-sol nas coisas.
- São lindas, não são?
- Bem… são agradáveis e bonitas de ver.
- Achas que somos paralelos?
- Como aquelas imagens concêntricas?
- Talvez…
- Que diferença faz?
- Bem, o Sol poderia ser paralelo na sua projecção de energia.
- Se calhar pode ser, como também parece que há uma unidade que tudo comanda.
- Então a felicidade também poderia irradiar em raios paralelos, multiplicando-se constantemente.
- Pois…

.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Platão:  Procurando o bem para os nossos semelhantes, encontramos o nosso !
.
.
25
Mar08

Confusão

eva
O corpo, por vezes, dá a sensação de não ser nada, de não valer nada!
Não se trata de doer aqui ou ali, trata-se de ser um mal-estar geral.
Daqueles mal-sentir que nem se sabe se é do corpo ou do ar que o rodeia, ou do sofá, ou do quarto...
É um arfar descoroçoado sem ser falta de ar. É uma confusão mental em que não se distingue o sonho do pesadelo. E se abrir os olhos, pior, porque afinal está ali mesmo, onde já estava há uma hora atrás... Onde estava desde o almoço... Exactamente ali!
- Adormeceu?
- Eu? Não! Porque haveria de ter adormecido? Não tenho os olhos abertos?
- Agora tem, mas há bocadinho não tinha. Trouxe uma manta para não lhe arrefecerem as pernas.
- Ah, pois está melhor, está! Obrigado!
.
.
 .
Henri Rousseau
.
.
Disse Platão : Mau, na verdade, é o amante vulgar que prefere o corpo ao espírito, pois o seu amor não é duradouro por não se dirigir àquilo que perdura !
.
.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D