Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

20
Jan13

Amarelos flamejantes

eva

- o jardim, dentre as crianças brincando, surgiu um foco de luz amarelo-alaranjado.

As mães e tutores depressa afastaram os seus filhos e outras crianças dali e olharam receosos.

Assim que a surpresa os deixou pensar melhor, quiseram afastar-se do lugar e levar as crianças para um lugar seguro.

Conseguiram chegar a um abrigo, já velho, mas que lhes serviu perfeitamente para os acolher.

De lá conseguiam espiolhar o que acontecia na parte do jardim em que estiveram, no meio dos baloiços, escorregas e trepadeiras.

A surpresa aumentava, pois que o foco de luz foi tomando forma de pessoa, outros mais e, a seguir, uma multidão desses seres flamejantes de luz e brilho.

Os observadores, meio escondidos meio recolhidos, nem um som conseguiam pronunciar.

Finalmente relaxaram desse torpor-surpresa e entreolharam-se… Garantiam não comentar com ninguém…

- Porquê, ‘vó?

- Porque, logo a seguir, nada restava no lugar desses seres, dessas belas e inusitadas miragens em dia de Sol cálido…

09
Jan13

O outro lado da vida

eva

- lá, hoje estou ótimo!

- Ah, ainda bem! Todos os dias são dias para melhorar, não é?

- Sei lá! Sei que me sinto melhor e que já vou indo.

- Indo? Para onde?

- Embora, para o trabalho, para onde haveria de ser?!

- Mas… Não te lembras?

- De quê?

- Que houve um acidente… hum… e tu ficaste ferido… ninguém deu nada por ti, pela tua recuperação…

- E então? Não me lembro, não! Hã? E agora, que faço eu?

- Resta saber quem és tu agora, hoje?

- Hã? Sou o mesmo, ora!

- Não pareces, sabes?! Vamos esperar por logo à tarde, ou amanhã e ver se sabes ainda quem és? Quem és para nós?

- Hã?

- Não te lembras, pois não?

- Não!

- Foste tu quem nos tirou tudo o que tínhamos…

- Hã? E és tu quem me trata?

- Pois sou?

- Mas… eu estou a recuperar!

- Assim parece.

- Mas…

- Somos diferentes, por ora. Um dia chegará que entenderás isto e muito mais. Todos caminhamos para o melhor de nós, mesmo que os caminhos se cruzem cheios de espinhos. Todos chegaremos ao mesmo estado de consciência benevolente… um dia… em algum lugar… de algum modo…

30
Abr11

Planos paralelos

eva

- ai com destino aonde?

- Sei lá, vou indo!

- Dá-me boleia?

- Nem pensar!

- Se não sabe para onde vai? Podemos perfeitamente ir juntos para aí, esse sítio.

- Que ideia maluca!

- Não incomodo nem nada e ainda podemos conversar.

- Adeus, já disse.

- Não é pródigo, é o que é.

- Ai, ai!

- Qual é o problema da boleia?

- Não dou boleias a quem não conheço.

- Pois se não as dá também não passa a conhecer.

- Nem quero conhecer, percebe? Não quero!

- Já que insiste!

- …

- Que foi, nunca viu?

- Alguém com aspecto cuidado e falando assim sozinho tanto tempo, sem auricular nem nada, não!

- Então não viu quem estava aqui?

- Aqui não estava nem está ninguém a não ser o senhor.

- Não viu o tipo a pedir-me boleia?

- Boleia de quê se o senhor está apeado?!

- Eu estou o quê? Ora essa, então não vê o meu carro ali?

- Ali é um jardim com relva e flores, acabadinho de arranjar.

- Então, onde estou?

- E sabe quem é?

- Mas…

- Vamos para dentro, bebe um café – ofereço eu – e telefonamos à sua família ou médico, que diz?

- Não digo mais nada.

 

17
Jan11

Capacidade mental

eva

ns caem como que num abismo, outros voam e elevam-se penosamente ou felizes e, leves como pássaros, podem chegar a planar.

É assim que acontece na maioria das situações, pois todos temos enorme capacidade mental para utilizarmos do melhor modo que sabemos e podemos.

Os que parecem ter este tipo de capacidades danificadas, isso é apenas ao nível da forma de vida do presente, a que nós assistimos.

Porque, espiritualmente, as capacidades mentais não terão as condições aparentes do modo físico.

Digamos que somos seres em paralelismo connosco mesmos e temos esses paralelos de nós em vários níveis de vivências.

- Achas mesmo que é assim como ele disse?

- Sei lá, mas essa hipótese que colocou dá-me um certo consolo. Ou seja, os sonhos poderão ser, então, imagens de nós mesmos em vários paralelos.

- E isso é bom?

- Para certas situações será o melhor que pode ouvir-se e entender. Dá-nos outras esperanças… Esperança onde só havia o desespero da situação presente, de pessoas que nos são queridas e estão diminuídas física e mentalmente. A esperança pode raiar no horizonte e é reconfortante pensar que talvez possam sobreviver felizes noutro… hummm… plano? E ao mesmo tempo estão ali connosco…

 

26
Dez10

Fica sempre tanto por dizer

eva

oje é um dia especial. Seria um aniversário muito querido.

Seria um dia de festa.

Estranho como as coisas que parecem tão certas são as que fogem um dia tal como as outras tão supérfluas.

A importância está em nós, em querer ou não manter essa importância.

Fica sempre tanto por dizer, por fazer, mesmo tentando dizer e fazer tudo o melhor possível sem querer deixar nada para depois.

O depois que pode fugir a qualquer instante.

Fica a recordação dos momentos bons.

Fica o sentimento audaz de que ninguém foi embora, de que podemos estar convivendo agora em planos paralelos.

Esses planos em que já não têm as dores nem o sofrimento deste corpo físico, planos em que a ideia perdura, a energia continua a manifestar-se…

Planos de vida semelhante, apenas com modelos de forma diferente.


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D