Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Ao longo das eras

. Os escolhidos

. Céu e sol

. Cuidar é acarinhar

. Às vezes basta um bem-int...

. Nosso lar

. Perfume de flores

. Mundo humano

. Tudo se interliga

. Ladeámos o jardim.

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Sábado, 27 de Outubro de 2012

Ao longo das eras

ovos, culturas

Países, políticas

População, dignidade humana

Onde estão as fronteiras?

Ao longo das eras

O que resta?

Cultura, política ou

Humanidade

Caridade mútua

Em prol da dignidade

De todos os seres e do planeta?

Onde estão as fronteiras

Do equilíbrio, da sensatez?

O que são

Os povos e as culturas,

A dignidade de ser, existir?...


publicado por eva às 00:27

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 9 de Março de 2012

Os escolhidos

- quele ali só fala do fim do mundo neste ano, que a maioria de nós não passará da 4ª dimensão e que só os escolhidos, como ele e alguns dos amigos, é que seguem direto para a 5ª dimensão, etc. e tal.

- Que é isso de dimensões?

- É o equivalente a esferas evolutivas de vida.

- Ah! Mas que o faz pensar que existe um fim, se tudo é infinito? Se apenas estamos vivendo uma vida em nossa existência tão eterna quanto infinita de tempo, lugar e condições de evolução…

- Que queres tu, é tudo uma questão de fé.

- Pois é. Onde se viu que um Deus, ou seres celestiais podem pretender o fim das condições evolutivas, um holocausto para os seres vivos, para o planeta ou o universo?

- Exatamente. Ou se acredita ou não em seres melhores, mais virtuosos que nós e que eles são o espelho do que qualquer um poderá ser, da dignidade que cada ser poderá alcançar.

- Nem mais! Se Deus é infinitamente misericordioso, símbolo do supremo bem, como poderá querer que alguns evoluam e outros não? Cada um é responsável por seu próprio progresso, por seus erros e virtudes.

- Enfim… sabes, coitado é dele que não fala e, com certeza, nem pensa noutra coisa…

- Sim, pois é, só fala disso há dias. Mas ele julga-se um dos escolhidos!

- Ah! Bem, aí é o dourado da pílula, não só tem falha de fé como favorece a vaidade. Ok!

- A cada um a sua compreensão… e coitados dos infelizes que não vislumbram a magnitude do universo e suas leis reativas.


publicado por eva às 00:22

link do post | comentar | favorito

Sábado, 28 de Janeiro de 2012

Céu e sol

ol e praia

Campo e rios

Neves e cumes montanhosos

Planícies e vales

Águas em fonte e oceanos

Natureza bela

Planeta, abrigo de todos

Paz e fraternidade

Entre as gentes

Céu e Sol

Será luz para tudo

Luz entre todos.


publicado por eva às 00:42

link do post | comentar | favorito

Sábado, 5 de Novembro de 2011

Cuidar é acarinhar

uidar é acarinhar

Da criança em nós

Das crianças pelo mundo afora

Cuidar é acarinhar

Do nosso coração etéreo

De todos os seres

Cuidar é acarinhar

Da nossa chama acesa de energias

Das energias que pairam

No ar, no planeta

 No espaço cósmico

Cuidar é acarinhar

Tudo e todos

Especialmente

Os que nos custam mais

Porque esses lembram nosso passado

E do passado precisamos

Passar adiante

Cuidar é acarinhar

Livres de dores ou remorsos

Cuidar de nós mesmos e dos outros

Do ambiente em redor

Cuidar é acarinhar

É Amar.


publicado por eva às 22:44

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 25 de Outubro de 2011

Às vezes basta um bem-intencionado

abituamo-nos a passar as feridas por água.

A deixar que tudo se lave, a permitir a regeneração.

Mas nem sempre lembramos o planeta e suas feridas.

Nem sempre percebemos o alcance dos buracos na camada magnética do planeta.

Essa camada protectora de tudo o que nos pode atingir do espaço sideral.

Desde as radiações solares aos corpos mais ou menos inertes.

Nem sempre queremos ouvir que os buracos já se alargaram para fendas de largura considerável.

Nem sempre queremos ouvir os apelos de auxílio. Ou de socorro…

Nem sempre queremos ser heróis.

Antes esperamos que tudo se dilua e passe adiante…

São modos de viver, até de sobreviver.

Talvez alguns tenham possibilidade de pensar bem, produzir atmosferas individuais de bons pensamentos.

E, juntos por maioria, poderemos conseguir atmosferas mais globais e globalizantes que ajudem com suas boas energias a, de algum modo, inspirar a regeneração do planeta. Da nossa Casa da casa em que vivemos.

Às vezes basta um bem-intencionado na multidão para mudar o mundo e promover a regeneração.

Bem hajam os bem-aventurados…


publicado por eva às 15:14

link do post | comentar | favorito

Domingo, 16 de Outubro de 2011

Nosso lar

laneta de Sol brilhante

Florestas e praias

Serranias e vales

Plantas, animais e homens

Dentre tantos outros

Que não se vêem ou percebem

Planeta azul de águas mil

Águas sujas por mão humana

Águas limpas por decantagem natural

Planeta lar

De todos os que nele habitam

Planeta desfavorecido por muitos

Ajudado por outros

Planeta de nós todos

Planeta de Sol brilhante

Planeta azul de águas mil

Planeta – nosso lar!


publicado por eva às 23:57

link do post | comentar | favorito

Domingo, 2 de Outubro de 2011

Perfume de flores

lores. Perfume de flores.

Lembram e representam tudo o que é delicado e bom, beatífico para a mente.

E quantas vezes, em alturas de grande aflição, nem as vemos nem as notamos amaciando o nosso caminho.

Observar o que nos rodeia sem pedir nada em troca.

Atender o que, ou quem, nada nos pede em troca.

Acarinhar tudo o que tocamos e do que nos lembramos.

E lembrar de tudo o que nos importa assim como daqueles que se importam connosco.

Perceber e entender as necessidades dos outros, como das nossas.

Compreender a relatividade dos tempos e das coisas.

Atender com todo carinho o presente e o instante de agora mesmo.

Pensar em nossa felicidade, na dos outros e na de todos os seres do planeta.

E… seremos também mais felizes connosco.


publicado por eva às 22:29

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Julho de 2010

Mundo humano

 planeta Terra é um berlinde azul no espaço cósmico, segundo dizem os astronautas.

E, vendo as imagens que nos vão chegando, parece um comentário muito a propósito.

Realmente, com os brancos das nuvens, os verdes, castanhos e os tais azuis um pouco por todo o lado – parece tão belo!

O planeta é a nossa casa maior nesta vida e, se cuidamos devotadamente da nossa casa de família, parece ser de cuidar da casa de todos com maior cuidado ainda.

Já se ouve falar, pois há muitas – imensas – tentativas para sensibilizar a opinião pública, sobre a necessidade de preservar o ambiente, mas apenas alguns resultados estão à vista.

Ouvimos falar de razias nas florestas que não se podem travar…

Ouvimos falar de mares negros de óleo à superfície e no fundo do mar maior…

Assistimos a mantos de morte perpetuados pelos homens sem razão sensível…

Ouvimos falar do bem para o meio ambiente…

Ouvimos falar de direitos de todos os seres…

Será que não se percebe o que é a unidade do bem por todos os seres?

Será que ainda não se entendeu a valorização do conceito do bem comum?

A inteligência, a capacidade de formular raciocínios complexos e conceitos abstractos, tão característicos do ser humano, significam exactamente o quê para a consecução do bem comum?

Será afinal, e simplesmente, a lei natural do mais forte que prevalece sempre?

Se assim é, não tem sentido construtivo a capacidade intelectual do humano em relação aos outros seres…

Será que as histórias de Gulliver são precursoras de alguma realidade?

Bem hajam os simples de coração – sempre!

 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Março de 2010

Tudo se interliga

ons e conversas. Olhares e visões coloridas.

Estamos num mundo a cores.
De cores e vida palpitante por todo o lado.
Às vezes ocorrem catástrofes da natureza maior, outras vezes ocorrem destruições do homem menor.
O verde da natureza que soçobra, o verde esmeraldino que transmite esperança.
Todos nos relacionamos, tudo se interliga.
Vivemos em várias dimensões, somos o que pensamos, o que fazemos e produzimos.
Somos responsáveis por séculos e séculos de vivência, seja em grupo alargado ou familiar, seja individualmente ou ambientalmente.
Recolhemos os resultados de tudo o que semeamos, das acções, das palavras, pensamentos e desejos.
Observando o céu, tudo em nosso redor, olhando a força da luz do Sol, antevendo o cosmos – afinal, somos o que apenas ainda somos…
 

publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 17 de Maio de 2006

Ladeámos o jardim.

17 de maio de 2006

Ladeámos o jardim.
Trazíamos nas mãos as alianças de filhos que iam casar próximo.
Olhei novamente para o jardim.
As árvores brilhavam em tons róseos por cima das suas copas verdes.
Bem verdes da Primavera em força.
Pareciam estrelas a poisar nas árvores.
O seu brilho depois ora se dirigia para o jardim ora para o céu azul e soalheiro.
Tentei observar melhor quantas cores brilhavam. Não consegui contá-las.
Entretanto as árvores balouçavam na minha direcção.
Pensei então no planeta, nas regiões desérticas, nas neves, nos mares.
E, como não podia deixar de ser, nos maus tratos e desleixos humanos que o estão a destruir constantemente.
O jardim chamava-me outra vez.
Virei-me e vi o chão (de terra batida) cheio daquelas estrelas multicolores a brilhar.
Parecia um jardim encantado.
Resolvemos entrar por um dos portões e percorrê-lo.
Parecia que o via pela primeira vez.
Ali uma nova esplanada esperava hora de abertura.
E pensei também que ainda somos poucos para conseguir a hora de abertura esclarecida da mente.
Fica a fé na expectativa.

publicado por eva às 09:48

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds