Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Sol e lua

. Espiritualidade

. Evolução

. A verdade

. Percepções

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

Sol e lua

ol e Lua

São luz

Somos nós

Tu e eu

O mais brilhante

A serenidade

Que a nuvem não apaga

Apenas esconde

De tua vista e percepção

Adivinha-a então

Porque estamos sempre lá

E onde quiseres estar

Estamos contigo

Iluminando a ti

E a todos os seres

Tudo iluminando

Para o melhor Céu

Para o Divino Bem sonhado!


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Espiritualidade

Ao longo dos dias e das vicissitudes que atravessamos vamos tomando consciência na percepção – para uns, ou do conhecimento ampliado – para outros.
O porquê da diferença está na personalidade do indivíduo, como está também na capacidade sensitiva do seu corpo físico.
Uma e outra vão-se alterando sempre em conformidade com os objectivos que se vão marcando. E estes, por sua vez, estão em conformidade com as experiências da vida e do modo como estas vão sendo interpretadas.
Todos nós evoluímos a cada instante e evoluímos melhor ao cedermos espaço para novas ideias.
Não quer isto dizer que se deve aceitar todas as ideologias, ou pseudo-ideologias, que se vão ouvindo.
Mas quer dizer que se deve estar atento ao que acontece em redor de si próprio e estabelecer parâmetros para confirmação racional da espiritualidade inerente a cada ser.
Allan Kardec foi um defensor, precisamente, da fé raciocinada. Um defensor em aplicar a metodologia científica para tudo o que acontece + o que parece acontecer. Um defensor em manter uma postura crítica com abertura de parâmetros conceptuais e não a postura de uma crítica destrutiva ou alucinada por toda a novidade que se oiça.
Quer se concorde, quer não, com as suas teorias, o princípio é o mesmo dos mestres da antiguidade clássica que diziam tudo ser uma ilusão dos sentidos e que tudo estava certo até prova em contrário.
Abrir e manter abertura mental a novos conceitos tanto pode ser catastrófico e levar o indivíduo à alucinação da sua realidade quotidiana, como pode ser de extrema necessidade para assumir e resolver esses problemas do quotidiano.
A cada um o momento preciso da sua cultura espiritual.
A cada um as caracterizações inerentes a essa cultura em si.
Todos somos passado, presente e futuro de nós próprios – quer tenhamos adquirido, ou não, conhecimento disso.
.
.
.

Vik Muniz - Atlas
(recriando Giovanni Francesco Barbieri - Il Guercino)
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Jean-Jacques Rousseau:  Tudo crer é ingenuidade. Tudo negar é tolice !
.
.

publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

Evolução

Índios e indígenas. Desenvolvimento de sociedades industrializadas.
- Evolução? Evolução de quem?
- Bem… uns têm mais evolução numas coisas, outros noutras. Uns são mais da natureza e da espiritualidade; outros são mais elaborados mentalmente e materialistas.
- Brutos? Brutos são todos os que não são mansos nem humildes.
- Porque estás a responder a perguntas que não fiz?
- Porque se não és tu, alguém é. Eu oiço perfeitamente as perguntas.
- Pois, mas não está aqui mais ninguém.
- Não as pensas, sequer?
- Não e só falta, agora, dizeres que ouves os pensamentos.
- Olha que às vezes é uma das explicações que encontro para isto.
- Ouves assim tantas vezes o nada?
- Se é nada, não! Mas o que oiço não é impressão minha, porque depois de responder deixo de ouvir a pergunta.
- Só ouves perguntas?
- Não! Ouço músicas, conversas entre pessoas. Até ouço os animais a falarem.
- A falarem contigo?
- A falarem entre eles e para mim.
- Já foste ao médico?
- Claro que sim e até a vários e de diferentes especialidades.
- E?
- E uns acharam-me alucinada, outros com muita imaginação. Mas todos – pacífica!
- Aí estamos todos de acordo. E o problema é apenas teu, não é?!
- Ah Ah Ah, exactamente!
.
.
.

Fotograma de 2001, Odisseia no Espaço
Imagem retirada da net
.
. 
Disse  Teilhard de Chardin:  A vida é ascensão de consciência !
.
.

publicado por eva às 23:46

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 3 de Abril de 2009

A verdade

Era preciso obter a verdade. A verdade da sua história. Do seu trajecto pessoal.
Porque não se lembrava. Não sabia partes importantes da sua vida.
Teriam sido episódios assim tão traumáticos que preferisse o olvido total?
Ou seriam tão rotineiros que não era necessário lembrar?
Qual destas duas hipóteses poderia ser a sua? Sentia-se, por acaso, assim tão esquecido da sorte?
- Pois não, era medianamente feliz, como toda a gente.
- Mas as lacunas não são falhas de memória?
- Não podem ser?
- Podem, mas têm que ter uma causa.
- E que importa agora a causa?
- Importa para a cura.
- Que cura?
- A dos transtornos que tem!
- Eu?
- Pois!
- Mas eu sinto-me bem assim. Gosto do que sei e lembro, pronto!
- Você ainda não percebeu?
- Que…?
- Que vive sem estar vivo!

.
.
.

Paul Sérusier - Conto Celta
Imagem retirada da net

.
.

Disse William Blake: Se as portas da percepção estivessem limpas, tudo apareceria ao homem como realmente é: infinito !
.
.

publicado por eva às 00:20

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

Percepções

Mortos e vivos para uns; renascidos para a eternidade do ser e vivos na dimensão física para outros.
Seja dito deste modo ou doutro, a morte, misteriosa para muitos, é uma passagem para o retomar da vida espiritual, de modo mais pleno.
No entanto impõe-se o dilema da morte – o que é? Como aceitar?
Pois cada um aceitará e a compreenderá conforme puder o seu entendimento e a sua capacidade de esperança.
Trata-se disso, mais do que de crença, mais do que cada um consegue ver desta vida e do que consegue perceber de outras vidas.
Porque o que ouve pode ser ficção, pode ser outro Matrix, pode ser… sei lá o quê!
Cada um tem para si a resposta que aceitar como verdadeira, mesmo que não seja suficiente para apaziguar as tristezas e mágoas que cala fundo no seu coração.
- Olha, estão ali! Afinal estiveram ali o tempo todo.
- Onde?
- Ali, naquele banco. Não os vês? Mas escreveste o que te estiveram a dizer, ora!

.
.
.

Estátua de Jean Argent - Alice do outro lado do espelho
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Mahatma Gandhi:  Um erro não se transforma em verdade pelo facto de ser muito propagado, nem a verdade se transforma em erro pelo facto de ninguém a ver !

.
.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds