Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Observa a tua realidade

. A dúvida e a esperança

. A vida é um caminho em qu...

. A dignidade de ser

. Na pressa do dia-a-dia

. O que importa

. Devemos olhar por nós

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

Observa a tua realidade

lha os abrunhos!

Olha as papoilas!

Olha as terapias!

Olha as curas!

Olha os teus deveres!

Olha os teus direitos!

Olha para quem és de facto

Observa a tua realidade

A realidade dos outros

E a realidade de tudo…

Encontraste?


publicado por eva às 00:23

link do post | comentar | favorito

Sábado, 24 de Março de 2012

A dúvida e a esperança

sperar horas

Esperar com esperança

Esperar esperando

Que tudo melhore

Que tudo fique na mesma

Porque já está bem assim.

Quem duvida

Duvida de tudo

E a dúvida corrói

Destrói o ser

Que passa a duvidar

Até de si mesmo.

Duas pontes estão lançadas

A dúvida e a esperança

Uma destrói

A segunda constitui o ser

Ultrapassando-o

Fazendo do bom sonho

A realidade futura

Conseguindo sempre o melhor de si.


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito

Domingo, 11 de Março de 2012

A vida é um caminho em que não se pára

s vezes o sofrimento deixa-nos secura.

Um desapegar árido, como que em defesa do horror passado.

Outras, é o viver infelicitado por não conseguir sentir felicidade.

Outras, ainda, é o pavor camuflado em anulação de vida plena.

Vida é uma mistura de horror e belo, de pavor, medo e alegria, de dor, sofrimento e relaxe e paz.

A vida é um caminho em que não se pára, apenas nos desviamos, ou não, da retidão, da extensão reta (a menor distância entre 2 pontos – definição matemática) entre a escuridão e a luz que iluminará então o ser, em toda a sua dimensão e significado.

O caminho, a direção é só uma e tende inexoravelmente para a luz.

A luz - o princípio e o fim, o faça-se luz


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito

Domingo, 5 de Fevereiro de 2012

A dignidade de ser

lusões vivemos…

Em ilusões nos movemos…

Acreditando que são importantes

Tão sérias e imprescindíveis

Que fazemos tudo,

Ou quase tudo

Dependendo da moral,

Para as conseguir.

Ou para seguir

Outros rumos

Outros projetos

Sem nunca perceber

Que não vale correr na vida.

A vida

Que é, ela mesma,

A oportunidade de progresso

Evolução no karma.

A vida

Que é para ser vivida

Com sabedoria e serenamente

Plenamente

Pelas oportunidades

Que podem conferir-nos

A dignidade

De Ser.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Domingo, 6 de Novembro de 2011

Na pressa do dia-a-dia

a pressa do dia-a-dia

Esquecemo-nos de nós

De quem somos

De onde viemos e para quê

Na pressa do dia-a-dia

Esquecemo-nos de nós

Do que gostaríamos de ser

Em vez de ter

Na pressa do dia-a-dia

Esquecemo-nos de nós

E não estamos verdadeiramente

Nem aqui nem ali

Corremos entre um ponto e outro

Na pressa do dia-a-dia

Esquecemo-nos de nós

Precipitadamente vamos

Cansados voltamos

Na pressa do dia-a-dia

Esquecemo-nos de nós

Da serenidade e silêncio

Em nós.


publicado por eva às 22:26

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011

O que importa

ressas ou vagares

Que importa?

Caminhantes ou parados no caminho

Que importa?

Tropeços ou desvios

Que importa?

O que importa é reconhecer

O momento presente

O instante que se vive

E que não volta para ser vivido

Seja triste seja bom

Saibamos ultrapassá-lo

Na beatitude

Do ser que somos

Que saibamos sentir sempre

Quem somos

E daí melhorar ainda sempre

Sem pressas nem vagares

Com ritmo próprio

De quem vive

Vivendo plenamente!


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

Devemos olhar por nós

cusamos a recepção de… Acusamos que…

Defendemos os direitos de… defendemos quem…

Eis a dicotomia com que lidamos dia a dia. Falha aqui o sentido de unidade. Falha a noção de que não temos, nem sequer devemos, acusar nada.

Basta que defendamos e percebamos o que consideramos certo, correcto, digno de atenção.

A partir daí o caminho clareia, a estrada torna-se firme e não precisamos distinguir nos outros, mas em nós, o que queremos ser, o que desejamos seguir.

Os quereres e os desejos devem iluminar o ser, não acabrunhá-lo e ainda menos aprisioná-lo, seja por princípios, seja por fins ou objectivos, por melhores que sejam ou o pareçam.

Devemos olhar por nós, não exactamente para nós ou para o nosso umbigo, mas por nós e nossas vidas.

Observarmo-nos de um ponto de vista eterno e observar com a maior clareza que nos for possível o que somos agora, o que queremos alterar nesse presente de nós e ainda hoje começar essa alteração.

Podemos sempre aprender a melhorar-nos, auto-melhorar-nos, porque ninguém poderá fazer esse nosso trabalho que é intrínseco e intransmissível.

O resto… serão sempre restos de algo…


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds