Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

31
Out06

O veleiro

eva
31 de outubro de 2006

Era uma barco cheio de miudagem meio esfarrapada. Um barco grande, à vela.

Não um veleiro moderno, mas antigo. Fazia lembrar os de escravos.
A miudagem comia e atirava-se ao colo ou ao lado dos marinheiros, também de mau aspecto. Aspecto de muitos - demasiados - dias em alto mar.
Dias de ninguém, que são para esquecer. Esquecer as necessidades sentidas.

Dias de esquecimento pelas atitudes de menos, que foram tomadas.
Atitudes meio tresloucadas quando revistas com calma e bem estar mental.
Mas o mar, como o deserto, ou a neve, ou a chuva sem parar, transtornam a mente.

Fazem surgir o que há de mais podre em cada um.
No barco a comida escasseia, mas o vento sopra bem as velas e a velocidade vai ajudar a encontrar terra, comida e água doce.
Os homens, como as crianças, odeiam-se e querem-se sem razões, mutuamente.

São a infelicidade uns dos outros. Uma morte do íntimo de cada um.
Uma agonia lenta.
Os dias sucedem-se, soalheiros e tempestuosos. Ilhas e nevoeiro ao longe.

A visão de terra firme obriga-os a arriscar-se nessa direcção cinzenta.
Chegam a ilhas e decidem dar-se uns aos outros a oportunidade do esquecimento do passado e a esperança de um futuro melhor.
A miudagem fica naquela ilha mais florida e variada, pois tem o mar, mas tem também serras e flores em todo o lado.

Até nas ondas vêm flores para deslumbrar as areias.
Os marinheiros vão para a mais longínqua que tem forma de península.

Parece maior, com espaço para eles. sem se atropelarem.
O barco vai afundar-se perto dali e vai tornar-se apenas um momento da enormidade que não é para repetir.
Em hipóteses semelhantes, todos vão ter que ultrapassar problemas.

Mas, sobretudo, superar-se a si próprios e aos seus pesadelos.
Todos desejam sonhos de paz. Finalmente!
Finalmente vão poder renascer em si e na natureza serena que agora os envolve.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D