Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

10
Jan12

Mundos

eva

ovos mundos estão a chegar

Estão a formar-se

Velhos mundos se transformam

Uns evoluem

Outros nem por isso

Outros há que continuam

na infelicidade de valores

Consciência planetária

Consciências sociais

São mínimas.

No máximo de lugares

Consciências familiares

E de si mesmo

São ainda mínimas.

Tanto falta para o progresso

Seja este individual

Seja universal

Da célula ao cosmos

O diferencial da ação

mantém-se na mesma proporção?

Desejamos que a intuição de evolução

Seja observada

Como o instinto de preservação.

A luz forte

E brilhante da sabedoria

Brilha igual para tudo e todos

Quem a vê?

01
Nov11

Céu rosa, sol rosa

eva

iajando em um céu rosa atravessámos de um pulo o Sol que era róseo também.

Chegámos a uma terra branca, que nos mostrava vapores igualmente esbranquiçados e que encobriam os nossos pés.

Ah! Estávamos sem nada, nenhuns sapatos e não tínhamos frio, antes dávamos passadas muito cómodas.

Caminhámos assim durante muito tempo, pareceu uma eternidade e não sentíamos o cansaço.

Chegámos a um rebordo sobre o mar, ou algo semelhante ao mar que conhecemos, porque a espuma das ondas chegava até nós em salpicos.

Os nossos cabelos esvoaçavam e, no entanto, não havia vento algum.

Ao longe ouviram-se sinos com sonoridades cristalinas e percebemos que íamos embora.

- Pois, isso mesmo, vamos embora. Não percebo onde está o apito do comboio que parte e como possa sequer assemelhar-se a sinos… quê? Ah, sim…. Cada um ouve como pode… Sinos cristalinos?! Vamos, que hoje é só preguiça, não?...

15
Out11

Estamos contigo

eva

oje como ontem e amanhã

Estamos contigo

Mil Anjos de amor e cura por ti

Por todos os seres sem excepção

Hoje como ontem e amanhã

Estamos contigo

Ajudando no que for

Guiando pelas estradas do Bem

Conforme tuas necessidades

Hoje como ontem e amanhã

Estamos contigo

Do passado para o futuro

Conforme tuas aptidões

Sempre em tua evolução

Para a fonte primordial do Bem

Hoje como ontem e amanhã

Estamos contigo

Mil Anjos de amor e cura por ti

Por todos os seres sem excepção

Em todos os mundos.

09
Out11

Mundos de forma densa

eva

magina

Que este mundo

É apenas uma esfera no Universo

Imagina

Que este planeta

É apenas um no meio de milhões doutros

Imagina

Que somos apenas habitantes daqui por um tempinho

Imagina

Que temos forma e densidade específicas neste agora que vivemos

Imagina

Que há muitas formas de vida aqui e noutros ali desconhecidos

Imagina

Que apenas somos um dentre muitos

Imagina

Que há muitos mais infelizes que nós e outros muitos mais felizes

Imagina

O que serão os mundos estelares

Imagina

E tenta encontrar uma realidade racional

Que se enquadre nas tuas convicções.

03
Out11

Ledo engano

eva

xiste um mundo espiritual!?

Se perguntas…

Não sabes a resposta?

Se perguntas…

Achas que estás abandonado?

Se perguntas…

Que a vida corre mal só para ti e poucos mais?

Se perguntas…

Que desse tal mundo não vem auxílio?

Se perguntas…

Que estamos sós e entregues a vidas tristes que terminam em episódio de morte?

Se perguntas…

Quem somos então? Uns poucos a boiar no Universo?

Ainda perguntas… Ledo engano!

20
Jan11

Deseja-se

eva

odos os dias produzimos algo

E deseja-se que tal seja útil

Seja benéfico a um, a outro

A muitos, a todos os seres

Deseja-se que seja possível

Bem influir nos pesares e aflições

Nas alegrias e sonhos progressistas

De todos os que inter-agem

Com o nosso amor fraterno

Deseja-se que a luz

Que cada ser transporta consigo

Possa tornar-se a Luz

Que ilumina esse ser

E tudo o que se lhe relacione

Deseja-se que o mundo melhore

E possa aliar-se a outros mundos

Mais avançados e paradisíacos

Deseja-se que todos os mundos

Se aliem no Bem maior

E progridam sem fim

Na infinitude de tudo

Deseja-se a Luz infinita em tudo

Afinal, infinitamente.

 

08
Jun10

Realidades subtis

eva

udo o que não se conhece é misterioso.

Às vezes, o que conhecemos também assim é.

A realidade pode não ser consistente com a verdade.

Onde pairará a verdade?

Quem somos?

Porque somos o que somos?

Para quê toda a nossa luta? Por que vivem outros tão facilmente, através de tudo e todos…

Por que não somos capazes desse modo de vida?

Porque somos como somos?

Que subtilezas nos rodeiam e impregnam o nosso ser?

Qual é o preço da ética na vida?

Mas… a ética nunca teve preço mundano!

Para além deste mundo há outros mundos?!

 

26
Mai10

ET's

eva

- oje acho que vi novamente um ET

- Hã?

- É isso, tal e qual, que ouviste – hoje acho que vi um ET.

- Porque dizes isso?

- Porque não sabia o que queria, nem como se dizia a maior parte das coisas e vestia esquisito.

- Mas isso é a maioria do que acontece hoje em dia. Topamos com gente irreconhecível que, no entanto, é gente da nossa geração, da nossa educação e costumes.

- Não estou a falar disso…

- Então?

- Estou a falar de olhares esquisitos, modos igualmente… e de nem saber o que está a fazer ou a querer…

- Não estaria sob o efeito de sono, ou drogas, ou algo semelhante?

- E pregava que tudo se resolveria a seu tempo, etc. e tal.

- Oh! É de alguma seita ou religião…

- Não é nada!

- Então?

- Olá, bom dia!

- Bons dias, já há tempo que não nos encontrávamos todos…

- Pois é. Vocês viram aqueles tipos lá atrás? Os actores que estão a ensaiar, humm… digamos, ao vivo

- Ahh!

- Ahh, nada! Este de que falo não estava lá atrás, tem estado ao meu lado dia após dia…

 

11
Mai10

Simplicidade de viver

eva

iveremos entre mundos?

E então quais seriam eles?

Mundos de maior sofrimento que aquele que sentimos na própria carne ou aqueles que vimos outros sofrer, ou… sei lá que mais horrores vamos tendo notícia?

Ou, finalmente, mundos de benesse?

- Olha, enquanto vais pensando esses tormentos todos na tua mente eu vou tomar o pequeno almoço, depois vou a correr para o transporte e à hora de almoço aproveito e ainda vou comprar qualquer coisa que me seja completamente inútil e supérflua.

- Inútil? Supérflua?

- Sim, sim! Dessas que não fazem mal a ninguém, apenas à minha bolsa. Inócuas – percebes?

- Mas porquê isso?

- Para me sentir viva, feliz e livre?

- A fazer compras que não precisas consegues isso tudo?

- Sim! A cada um a sua medida, ora!

- Bem… talvez isso seja também a simplicidade de viver…

 

29
Abr10

Viagem

eva

   

esquerda. Agora… humm… à direita, acho eu. Olha que é melhor perguntares… pronto, sempre era à direita. Exactamente, é ali ao fundo e podes começar a procurar um lugar.

- Podes ficar sozinha? Se sim, aproveito e vou comprar o que preciso. Até logo, pelas quatro então.

- Que bom, já estava cansada de andar de um lado para o outro. Isto de procurar o que se precisa pode ser muito desgastante, sobretudo se tiver data e hora marcada.

- Se é! Estou cansadíssimo também e desejoso de fazer o caminho de volta.

- Vamos embora de volta à nossa família e casa.

- Humm… Mas a direcção não é esta! Por onde vamos?

- Isso pergunto eu, tu é que estás ao volante e, por mim, não faço a mínima ideia onde estamos.

- Devemos ter desviado do caminho algures lá atrás…

- Sem dúvida, porque num só dia não é possível tanta alteração na paisagem…

- Talvez sim, talvez não. Já olhaste para baixo?

- Para baixo? Mas se estávamos de carro como podemos estar num avião?

- Não me perguntes a mim, que eu não fiz nada para isto. Nem saberia como fazer. A não ser que tudo isto seja ilusão… humm… a dois? Vamos ver onde vamos dar e depois logo se vê o que poderemos fazer por nós mesmos…

- Pois, isso é muito importante, o que podemos fazer por nós mesmos.

- Às vezes é. Noutras, apenas podemos contar com a nossa fé e esperança.

- Tudo junto deve resultar melhor, não?

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D