Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Assim somos nós e o mundo

. Renovação

. Hoje estamos aqui!

. Flores

. Hoje... amanhã

. O tempo certo

. Estas coisas mudam uma pe...

. Considerandos

. Mudanças em paz

. Mudar o mundo

. Tudo é possível

. Forças

. Da luz e da energia

. Transformações

. Mudanças

. Tudo passa

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 30 de Abril de 2013

Assim somos nós e o mundo

untamo-nos

E separamo-nos

E juntamo-nos novamente

É a mudança

Somos nós e o mundo

Os mundos físicos e mentais

Tudo é mudança e movimento

Tudo é preenchido e assumido

Mais tarde ou mais cedo

Dependendo da integridade

Das razões e aleivosias

Do incerto como da esperança

Assim somos nós e o mundo

A mudança e a esperança…

 


publicado por eva às 00:12

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 12 de Abril de 2012

Renovação

- om dia, podemos entrar?

- Podem, claro. Que vai ser hoje?

- O costume! Estão em obras?

- Obras caseiras, mas sim, estamos em remodelação.

- Parece bom!

- A ideia é mudar um pouco o aspeto, melhorar o ambiente em termos práticos e…

- Torná-lo mais atrativo!

- Ohhh! Pensei que isso já o era…

- Humm… era, era… mas parece que vai ficar ainda melhor!

- Pois!

- Era essa a ideia, não era?

- Pois, pois era e é!

- Acho que estão certos. A competitividade é cada vez maior e, mesmo em pequenas coisas, é saudável manter-se a par do bom que o mundo vai mostrando em redor.

- Foi o que pensámos. Imagine que já entraram clientes a pensar que era outro café, novo.

- Pois, também há quem esteja a querer sempre a última moda. Mas há clientes que são fiéis à qualidade e bom ambiente.

- Felizmente!


publicado por eva às 11:42

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Hoje estamos aqui!

oje estamos aqui!

Saímos daqui

Vamos para ali

Chegamos acolá

Hoje estamos noutro lado

E como antes

Dizemos

Hoje estamos aqui!

A mudança não o é

É apenas a utilidade

De estar, de fazer

De promover

O Bem

Nosso, nossos, doutros

Simplesmente

Promover o Bem

Onde estivermos, e

Hoje estamos aqui!


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2012

Flores

oar

Alcançar outros rumos

Outros níveis

Flores

Outra noção do belo

Do efémero

Da eterna mudança

Rosas

Flor - excelência das flores

Pois que dentre terra agreste, do frio e espinhos

Nasce uma flor bela e perfumada

Suavemente

Qual o lótus no pantanal

Avivando a dádiva da vida.


publicado por eva às 19:43

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

Hoje... amanhã

oje estamos aqui

Amanhã estaremos ali

As mudanças são para aceitar

As mudanças implicam evolução

Mesmo que aparentemente não sejam

A nossa adaptação à mudança é

Assim vamo-nos renovando

Vamos aprendendo a mudar

Aprendendo que nada

É igual a ontem

Que nós mesmos

Não somos iguais

Aprendemos que tudo muda

Constante e intransigentemente

E que o poeta tinha razão

- O mundo é composto de mudança.



publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sábado, 18 de Dezembro de 2010

O tempo certo

ush e Mimi estão a passear no relvado com a pachorrentice própria de tartarugas fora de água.

Vão esticando o pescoço estilo olho de submarino a querer ver a superfície.

Sentem-no mas não o vêem e por isso movem-se ainda mais lentamente.

E Miau espreita, efectivamente, como uma estátua muito perto delas.

Acho que nem respira, só as olha tão espantado como elas estariam se pudessem vê-lo.

Mas ele fixou-se como se fizesse parte da paisagem desde sempre, completamente imóvel por baixo do banco de pedra do jardim.

Elas vão andando no seu passeio da tarde, nem muito juntas nem muito afastadas. Hush vai espreitando melhor as redondezas e vigiando Mimi, mais pequena e entusiasmada.

E… dá olho no olho dele. Pára, quedo também, nem se mete na carapaça. Nem acredita que se possa ter aproximado tanto daquele bicho que actua com as garras com habilidade fantástica. De soslaio, sem mover a cabeça consegue vislumbrar Mimi já a passar da relva para o empedrado.

Olho no olho outra vez. Mas porque o gato não o ataca ou à Mimi?

Olho no olho percebe o medo que provoca no Miau. Então é isso!

Ele, tão hábil, não percebe que são simples tartarugas que nem conseguem mexer-se bem com uma carapaça tão forte e pesada, como o abrigo seguro que esta é quando o necessitam.

Algum, deles dois, vai ter que se mexer, mas por ora mais vale deixar Mimi brincar livremente no jardim, entre a pedra e a relva. Ela adora aquilo! E assim que se cansar vai a correr para o seu lago e refresca, mergulha e fica a nadar o resto do dia.

É só esperar que o ambiente mude, então ele enfia-se na carapaça ou vai recuando até ao seu querido lago.

É só esperar atentamente por algum indício de mudança… ou muda-se ele, Hush, quando o tempo certo chegar!

É só esperar o tempo certo para a mudança e aproveitar bem a oportunidade.

 


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

Estas coisas mudam uma pessoa!

coitadinho esteve às portas da morte e recuperou, mas…

Enfim, recuperou e veio mudado daqueles corredores… dos corredores da morte!

Que… estas coisas mudam uma pessoa!

Pois então, o coitadinho nem sabia quem era nem o que fazia ali, nem nada… nada!

Quem diria, pois! Quem diria!

Hoje? Hoje está bem mas mudou completamente de vida, está a querer recompor o que estragou, mas a questão é que ele não estragou nada. Enfim, nada que se saiba.

Hoje vai a horas para o trabalho, trabalha com calma e é afável com todos. Sim, sim, até com esses tem uma paciência incrível.

Pois, é o que lhe digo – está mudado. Parece ter uma compreensão sem limites para toda a gente, parece que sabe o que deve dizer a cada um e a cada momento.

Ah, pois dá! Dá muito jeito na profissão dele. É outra, como dizer… é outra postura perante a vida.

Pois, pois, o coração está muito melhor, nem vai precisar de fazer qualquer operação, nem nada. Está muito, muitíssimo melhor.

Nós? Nós, olhe, ainda vamos seguir os seus passos e gostar da vida tal qual a temos e, se calhar, ainda vamos apreciar tudo o que temos de outro modo, sem precisarmos de quase morrer para perceber isso.

Dá que pensar, não é?!

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Sábado, 17 de Julho de 2010

Considerandos

- u quero, tu queres!?... hã?

- Foi o que ouviste, sim! Já não se usa essa aprendizagem. É tudo por contexto, aprende-se a frase correcta e depois faz-se colagem desta nas situações em que pega…

- Hã?

- Estás a dormir?

- Não, não percebo mesmo.

- O que há para perceber? Antes aprendia-se uma linguagem individualmente e sem ajuda do contexto. Digamos uma aprendizagem a seco.

- E hoje em dia o contexto ajuda?

- Ajuda e corrige, porque todas as linguagens têm frases próprias, ou idiomáticas, que ficam assim imediatamente inseridas.

- Tudo se actualiza.

- Ou globaliza, se quiseres. São modos de aprender a estar na vida, entre as gentes, no mundo.

- E actualização é precisa?

- Se é para melhor, com certeza. Senão esperamos pacientemente por melhores dias, porque tudo muda constantemente.

 


publicado por eva às 21:22

link do post | comentar | favorito

Sábado, 22 de Maio de 2010

Mudanças em paz

h! As palavras… as palavras levam-nos longe, para onde a memória e a imaginação alcança levar…

Matinas – quando eu me levantava e o Sol ainda ia nascer. Convencia-me que era já daí a uns minutos mas, às vezes, passavam boas horas. Ou tal parecia, pelo sono que ainda tinha.

O lavar da cara era importantíssimo para o despertar…

As vésperas e as suas toadas de sinos, a seguir era o jantar, bem cedo para depois se estabelecer o convívio familiar na sala, com a televisão ligada, nem sempre exactamente para o que eu gostaria, mas os canais, na altura, não eram muitos e preferíamos, até, alguma algazarra de convívio à tv, diminutivo por que era tratada na altura.

Os tempos mudaram muito e o tal convívio hoje está mudado também. Algumas das pessoas já faleceram e a família foi mudando… Está mudando e acrescentando…

É assim que deve acontecer, em tempos de paz.

Paz exterior e paz interior.

Em paz, as mudanças e actualizações são bem-vindas e tornadas úteis.

Até nós nos tornamos úteis a nós mesmos e aos outros, de maneiras actuais que pouco ou nada têm a ver com o modo como vivíamos.

A mudança tem energia própria – e a que nós lhe damos também conta!

 


publicado por eva às 18:25

link do post | comentar | favorito

Sábado, 17 de Abril de 2010

Mudar o mundo

- ntem vi-te, falei-te e foste embora sem olhar sequer.

- Onde?

- No supermercado, onde havia de ser? Só saio de manhã!

- Sabes o que é? É que já nem ligo ao que me dizem. Isto é triste mas por causa dos peditórios por tudo e mais alguma coisa, por medo de roubo, etc., eu já nem sou mais a mesma. Parece que me estou a tornar medrosa de andar na rua, no meio das pessoas.

- Ah! Mas roubos sempre houve, encobertos ou às claras, e nós temos que passar por esta época que vivemos.

- Uma época muito difícil, sem dúvida.

- Difícil para uns…

- Enquanto prosseguir esta onda de desemprego e desvalorizações de toda a espécie, vai aparecendo de tudo o que se liga à mediocridade.

- As pessoas não estão dispostas a mais sacrifícios. Tinham atingido um determinado nível de vida e querem continuar a mantê-lo… Por outro lado, o policiamento é pouco para tantos casos, a segurança da própria polícia é o que se vai sabendo e ainda continuam a receber ordenados baixos.

- A polícia? Então e os bombeiros e todos os que abnegadamente cuidam dos desditosos? Isto parece que recebem ordenados ao contrário da importância do seu trabalho para a sociedade e os mais desfavorecidos, é o que é!

- O que é, é que estamos a entrar em discussão estéril – isso é que é! Não podemos mudar o mundo, apenas podemos mudar-nos a nós. Melhora-te primeiro para depois poderes falar dos outros!

- Mas, nessa altura, já não conseguirei falar dos outros. Devo estar mais interessada em algum assunto superior a estas coisas…

- Óptimo, deve suportar-se melhor o que temos, não será assim?

 


publicado por eva às 17:44

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds