Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

02
Out09

O tapete voador

eva

Vinham dentro das esferas e essas esferas eram transparentes…
Tinham uma figura elegante e colorida – assim… por dentro e por fora -, e ainda projectavam as suas cores em seu redor.
As tonalidades dessas cores eram tão suaves que ao observá-las projectavam a calma, a paz e a esperança de que tudo o que é bom seria possível, de que o futuro pode ser belo se assim quisermos que o seja.
Entendemos, sentindo bem no íntimo, que, seja o que for que aconteça de vil ou ruim, poderemos estar sempre em consonância com essa luz, esse colorido suave e magnífico e que nada de nada desta nossa vidinha poderá alterar esse estado íntimo em nós.
Entendemos finalmente, que nada nos pode ferir, ou ofender, ou obstruir sequer nesse mesmo íntimo…
Mas entendemos também que é necessário atingir essa consonância de leveza da criatura.
Leveza porque o ser não se altera com as situações críticas do dia-a-dia, com o dinheiro das contas para pagar ou com as complicações do trabalho, da escola, da família, do convívio com os outros, etc.
Leveza na fé, ou na crença, que tudo tem uma solução, que as complicações e dificuldades hão-de ser ultrapassadas, porque saberemos reconhecer as oportunidades que irão surgir para a sua resolução, de modo sério e honesto.
E porque tudo o que nos aparece para resolver é, precisamente, para ser resolvido por nós enquanto oportunidade de nos valorizarmos em qualidade e virtudes.
Digamos, de modo poético, que as complicações e problemas são o mote para as nossas atitudes e o que se pretende é que sejamos cada vez mais altruístas nos nossos pensamentos, palavras e acções.- Digamos, ainda, nessa toada poética, que deveríamos ser capazes de semear esperança contra todos os ventos que soprarem na nossa direcção e deixarmo-nos levar por ela como se fosse o nosso tapete voador.

.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Milan Kundera:  A contradição pesado-leve é a mais misteriosa e ambígua de todas as contradições !
.

.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D