Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Aventuras do dia-a-dia

. A chave

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008

Aventuras do dia-a-dia

Eles vêm trazendo as suas bandeiras.
São as bandeiras de países e a verdade é que sempre que estamos fora das fronteiras, as bandeiras e as simbologias nacionais adquirem valores mais fortes em nós e nas nossas recordações.
Esses símbolos passam a carregar também a soma das nossas emoções.
Então tudo se torna diferente, porque até o sítio mais desagradável se torna ameno, se nos mostra algo da nossa terra longínqua.
São identidades físicas e, como dizia alguém a quem o trabalho afastara da sua terra, as emoções eram muitas e o coração batia muito rápido sempre que se aproximava da sua terra ou se encontrava sequer nessa direcção.
A nossa casa paterna, como a nossa terra, recolhe e guarda igualmente muitas das nossas mais importantes emoções.
Conheci um casal que, ao ir habitar uma nova casa, encontrou escrito numa parede um resumo da vida dos anteriores habitantes e os desejos de felicidades para os habitantes seguintes.
Eles também se propunham escrever, na continuação do texto e na mesma parede, o resumo das suas vidas, ali, para o próximo habitante, tal fora o agrado da descoberta e da ideia. Era um fio de emoções que se seguia a cada frase que se lia.
A casa ficou mais acolhedora e trouxe uma espécie de amizade entre eles e os que escreveram as mensagens, mesmo sem nunca se terem realmente conhecido.
Partilharam, desse modo, numa parede, as suas aventuras e felicidades por intermédio de uma casa comum.
Enfim, aventuras do dia-a-dia.

.
.
.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Madre Teresa de Calcutá:  As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável !
.
.

publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006

A chave

21 de dezembro de 2006

Caras felizes e caras tristes, algumas até desfiguradas, aparecem por vezes quando sonhamos ou fechamos os olhos.
Desconhecidos que nos falam algo que não entendemos ou, pelo contrário, de "pecados" que percebemos perfeitamente.
Em qualquer dos casos, ou as mensagens nos são úteis ou não.
Quantas vezes acordamos com as respostas a preocupações do dia ou dias anteriores? Quantos avisos de precauções a tomar, nos são dados pelo chamado nosso inconsciente?
O que muitas vezes acontece é que nem sempre acreditamos nesses "avisos" mais íntimos.
Diz-se, mais vulgarmente, "puxar" pelas respostas dentro do nosso ser, no nosso interior.
Agora põe-se outra questão.
Como é esse interior que quase ninguém considera digno de atenção, quanto mais de credibilidade?
Que temos dentro de nós que nos avisa regularmente de defesas e atitudes?
Será um complexo estruturado do nosso eu, do nosso ego existencial?
Seremos nós um todo desconhecido de nós mesmos, com tudo o que nos é necessário dentro de nós?
Se assim for, que sabemos sobre esse "todo de nós mesmos" que parece saber tudo de nós?
Parece que não sabemos o suficiente, se calhar nem o mais banal, do interior de nós.
Mas tudo indica que nele está a chave da nossa felicidade, da nossa vida.

publicado por eva às 23:32

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds