Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Labores no quotidiano

. Música em nós

. Sons da vida

. Melodias

. Simplicidade de vida

. A melodia dos nossos pens...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 24 de Abril de 2012

Labores no quotidiano

ores e melodias

Perfumes e aguarelas

Flores e borboletas lindas

Andorinhas e abelhas em zunzum

De trabalho e de ninhos

Para quem quiser ver

Ou perceber

Tudo frutifica labores

No quotidiano. 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

Música em nós

úsica em nós

Melodias íntimas

Nos preenchem lacunas

Renovam espaços que nem há

Traçam directrizes onde nada havia

E o nada há?

Música em nós

Altera o estado físico como o mental

Transmuta a personalidade

Transforma o modo de viver

Tudo pode ser melodia

Piano, guitarra, violino, trompete

E outros mais.

Tamborilar, trautear

Música em nós

É um modo de viver

Sobreviver ouvindo

Música em nós.


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 12 de Novembro de 2010

Sons da vida

- ons melodiosos estão por todo lado.

- Ah estão?

- Sim, até aquelas máquinas que brocam as pedras e os passeios e os arruamentos, podem produzir sons melodiosos.

- Como ouves tu isso assim? Para mim é um ruído de fugir e eles aguentam porque têm aqueles tapa-orelhas… e é o seu trabalho!

- Pois, passar os dias naquilo e a vibrar com as máquinas prejudica o organismo físico e mental como, aliás, muitas outras profissões. Mas, como dizes, é daí que vem o dinheiro do trabalho para sobreviver o trabalhador mais a família.

- Então, onde ouves tu as melodias?

- Oiço-as na minha cabeça, onde haveria de ser?

- Não será melhor ires ao médico?

- Já fui e não encontraram nada. Parece que sou mesmo assim.

- Antes isso que outra coisa pior… Pelo menos as melodias são bonitas?

- São muito simples, como as dos motores a trabalhar.

- Ah! Mas aí tens os mecânicos contigo; todos dizem – oiça agora o motor, parece música!

 


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 4 de Setembro de 2010

Melodias

úsica forte, digamos assim, porque se ouvia por toda a parte quer se mantivessem as janelas fechadas ou abertas.

Os sons batiam nas coisas, no chão, até os corpos sentiam essas batidas interiormente.

Depois… o carro foi embora, rapidíssimo, e os sons foram embora com ele, com eles, porque eram vários no mesmo carro.

- Veículo ligeiro!

- Sim, sim. E o silêncio voltou ao campo…

- Isto é…

- Pois sim, depois do interregno, continuaram a ouvir-se os sons do campo, da natureza simples. Desde a água das fontes, aos pássaros, abelhas…

- E dos gatos e suas guerras com pássaros, cães e entre eles, os gatos.

- Pois sim, a natureza é isso tudo. Então, calmamente pude ouvir música mais ao meu gosto.

- A outra era ao gosto de quem ia no carro, ora!

- Pois sim. Mas abalava tudo em redor. A que prefiro não abala nada, embala isso sim!

- Gostos são gostos! E nesse embalo vou eu embora, até amanhã.

- Até amanhã, talvez com novas melodias!

 


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

Simplicidade de vida

- odos os dias ouvimos ruídos…

- Chamam-se os ruídos da informação!

- Hã?

- Quando a informação não é correctamente expressa, ou está mesmo falseada, vulgo dados martelados, diz-se que tem ruído.

- Não era bem isso, mas também se pode aculturar o termo, porque não?

- Então a tua ideia era?

- A ideia era mesmo o ruído, literal e simplesmente, barulho. Ruído esse que, ao fim do dia, se transforma em enorme dor de cabeça e impaciência, por tudo e por todos, até poder chegar à cama e descansar.

- E os sons?

- Os sons são as melodias que as boas palavras como a música, as canções, a Natureza, canta para nós. E, se tomarmos atenção, podemos gozar o dia apenas enlevados nessas melodias…

- Isso é tão difícil quanto impossível!

- Será… mas às vezes já nada mais resta de interesses comuns, ou materialistas, e esses sons são uma maravilha no nosso dia e no porvir. Nessas alturas somos felizes e percebemos, também, quanto o somos.

- Simplesmente?

- A Felicidade é simplicidade de vida… do mais simples que se puder imaginar…

 


publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

A melodia dos nossos pensamentos

elodias do mar. Melodias do campo, do nascer e do pôr-do-sol, da tristeza, da alegria…

A melodia sente-se em todas as veias e articulações do corpo, da mente…

A melodia musical é a melodia dos nossos pensamentos, da nossa forma de pensar.

A nossa própria melodia é a nossa maneira de encarar e de estar na vida como, aliás, na morte.

O passar e ultrapassar, ou não, de cada experiência, de cada conflito ou do ultimatum que a vida nos coloca, ou que nos provocamos, é também a construção de novas melodias de nós mesmos.

Tudo o que nos rodeia tem uma melodia própria e nós temos a que nos é apropriada.

E as melodias compõem as músicas.

Sejamos bons músicos de nós mesmos e seremos bons músicos para todos os que nos ouvirem.

- Como as teclas do telemóvel que soam?

- Ahhh! Pode ser, sim!

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds