Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Querer

. A personalidade pacificad...

. É Natal

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

Querer

Barulho de cadeiras a serem mexidas, na sala grande.
Perturbação geral, e o silêncio que se conseguira era agora ruído e estardalhaço.
Porquê? Ninguém sabia explicar.
Era assim constantemente. Assim que eles conseguiam atingir a concentração em determinado objectivo, por altruísta que este fosse, vinha, em seguida, um não sei o quê desconcentrá-los.
Só um ou outro continuava, persistentemente, atentamente parado.
O objectivo, ali, era apaziguar a mente, pensando em valores construtivos e tudo o que fosse agradavelmente calmo.
Podia ser dirigir atenção para as cores, ou para a música que soava baixinho, ou para paisagens amenas da natureza, etc.
Depois daquela hora (ou duas) saíam todos muito calmos e bem-dispostos, com a impressão de ter concluído um dever bem cumprido.
- E fizeram os tais deveres?
- Uns fizeram o que deviam, outros não conseguiram ainda. É uma questão de tempo, desde que a pessoa esteja decidida, pois o seu projecto depende de si mesma.
- Não tem gastos, pois não?
- Não! Pode fazer-se o mesmo individualmente, em casa, no jardim, na praia ou onde quiser. A questão é querer e decidir de si para si.

.
.

.

Richard Earl Thompson - Concentração
Imagem retirada da net

.
.

Disse Max Weber: O homem não teria alcançado o possível se, repetidas vezes, não tivesse tentado o impossível !

.
.


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

A personalidade pacificada

Chás e cafés. Chocolates e sumos. Bebidas de todos e para todos.
Porque estamos em tempo de paz e podemo-nos sentar calmamente para nos aquecermos deste Inverno frio.
Porque não temos guerras nem guerrilhas. Porque ainda temos paz!
Era bom que a soubéssemos valorizar e não tomá-la como uma condição adquirida.
Era bom que a soubéssemos conservar, porque ela é efémera, como tudo o que temos.
Era bom que a privilegiássemos também nos nossos relacionamentos mais íntimos e pessoais.
A paz não é só entre governos ou política, ela é elaborada por nós no nosso modo de pensar.
Em vez de criticarmos e respondermos acirradamente, talvez seja possível amenizar a resposta e, com o tempo, quem sabe se não seremos capazes de transformar uma resposta à letra e rude em resposta portadora de apaziguamento e harmonia.
Com simplicidade e sem esforço. Com franqueza e não por sujeição de interesses.
Por amor fraterno e não por submissão.
A paz que temos é a paz que somos.
E isso não quer dizer que se valorize a indiferença ou falta de opinião.
Tanto uma como outra devem ser evitadas, pois devemos ser lúcidos em tudo o que nos diz respeito.
A personalidade pacificada é o produto de uma personalidade burilada nos problemas e nas alegrias, nos conceitos e na abertura para novas ideologias.
Então, a paz assim conseguida acompanha-nos até ao fim.

.
.

.

Imagem de Gregory Colbert
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Max Weber:  Neutro é quem já se decidiu pelo mais forte !

.
.


publicado por eva às 00:23

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 25 de Dezembro de 2008

É Natal

É Natal, é Natal! Tocam os sinos…
Enfim, é disto por todo o lado – por aqui.
Noutras partes ainda é mais festivo.
Noutras – nem por isso! E nessas casas, ou nos abrigos, ou ao relento, é uma pena não haver Natal.
Para muitos é uma festa para esbanjar sem necessidade.
Para muitos mais é uma época igual ao resto da sua vida, isto é, um pequeno-grande horror que parece não ter fim à vista.
Natal tem tudo isto, é só querer ver e ouvir.
O símbolo do Natal, no entanto, é lindíssimo, uma ternura, um aconchego familiar, o calor da lareira, da alegria contagiante da presença dos mais pequenos.
Porém, é uma época que vai caindo em desuso.
Já não é nada do que era, enquanto tradição, quando eu era criança.
Os exageros que foi adquirindo, assim como os desprezos e oportunismos que têm envolvido a época natalícia e, especialmente, estas 24 horas do dia 25 de Dezembro, vêm adulterando todo o bom sentido que teve e deveria ter – uma trégua, por respeito e por amor fraternal, em todo o mundo.
Resta desejar que o Natal de hoje seja ultrapassado por sentimentos natalícios todos os dias do ano.
Por nós, carinhosamente, BOAS FESTAS!

.
.
.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Max Plank:  Para o crente, Deus está no começo; para o físico, Deus está no ponto de chegada de toda a sua reflexão !
.
.

publicado por eva às 19:05

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds