Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Épocas e cânticos

. Rotina e convívio

. Música em nós

. Ambiências

. Violinos

. 'Tá-se bem...

. As cores da música

. Música viva

. Ritmos

. Da terra ao céu

. A musicalidade íntima

. Fases da vida

. Ânsia

. A música

. Os sons

. Dúvidas e mais dúvidas. S...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Domingo, 19 de Fevereiro de 2012

Épocas e cânticos

pocas, hábitos e linguagens apropriadas aos costumes de cada uma.

Épocas da história da humanidade, do planeta que começou antes dela…

Épocas dos estudos da música e do canto.

Canto que é uma evolução dos primeiros sons guturais da humanidade.

Corais de indivíduos que gostam de cantar e que assumem posturas de equilíbrio, perante um grupo, para os melhores resultados.

Cânticos que se elevam no ar e nos transportam a outros mundos por veículo de belas sonoridades.

Canções mais populares e, portanto, mais abrangentes de resultados.

Exercitar a voz é uma atitude tão positiva como evoluída por nós mesmos.

Atenção ao resultado que queremos para nós mesmos, em cada ocasião particular da nossa vivência, pois ele acontece em vibração íntima.

 

Libera - Sanctus

publicado por eva às 20:35

link do post | comentar | favorito

Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Rotina e convívio

- Um, dois, um, dois, repete - um, dois, um, dois…

- Vou embora, estou farta disto.

- Mas não foste tu mesma que quiseste a inscrição?

- E depois? Mudei de opinião, essa agora!

- Nada, não. O dinheiro até é teu.

- Adeus!

- Um, dois, um, dois, repete - um, dois, um, dois…

- Olá!

- Ora viva, quem é vivo sempre aparece!

- Venho fazer a aula.

- Mudaste outra vez de opinião?

- Pois foi!

- E vem aí o Verão!

- Também, mas não só. Tive saudades deste convívio e senti a diferença da falta do movimento no meu corpo. Parece que fico meia presa de agilidade, sei lá!

- Ok, é um prazer ter-te de volta.

- Obrigada e além disso gosto imenso da música. Gosto muito de sentir os movimentos na música.

- Que ótimo. Então prosseguimos. Vamos lá - Um, dois, um, dois, repete - um, dois, um, dois…


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

Música em nós

úsica em nós

Melodias íntimas

Nos preenchem lacunas

Renovam espaços que nem há

Traçam directrizes onde nada havia

E o nada há?

Música em nós

Altera o estado físico como o mental

Transmuta a personalidade

Transforma o modo de viver

Tudo pode ser melodia

Piano, guitarra, violino, trompete

E outros mais.

Tamborilar, trautear

Música em nós

É um modo de viver

Sobreviver ouvindo

Música em nós.


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

Ambiências

- le gosta de ouvir os pianos. O toque característico das teclas. Assim como dos violinos, em toadas calmas. As guitarras, ainda não experimentei…

- Mas ele, quem?

- O gato!

- Hã?

- Pois é, acalma logo, como que deliciado a ouvir música.

- Habituaste-o, foi o que foi.

- Ora, andava sempre meio esquisito de um lado para o outro, sem miado sem nada.

- Andava triste!

- Pois, se calhar.

- E tu puseste-lhe músicas.

- Pois foi. Primeiro liguei música do mais variado que pude.

- E depois, ele gostou?

- Nem por isso. Mas quando lhe pus música, sem canção, só música ambiente, baixinho…

- Que luxo!

- Nem por isso, desfrutava quem estivesse na casa. Bem… continuando… quando experimentei que ouvisse música de piano, ele, quase de seguida miou, ronronou, sentou-se, deitou-se ao lado da aparelhagem e adormeceu suspirando de vez em quando.

- Estamos ainda a falar de um gato, não estamos?

 


publicado por eva às 20:22

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Violinos

- osto tanto de ouvir os violinos.

- Eu não, parecem sempre que estão a ranger sons.

- A ranger sons?

- Verdade que só gosto de os ouvir com outro instrumento. Violoncelos, guitarras ou piano, por exemplo.

- Se calhar depende de quão capazes são de tocar os violinos ou das peças musicais que ouves tocar.

- Também é verdade! Estou a lembrar-me que dos novos, ou que dos actuais violinistas, até gosto muito. Tocam de modo mais alegre, oh! não sei explicar, mas não oiço o tal ranger que te falava há pouco.

- Bem, não parece ser um problema de ouvido nem de educação musical, antes de gosto pessoal.

- E então, não tem valor por isso?

- Tem todo o valor e faz muita diferença, sem dúvida. Diferença para todos – os que ouvem e te rodeiam e os que tocam.

- Pois, pois!

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 2 de Junho de 2010

'Tá-se bem...

oje é dia de rock, de concerto!

Vai estar uma enchente de gente. Vai ser uma enchente de bebedeiras e lixo.

Vai ser um grito enorme de gritinhos, de alegrias soltas…

Vai ser a descontracção no ar…

Vai ser música nos altifalantes, nas ruas, nos campos por aí fora.

Vai ser música atravessando corpos e mente, fazendo vibrar em cada ritmo os membros, os órgãos, o sangue, o oxigénio… a cabeça…

As cabeças vão rodopiar ao estilo dos Dervixes.

No fim, talvez seja uma oportunidade para alijar os excessos e sejam pessoas mais francas e renovadas em si e num mundo melhorado.

Porque é necessário ser jovem, saudável e franco por dentro e por fora.

Porque será útil superar-se a si mesmo, com ou sem rodopio do corpo para a mente.

O caminho é sempre em frente e, como diz o poeta, faz-se o caminho ao andar…

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

As cores da música

Músicas envolvem o ar que nos rodeia. Vão até às flores que olham os acordes.
Seguem até lá fora, pela janela aberta e pavoneiam-se pelos jardins.
Os pássaros fazem-lhes concorrência e despertam um olhar sério nos gatos.
Os cães miram os gatos e ouvem, também, atentamente as músicas.
E o ar toma cores conforme os sons.
Até a água, que cai, transborda de cores nas suas gotas.
A paisagem é música. A música fica em nós, que vamos caminhando e sentindo os sons em cada passo.
Os carros, autocarros e comboios não têm tempo para sentir os sons. Os sons das vidas que transportam.
Será o isolamento de todo esse metal que lhes forma a carroçaria?
Ou será o isolamento da natureza que percorrem a grande velocidade, sem a ver sequer?
Mesmo sem nos vermos uns aos outros podemos sentir as existências mutuamente e ser sempre solidários.

.
.
.

Van Gogh - Vila de Prades
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Edward Elgar:  Há música no ar, há música à nossa volta, o mundo está cheio de música e cada um tira para si simplesmente aquela de que necessita !
.
.

publicado por eva às 00:21

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Música viva

As músicas dos rios, e lembro especialmente a do Moldava, são uma preciosidade de sons cristalinos e de sons arrojados, a julgar pelas aventuras que contam nas melodias.
Há músicas que preenchem o ar, o espaço, enchendo tudo com os seus sons – a natureza, a paisagem citadina… Enfim, tudo fica impregnado da melodia que vai tocando.
E nós também, é claro!
Parece que a nossa roupa, o nosso corpo, faz jus às notas musicais que ouve e vibra em uníssono com elas. Olhando o céu, recortado entre as cortinas da sala, parece que ele também vibra, com o seu azul, em conformidade com as notas.
Gosto apaixonadamente de música e hoje, apesar de não conseguir tocar nada, é igualmente bom sentir o vibrar da música em mim, em redor de mim.
A música parece ficar viva, tal a sua dinâmica.
- Vem aí um novo dia…
- Sim, talvez seja um dia mudo ou talvez seja musical.

.
.

.

Caixa de música - Porter Museum em Vermont
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Ludwig van Beethoven:  A música é o vínculo que une a vida do espírito à vida dos sentidos. A melodia é a vida sensível da poesia !

.
.


publicado por eva às 08:25

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Ritmos

Ouvir música enquanto se trabalha.
Às vezes é bom, outras nem por isso, depende da conjugação de interesses sobre o mesmo tipo de musicalidade – ou não.
Na melhor das hipóteses, a música é do agrado geral e os trabalhos inter-relacionam-se com os sons.
Assim, através desses sons ritmados, o trabalho pode voar ou ir paulatinamente ganhando forma e consistência.
Sem querer, ou sem dar por isso, o acompanhamento musical influencia o nosso próprio ritmo com o ritmo que se vai ouvindo.
Se a influência é positiva até as preocupações podem esmorecer ou o cansaço não ser tão notado. Há um refazer de forças e destreza.
Depois, a desenvoltura alcançada produz a satisfação do trabalho feito e despachado.
O mesmo pode dizer-se da influência do ambiente – cores – espaço – luminosidade.
O indivíduo é sensível a tudo – ao mal-estar e ao bem-estar.
- E a sua felicidade – momentânea ou duradoura – também.
- Ao que é agradável não custa nada habituarmo-nos.
- Pois, ohh! pois…

.
.
.

Alfred Gockel - Wailing on the sax
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Massimo Taparelli D'Azeglio:  Não seria a música uma língua perdida, da qual esquecemos o sentido e conservamos apenas a harmonia ?
.
.

publicado por eva às 19:24

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Da terra ao céu

Cantarei, cantarás… – diz o estribilho de uma canção.
Diz que cantar faz bem, afugenta os medos, o cansaço, que anima o dia e a vontade de superar as dificuldades da vida.
A música é essencial para muitos e desnecessária para outros tantos.
A fala, a expansão falada é sinal de evolução do Homem, e quanto mais rico é o seu vocabulário ou linguagem, mais progresso pode ser.
A música é sintoma de sensibilidade – é beleza em som.
Outras formas de arte também encantam uns e outros nem as vêem.
A sensibilidade pode ser educada e a cada um cabe o seu apuramento.
E quando se fazem as coisas com carinho e dedicação, toda atitude pode ser uma demonstração de arte e sensibilidade.
Do abraço amigo à escultura, da escolha de roupas e cores à pintura, da decoração à musica ambiente, do poema ao discurso, do bolo à culinária, da feitura de um pormenor à arquitectura.
Aliás, da terra ao céu pode ir a Humanidade.

.
.
.

Alfred Gockel - O princípio do Amor & Música
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Arthur Schopenhauer:  A arte é uma flor nascida no caminho da nossa vida, e que se desenvolve para suavizá-la !
.
.

publicado por eva às 00:25

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds