Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Não sei!

. Nenúfares do lago, com fl...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

Não sei!

Estão todos à volta de um lago de águas serenas.
Estão sentados sem cadeiras, simplesmente assim, em posição sentada.
De vez em quando, um deles (ou delas) levanta voo até à bordinha do lago e estende a mão para a água.
Mais alguém vem chegando. Às vezes isoladamente, outras vezes em grupo.
Saem da água de pé, como se a água cobrisse degraus de uma escada.
Mas o lago é um lago e não um poço. Nem sequer é fundo... é assim..tal e qual.
Aparece primeiro um bocado de roupa a flutuar, como se fosse alguém vestido com uma t-shirt enfunada pelo vento enquanto aparece a nadar, meio dentro, meio fora da água.
Depois a figura aproxima-se e nada da margem para o lago.
A seguir, e para sair, agarra na mão que se estende para ajudar e parece subir dois ou três degraus para conseguir sair da água e pisar a areia.
A areia junto à borda é fina e muito branca.
A impressão que dá, daqueles que estão em posição sentada, é que se levantam para ir ajudar e receber alguém conhecido. Porque a ordem é arbitrária.
E vão indo todos embora na direcção do horizonte, com reflexos azuis claros, brancos e lilases.
Sem palavras, nem sorrisos, nem explicações.
- Olha lá, isso foi um filme?
- Não sei! 
.
.

.
Imagem retirada da net
.

♪: Concerto nº2 para flauta - Mozart

publicado por eva às 08:46

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quinta-feira, 20 de Abril de 2006

Nenúfares do lago, com flores, muitas flores. E muitas cores por

20 de abril de 2006

Nenúfares do lago, com flores, muitas flores. E muitas cores por cima dos verdes nenúfares.
As suas raízes veêm-se na água, tão clara.
Peixes e sapos pequenos aparecem e desaparecem entre a água, as pedras e as plantas.
As pessoas passeiam e passam curiosas pelas bordas do lago.
As crianças são as mais entusiastas mas também as mais distraídas.

Os baloiços e escorregas, ao lado, estão à espera delas.
O sol faz, de tudo isto, um palco iluminado onde pessoas e animais se movimentam.
Loiças e cheiros apetitosos convidam para almoçar ali mesmo, nas mesas de madeira.
Chapéus de sol e árvores dão as sombras.
A luz do sol tudo purifica.
As cores são as mais nítidas. A vida, mais alegre e agradável.
O sol é uma carícia amorosa para todos, sem excepção.
Quando o dia parte, a lua tenta iluminar do mesmo modo, mas a sua luz é mais suave.
E em vez da vivacidade do dia, ela convida ao sonho e ao aconchego.
De dia como de noite a felicidade espreita sempre.
É bom confiar nela e deixá-la entrar na nossa vida.

publicado por eva às 16:58

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds