Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Má fortuna

. Um jardim

. Há sempre boas excepções

. Abraços

. Da justiça

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Sábado, 25 de Fevereiro de 2012

Má fortuna

- rros meus, má fortuna

- Fortuna? Pois se não tens nenhuma!

- Fortuna, aqui, quer dizer sorte. Não percebes nada disto, pois não?

- Essas literaturas cansam-me. Não servem para nada!

- Ignorância é o que é, mais as desculpas para ser ignorante!

- Não é preciso ofender. Só acho isso tudo uma baboseira pegada!

- Pois eu gosto, até me identifico com muitas personagens e suas histórias.

- Sonhos! A vida é para ser vivida em realidade, enfrentando, lutando…

- Lutando contra quem?

- Sei lá, quem ou o quê aparece para nos contrariar.

- Para contrariar o que achas justo, é isso?

- Pois, será, será!

- Mas, a justiça, afinal, o que é?

- Para mim é uma só, mas para outros não sei!

- Ora, pois…


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito

Sábado, 11 de Setembro de 2010

Um jardim

um sonho! O jardim do bairro perto de casa, ou um jardim em redor da própria casa é um conforto e um regozijo.

Sim, sim! Também acoberta os grupinhos mal-queridos pela vizinhança e que tudo destroem à sua passagem.

Enfim, como sempre, há quem desleixe, ou destrua, e há quem ame, ajude e valorize.

A cada um a responsabilidade de seus pensamentos e acções.

Sim, sim! Mesmo quando são influenciados pela energia do grupo, cabe a cada um a sua responsabilidade. Mas o menor ou maior grau de responsabilidade será diferente conforme a situação vivida individualmente.

- Assim como a justiça?

- A justiça é Divina. O que temos neste mundo, ou seja, a este nível de evolução, são um conjunto de regras, ou leis, que preconizam o seu cumprimento em igualdade de situações.

- Ah! Temos um projecto de justiça!

- Melhor que nada! E voltando ao jardim, é um must poder sentar num banco e desfrutar da paisagem, das brincadeiras de crianças, de todos os que vão passando e passeando. Escolher um livro e ir lendo, despreocupadamente.

Estar num jardim de modo solto – é uma maravilha!



publicado por eva às 23:51

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Há sempre boas excepções

stou a ler leis. Ou seja, deveres e direitos individuais e da sociedade.

- E então, qual é o problema?
- São gerais!
- A lei é geral e a interpretação do juiz é particular, conforme cada situação.
- Mas é isso que acontece?
- A cada um a sua consciência para com o seu trabalho.
- Ou com o seu posto de trabalho e a sua progressão?
- Cada um faz o que melhor entende e prefere.
- Cá para mim, sobra sempre o mais pequeno ou vítima.
- O mesmo se diria da polícia, que aguenta turnos fora de horas, esforços e risco de vida para apanhar este ou aquele em flagrante e assim poder cumprir o dever de defender os mais fracos. Depois… é assunto para advogados e juízes…
- E nem sempre os melhores esforços são coroados de êxito, nem as regras da sociedade e as leis são eficazes.
- A questão é sempre a mesma – depende da pessoa e do seu trabalho. Porque nas melhores condições há trabalhos pobres de dignidade humana e mesmo nas piores condições há trabalhos fantásticos. Há sempre boas excepções e é com os olhos postos nos melhores que arranjamos forças para acreditar e avançar em prol da humanidade e dos, realmente, mais desfavorecidos.
 

publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Domingo, 15 de Novembro de 2009

Abraços

 

Abraços calorosos à chegada e à partida.
São amigos há muitos anos e mesmo que não se revejam amiúde, há um enorme prazer fraternal nos encontros que se vão marcando.
O casal fica a sós e ele enlaça-a carinhosamente… Tão bom, quando o ritmo é o amor, o amor com pureza e despreocupado do mundo.
Porque a despreocupação do mundo também pode ser uma arrogância atroz de um por outros mais puros e simples nos seus sentires, nas suas atitudes.
Sempre que a singeleza e a pureza se aliam o ser é feliz – simplesmente feliz!
Feliz e harmonizado com o ambiente que o rodeia, seja esse ambiente hostil, ou seja puro também e radioso de luz e progresso espiritual.
Simplicidade não significa ignorância, ou não perceber as intenções menos positivas de outrem.
Simplicidade pode ser sinónimo de um nível evolutivo, de regeneração interior. Essa simplicidade é, então, a sublimação de estados e intenções menos dignificantes.
Essa simplicidade pode ser a escolha lúcida de quem não quer julgar ninguém, de quem não quer acusar ninguém, nem nada.
Não falamos do não acusar porque não está em situação de atirar a primeira pedra, porque tem compromissos com atitudes passadas. Mas falamos sim do não julgar, nem acusar, porque não tem esse direito sobre ninguém, porque não é superior a ninguém.
- Mas os Tribunais e juízes julgam as pessoas que nem conhecem…
- Mas esses não julgam as pessoas, julgam as coisas ou os crimes perante uma lei escrita por outros iguais a eles.
- Então a justiça…
- A Justiça é Divina. Os homens exercitam os direitos preconizados às pessoas perante uma lei, de abrangência nacional e internacional, conforme as situações. Pois como poderia ser de outro modo se os homens da lei são iguais à humanidade?
- Retomando o tema dos abraços, estes são demonstrações de carinho e muitas vezes valem mais que qualquer palavra que pudesse ser proferida. Eles simbolizam a compreensão e o entendimento, são amor em gestos simples.
- Também há abraços cínicos…
- Pobre de quem os dá, porque está desleixando uma oportunidade de carinho, de se regenerar e evoluir. Pobres os que ainda não atingiram esta compreensão de si mesmos – que amesquinham o seu próprio ser numa oportunidade de expansão de si. Pobres os que não sentem a paz que alguns actos deixam no coração de quem os pratica com pureza, e não entenderam ainda que as atitudes altruístas dão amplitude ao próprio ser assim como a tudo o que o rodeia, sejam outros indivíduos ou o ambiente onde se desenrola o acontecimento. Pobres os que não entenderam, nem sentiram, que vivemos em conjuntura com o todo universal.
 
Eva
.

 

Disse  Gilbert K. Chesterton:  E quando chover durante a tua caminhada, olha para cima e não para baixo. Sem a chuva, não haveria arco-íris !
.


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

Da justiça

Estamos habituados aos julgamentos em que se pretende fazer cumprir leis humanas e gerais para outros humanos acusados de não as cumprirem.
E assistimos a toda a espécie de incongruências de parte das acusações, de parte dos acusados e de quem julga.
Temos assistido a considerações de culpados a crianças e outros inocentes mais, sem qualquer poder que não seja a sua verdade.
E temos assistido a considerações de inocentes a adultos que bem sabem jogar com as leis e fazer prevalecer uma inocência perante essas leis. Conseguem criar situações que nada têm a ver com a verdade e, ainda menos, com a salvaguarda futura de outras pessoas e bens ao abrir precedentes.
A política, a capacidade financeira e, por vezes, as coincidências muito coincidentes ou, então, as sortes e azares de ter determinadas condições ou o facto de estar em lugar e tempos inconvenientes para a futura vítima são determinantes para que os termos requeridos de julgamento se façam com total impunidade legal.
As leis são para ser cumpridas conforme as situações que se elaboram para o efeito pretendido – acusação ou absolvição.
Contudo, quando não é mesmo possível alienar provas a outrem as leis prevêem ainda a inconstituição do processo ou a sua prescrição sem mais delongas.
E, para esta situação, é só deixar passar o tempo sem sequer olhar para o processo – porque às vezes a consciência pode tomar conta da mente…
Para os menos abonados da sorte neste mundo resta a esperança que, se nós somos e vivemos a cópia de um mundo perfeito, lá nesse mundo a verdade prevaleça em Leis perfeitas e, como tal, divinas.
A Esperança mantém o equilíbrio emocional e a saúde mental acima de toda alteração e das consequências individuais e sociais.
- Falamos da desmaterialização do ser?
- Também…
.
.

.

Fotografia da capa de "…and justice for all" dos Metallica
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Agostinho da Silva:  A justiça há-de ter por princípio e por fim o desejo de uma Humanidade melhor; no seu grau mais alto não a distinguiremos do amor !
.

.


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds