Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Do coração

. Escravidões

. Contextos

. Direcções

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Sábado, 7 de Novembro de 2009

Do coração

Todos temos um coração que, além da máquina que purifica e reflui a capacidade sanguínea do corpo, terá capacidades emocionais e sentimentais na sua câmara íntima, que nos habituamos a localizar nesse órgão físico.
Esta acepção dá-lhe condições para estabelecer ou uma negação de promover a felicidade do ser por mesquinhez, amarguras, ódios e enaltecimento do orgulho através de vinganças, ou uma amplitude regeneradora por carinho, benevolência, esquecimento voluntário de pretensas ofensas através da humildade e amor.
- Tudo isso num órgão tão pequeno do corpo?
- A verdade é que se diz, popularmente, que alguns há que pensam com o coração. Isto só é óptimo se o coração já reage bem, essencialmente à humildade e ao amor. Mas se reage a outras emoções tais que amesquinham os sentimentos mais sublimes – é uma catástrofe para a personalidade desse ser.
- Qual é a impressão que causa? É falta de paz interior?
- É falta de paz no coração e na mente, é um desassossego que, aparentemente, pode acalmar por concentração excessiva em objectivos de vingança ou em depressões amarguradas sobre a personalidade. Nem uma nem outra situação permitem o desabrochar do coração em flores de emoções construtivas e alicerces de sentimentos para o fortalecimento pessoal.
- Em termos práticos, não é feliz…
- O indivíduo não se sente feliz e não será capaz de estabelecer uma vida familiar feliz – a célula do relacionamento social – porque não pode partilhar com outros o que não tem para si próprio.

.
.

.
Fractal de Wayne Boucon - Paz interior
Imagem retirada da net
.
.
Disse  John Ruskin:  Nós podemos conquistar a nossa paz ou comprá-la. Conquistamo-la resistindo ao mal; compramo-la aceitando um compromisso com o mal !
.

.


publicado por eva às 18:05

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 11 de Março de 2009

Escravidões

Negócios e empresas. Trabalhos e empresas.
Um pouco por todo o mundo e graças à informação, mais ou menos livre, sabemos de toda a espécie de negócios com a mesma facilidade que sabemos das promoções de supermercados da região onde moramos.
O mesmo acontece em relação ao trabalho.
Por incrível que pareça há lugares/países em que se regateia o preço de horas extras e outros onde o ser humano nem como ser vivo é considerado.
Hoje, em 2009, há escravidões tão variadas quanto a inteligência humana consegue pôr em prática, sobretudo a crianças pequenas.
Hoje, a humanidade ainda não está humanizada, apenas está aproveitada.
- Olha ali – estão todos reunidos e humildemente quietos à espera.
- Mas esses já estão a salvo, ainda que não o tenham percebido. Os coitados já nem sabem se é dia ou noite, nem que idade têm ou qual é a sua condição.
- Pois se nem conseguem identificar nada…
- Identificar? Eles nem sabem o que são nem o que estão a fazer.
- É verdade, ainda nem conseguiram perceber que o seu auxílio já chegou. Mas, aos poucos, irão aprendendo que dentre os indivíduos há pessoas e pessoas maravilhosas.
- E como descobrir todos os que poderiam ser anjos?
- A nossa parte é fazermos o melhor de nós e termos a esperança e a fé que isso será mais uma gota necessária para a felicidade de outrem, que podemos nem conhecer.

.
.

.

Fotografia de Mike Wells
Imagem retirada da net

.
.

Disse  John Ruskin:  O escravo absoluto é o homem que se vendeu a si mesmo !

.
.


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

Contextos

Pessoas pré-concebidas são o que são!
Antes de acontecer, já pensaram e imaginaram as cenas todas como se fosse uma novela.
Depois acreditam tão fielmente em tudo o que imaginaram que conseguem criar, para si, uma realidade a partir dessas cenas.
A partir daí vão interpretar algumas banalidades como sendo a confirmação da sua novela imaginária.
Segue-se a facilidade em poder confirmar as cenas todas, pois tudo é identificado dentro dos parâmetros pré-concebidos.
Às vezes passam-se anos, e outras vezes nem sequer chegam a perceber o logro que criaram para si próprios.
Os outros que, por qualquer razão, fazem parte da dita novela ficam admirados com algumas atitudes estranhas e inoportunas dessa gente fantasista, mas, geralmente, nem chegam a desconfiar de nada.
E assim, os anos vão passando a julgar, ou melhor, a pré-julgar, pessoas e relações de modo erróneo.
Serão os melhores anos da juventude ou os piores da velhice, ou, até, a vida toda na vivência de uma realidade completamente fictícia para os demais.
E ninguém percebe o seu sofrer porque sofrem e alegram-se em relação ao mundo que criaram.
- Mas vivem normalmente entre os outros e são independentes, não é?
- Enfim, são aparentemente normalíssimos, dentro do contexto em que estiverem inseridos.

.
.

.

Scott Kahn - Mensagem
Imagem retirada da net

.
.

Disse  John Irving:  Nós inventamos o que amamos e o que tememos !

.
.


publicado por eva às 00:25

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Direcções

Areias brancas ou beges da praia.
Desenham-se formas de ondas em relevo, baixinhas e com covas ao meio que vão perfazer o redondo da primeira forma.
Agora aparecem pedras, como vidros pequenos, porque são tão finas que parecem translúcidas.
São todas de cor verde, de um verde-claro e esmeraldino.
Quando o Sol lhes bate ficam meio douradas – talvez por causa da areia onde estão pousadas.
Estas pedras ornamentam as tais covas e as ondulações do areal.
Então, as formas arredondadas ficam ainda mais bonitas e brilhantes.
Quase que formam palavras, na sinuosidade das formas.
- Olha, agora mesmo estão a ficar azuladas – mesmo do azul céu. E mais alongadas – em rectângulos irregulares. Também parecem apontar direcções novas.
- Pois, é assim pela vida também. A natureza está sempre a apontar-nos novas direcções, mas a maior parte das pessoas nem olha à sua volta…
- E porque será?
- Porque ainda não conseguem parar e observar o que os rodeia, nem percebem ainda como pertencem ao todo, sendo uma parte tão simples quanto importante. Mas um dia virá em que todos terão consciência das responsabilidades individuais pela região que habitam e pelo planeta onde vivem.
.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  John Donne:  Nenhum homem é uma ilha, completo em si próprio; cada ser humano é uma parte do continente, uma parte de um todo !
.
.
tags: , , ,

publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds