Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Todos temos qualidades qu...

. A soma das parcelas

. Consenso

. Cada um como cada qual

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quarta-feira, 28 de Setembro de 2011

Todos temos qualidades quase desconhecidas

ai ou mãe, todos temos qualidades quase desconhecidas que nos facilitam as tarefas que passamos a ter em mãos.

Há um não sei quê de algo que está em memória e nos alerta a cada instante do que é razoável fazer.

E de geração em geração, entre o instinto e a intuição, vão sendo geradas e criadas inúmeras espécies de vida.

A vida humana traz enormes contrastes de situações que poderiam ser simplesmente naturais. O intelecto nem sempre actua de modo moralizado.

Na natureza temos uma diversidade encantadora e que poderia ser mantida em natureza, em vez de ser trazida para cativeiro por coleccionadores de qualquer coisa que dê o rendimento esperado.

Em tudo é bom manter o respeito pelo outro, pelos outros.

Todos temos um lugar, mesmo com as notícias ameaçadoras do crescimento desusado.

Talvez o maior problema seja o desrespeito desusado.

O Sol continua a nascer para todos a cada alvorada.

Talvez possamos seguir-lhe o exemplo e tratar os assuntos com respeito, tolerância, mas também firmeza nos propósitos. Defendendo os mais infelizes e desamparados da depravação no quotidiano e não apenas nos filmes.

A integridade da moral e da bondade pode sempre singrar ajudada pela sensatez.

E o mundo amanheceria tão iluminado quão risonho e beatífico.


publicado por eva às 20:12

link do post | comentar | favorito

Domingo, 4 de Setembro de 2011

A soma das parcelas

erços, quartos, oitavos, rodas, etc.

Objectos e instrumentos que os homens se munem para conseguirem concentrar-se.

Ou no trabalho ou na religiosidade.

Em tudo isto o intelecto e a mente progridem.

Pelo trabalho progride o homem.

Pela moral se eleva espiritualmente.

Cuidemos de tudo porque a soma das parcelas fará sempre o resultado do total.

Em cada vida, em cada episódio da existência, saibamos extrair os melhores ensinamentos. Pois estes são os promotores de progresso individual.

E como a família é a célula estrutural das sociedades, assim o indivíduo que se eleva espiritualmente é a célula promotora e exemplar do que se pode conseguir a nível da personalidade.

O progresso deve permear tudo e todos.

O mundo, o planeta, são correlativos connosco.

A responsabilidade é mútua e recíproca.

É bom, é útil e benéfico encontrar os elos de ligação entre nós mesmos e o mundo.


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 4 de Maio de 2010

Consenso

- oc Noc… Cá estou!

- Já não era sem tempo!

- Porquê? Faltava animação de conjunto?

- Pois, é que isoladamente não tem tanta piada. O intelecto trabalha sozinho e sisudamente, sem passar palavra, vai raciocinando e elaborando os conceitos lá dele. Os sentimentos estão mais emocionais que nunca; e a pobre da consciência não sabe como coadunar todos estes com as memórias que tem e pode entrar, a qualquer momento, em apatia política.

- Ora, só me distraí um pouquinho. Mas já cá estou e vou juntá-los a todos para uma reunião de consenso.

- No mínimo!

- Pois, nada de depressões nem histerias! Tudo em prol da serenidade.

- Ora essa, mas quem acha piada à tal serenidade? É muito melhor o entusiasmo bem sentido, assim como os opostos quanto mais contraditórios possível.

- Pois, pois…

- Quanto a mim, intelecto, só preciso de mim e das minhas partes para trabalhar, o resto só confunde e dispersa.

- É um deserto bem seco de emoções, é o que ele é!

- Bem, vamos lá perceber que todos devemos trabalhar em conjunto e equilibradamente, senão este sujeito ainda vai parar ao hospital ou, pior ainda, a um manicómio e nenhum de nós lhe pode valer nem fazer seja o que for porque ficamos todos adormecidos.

- Credo! Que ideia!

- Estamos de acordo? Então vamos lá equilibrar o sistema nervoso, mais os restantes deste tipo, que já entrou em desvario mental há algum tempo…

- Há tempo demais, digo eu!

- Sinto muito, mas o tempo deve ser sempre o tempo justo. Às vezes faltam as forças e o fôlego antes de se poder ver o fim da trama.

- Qual trama?

- A vida e as suas ilusões, qual havia de ser?

 


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 14 de Março de 2007

Cada um como cada qual

14 de março de 2007

- As árvores crescem sempre para cima.
- Não só as árvores. Geralmente, tudo se desenvolve na direcção do sol; logo, é para cima.
- Há arbustos e trepadeiras que é para onde for. Tanto rasteiram pelo chão - metros e até quilómetros - como sobem ou descem muros, de modo a serem como que uma cobertura.
- É verdade, mas sempre na direcção do sol e, no caso de se prenderem com ganchos ou outros, até encontrarem água, porque as suas raízes podem não ser muito fortes para isso.
- As árvores é que sobem na vertical da sua raiz.
- Há uns dizeres antigos que reflectem essa verticalidade das árvores, comparando-a à integridade que se deve ter pela moral, sendo o sol e o céu o objectivo a alcançar.
- Daí também o dito "as árvores morrem, mas morrem de pé", querendo significar a nobreza moral e a coragem.
- Engraçado, estas comparações com a natureza para exemplo a seguir pelos homens, e não o contrário.

- Isso tem a ver com as possibilidades da inteligência humana. Tanto dá para se melhorarem pelas qualidades lustradas pelo intelecto que as defende, ao racionalizá-las, como simplesmente prevalecem por evolução natural.
Assim como também dá para usarem a inteligência no apuramento de resultados destrutivos. Primeiramente, destruindo os alvos do seu descontentamento (mais do que do seu desgosto) e depois na auto-destruição: deixando de viver para o gozo feliz do dia-a-dia, para dedicar os dias, e até as suas noites, a tecer vinganças, com todos os pormenores.
- Bom, mas isso só prova que cada um gasta a sua vida como quer.
- Pois é mas, por vezes, dá pena.
- Mas cada um decide de si.
É da sua liberdade de viver que se trata.

publicado por eva às 22:16

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds