Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Pão fresco

. Idosos

. Sentimentos

. Velhice

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quarta-feira, 2 de Maio de 2012

Pão fresco

- á ‘tou eu!

- Olá, bom dia!

- Bom diaaaaaa!

- É muito bom tê-la cá em casa, sempre tão animada. Para uma velha, como eu, isso parece milagre…

- Velha não, velhinha muito querida! Quantas pessoas assim existem por aí? Porque tenho eu a sorte de poder cuidar de alguém como a senhora e ainda ganhar para as minhas despesas?

- Ohhhh!

- Verdade que sim. Para estar aqui consigo eu estou por gosto e os seus filhos ainda me pagam para isso. Assim tenho para os transportes, para a minha comida, roupa, sapatos e até pude comprar no outro dia o traje de estudante. Trouxe-o para ver, quer vê-lo agora?

- Mostre, minha querida! Então, não o veste? Como quer que veja como fica?

- A ideia era ver o traje… mas concordo e vou já vestir…

- Fica-lhe tão bem! Ainda bem que o pode comprar. Olhe, goze-o com muita felicidade!

- Obrigada e a senhora poderia ser minha madrinha, não poderia?

- Não, querida, já não tenho idade para isso, escolha alguém da sua idade…

- Só se for a minha irmã…. Vou ver. Bem, volto já e trago-lhe o pão fresquinho como gosta.

- Até já!


publicado por eva às 13:27

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Julho de 2008

Idosos

Ela estava a mudar a pele.
Ninguém sabe onde viveu até agora, nem como.
Mas o estado de sujeira era tal que só óleos medicinais ajudavam a mudar a pele.
Diz que tem frio e encolhe-se. Depois acalma quando ouve as palavras carinhosas das enfermeiras e empregadas.
Olha para tudo cheia de espanto – para a cama, as roupas, a comida…
Não se percebe a idade que tem, mas parece 50-60 anos e talvez seja alourada – o seu estado não permite perceber estes «pormenores».
Hoje em dia, os mais idosos são uma situação social preocupante.
Os filhos e família não podem cuidar deles – pelos horários a cumprir, pelas responsabilidades que tomaram ao formar a sua família, etc., etc.
Outros não querem – pura e simplesmente.
E os idosos não têm como sobreviver na sociedade que nem os vê.
E aos que ainda percebem o que lhes está a acontecer, que se lhes pode dizer?
Para quê trabalharam tanto?
Para quê criaram os filhos?
Para quê ajudaram os netos?
Não foi à espera de retorno com certeza, mas se calhar também não foi para os ignorarem.
Acho que deve ter sido para cumprir as suas responsabilidades e por amor – muito amor.
E amor assim… onde há mais?
.
.
.
Museu do Louvre - Autor desconhecido
.
.
Disse  Friedrich Schiller:  Não é a carne e o sangue que faz de nós pais e filhos, mas o coração !
.
.

publicado por eva às 08:53

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sábado, 29 de Dezembro de 2007

Sentimentos

Idosos e cuidados que são necessários para eles.
São os remédios em grande quantidade.
São os colchões e protecções anti-escaras.
São as casas a temperaturas constantes por causa dos problemas respiratórios.
São as vacinas, ginásticas e fisioterapias.
São as "aulas" de música e teatro para se manterem activos e alegres.
São os jogos de mesa como damas, xadrez ou dominó, que entretêm e ajudam à concentração e raciocínio.
Em tudo, a preocupação é manter a alegria de viver.
Porque é essa que, nesta altura da vida, tem o papel preponderante.
Isto porque a maior parte perdeu o grande afecto das suas vidas - normalmente a esposa ou o esposo.
Porque os filhos já há muito tempo que vivem independentes sem precisar de nada.
Porque os netos também já vão tendo os seus próprios afazeres, especialmente nos estudos.
E porque a grande maioria deles não quer sentir-se dependente dos filhos mas, pelo contrário, continuar a sentir que são o seu apoio.
Quando finalmente se apercebem que isso já não é possível, quando as ideias os alheiam para muito longe, então sentem mais vontade dos cuidados, da aproximação familiar.
- Isso é orgulho? Ou querer manter a seu status na família?
- É mais, muito mais. É querer sentir-se válido para auxiliar os mais novos, que vieram depois deles e sob a sua responsabilidade.
Porque essa protecção passou a fazer parte dos seus sentimentos, do seu modo de ser.
.
.

.
Idosos a praticar Tai Chi 
(Imagem retirada da net)
 
.

♪: Toca o Sino (Jingle Bells)

publicado por eva às 21:37

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Velhice

7 de novembro de 2006

Ele esperou tantos anos.

Já velho, de visita aos pais, ouviu - apenas pela terceira ou quarta vez - dos seus pais, que gostavam da sua visita.
Que lhes fazia bem vê-lo porque gostavam dessa presença.
E porque lhes lembrava o tempo da sua criação.
A velhice tem coisas destas: no meio do imenso olvido, surgem com nitidez as recordações dos tempos.

No fundo, dos tempos mais importantes.
Os tempos em que se cria a sua própria família.

Os tempos em que se fazem também os maiores sacrifícios - físicos e financeiros.
Mas parece que são também os tempos mais felizes.
O tempo das traquinices dos filhos. Das escolas e do seu futuro.
Todos caminhamos para velhos mas nem sequer imaginamos como será.
Ele gostou de ouvir e devolveu o cumprimento. Era bom tê-los vivos.

Bonitos e arranjados, mesmo que tão estragados pela idade, nos seus movimentos e juízo.
Era bom poder visitá-los e senti-los ali, em segurança, e vivos.
Detestava cemitérios e aquelas romarias de flores.
Evidentemente que tinham de estar num sítio mas, às vezes, lembrava-se dos costumes antigos de enterrar os mortos nas suas terras.

E, tinha de reconhecer, parecia-lhe melhor. Ficavam, como dizer... em casa.
Percebia que hoje isso não tinha cabimento. Socialmente era diferente.
Mas em relação à sua família, tinha todo o sentido.
Progresso e evolução ou simplesmente alterações dos tempos.
Sobretudo, diferenças de opinião.

publicado por eva às 13:48

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds