Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

02
Mai12

Pão fresco

eva

- á ‘tou eu!

- Olá, bom dia!

- Bom diaaaaaa!

- É muito bom tê-la cá em casa, sempre tão animada. Para uma velha, como eu, isso parece milagre…

- Velha não, velhinha muito querida! Quantas pessoas assim existem por aí? Porque tenho eu a sorte de poder cuidar de alguém como a senhora e ainda ganhar para as minhas despesas?

- Ohhhh!

- Verdade que sim. Para estar aqui consigo eu estou por gosto e os seus filhos ainda me pagam para isso. Assim tenho para os transportes, para a minha comida, roupa, sapatos e até pude comprar no outro dia o traje de estudante. Trouxe-o para ver, quer vê-lo agora?

- Mostre, minha querida! Então, não o veste? Como quer que veja como fica?

- A ideia era ver o traje… mas concordo e vou já vestir…

- Fica-lhe tão bem! Ainda bem que o pode comprar. Olhe, goze-o com muita felicidade!

- Obrigada e a senhora poderia ser minha madrinha, não poderia?

- Não, querida, já não tenho idade para isso, escolha alguém da sua idade…

- Só se for a minha irmã…. Vou ver. Bem, volto já e trago-lhe o pão fresquinho como gosta.

- Até já!

14
Jul08

Idosos

eva
Ela estava a mudar a pele.
Ninguém sabe onde viveu até agora, nem como.
Mas o estado de sujeira era tal que só óleos medicinais ajudavam a mudar a pele.
Diz que tem frio e encolhe-se. Depois acalma quando ouve as palavras carinhosas das enfermeiras e empregadas.
Olha para tudo cheia de espanto – para a cama, as roupas, a comida…
Não se percebe a idade que tem, mas parece 50-60 anos e talvez seja alourada – o seu estado não permite perceber estes «pormenores».
Hoje em dia, os mais idosos são uma situação social preocupante.
Os filhos e família não podem cuidar deles – pelos horários a cumprir, pelas responsabilidades que tomaram ao formar a sua família, etc., etc.
Outros não querem – pura e simplesmente.
E os idosos não têm como sobreviver na sociedade que nem os vê.
E aos que ainda percebem o que lhes está a acontecer, que se lhes pode dizer?
Para quê trabalharam tanto?
Para quê criaram os filhos?
Para quê ajudaram os netos?
Não foi à espera de retorno com certeza, mas se calhar também não foi para os ignorarem.
Acho que deve ter sido para cumprir as suas responsabilidades e por amor – muito amor.
E amor assim… onde há mais?
.
.
.
Museu do Louvre - Autor desconhecido
.
.
Disse  Friedrich Schiller:  Não é a carne e o sangue que faz de nós pais e filhos, mas o coração !
.
.
29
Dez07

Sentimentos

eva
Idosos e cuidados que são necessários para eles.
São os remédios em grande quantidade.
São os colchões e protecções anti-escaras.
São as casas a temperaturas constantes por causa dos problemas respiratórios.
São as vacinas, ginásticas e fisioterapias.
São as "aulas" de música e teatro para se manterem activos e alegres.
São os jogos de mesa como damas, xadrez ou dominó, que entretêm e ajudam à concentração e raciocínio.
Em tudo, a preocupação é manter a alegria de viver.
Porque é essa que, nesta altura da vida, tem o papel preponderante.
Isto porque a maior parte perdeu o grande afecto das suas vidas - normalmente a esposa ou o esposo.
Porque os filhos já há muito tempo que vivem independentes sem precisar de nada.
Porque os netos também já vão tendo os seus próprios afazeres, especialmente nos estudos.
E porque a grande maioria deles não quer sentir-se dependente dos filhos mas, pelo contrário, continuar a sentir que são o seu apoio.
Quando finalmente se apercebem que isso já não é possível, quando as ideias os alheiam para muito longe, então sentem mais vontade dos cuidados, da aproximação familiar.
- Isso é orgulho? Ou querer manter a seu status na família?
- É mais, muito mais. É querer sentir-se válido para auxiliar os mais novos, que vieram depois deles e sob a sua responsabilidade.
Porque essa protecção passou a fazer parte dos seus sentimentos, do seu modo de ser.
.
.

.
Idosos a praticar Tai Chi 
(Imagem retirada da net)
 
.

07
Nov06

Velhice

eva
7 de novembro de 2006

Ele esperou tantos anos.

Já velho, de visita aos pais, ouviu - apenas pela terceira ou quarta vez - dos seus pais, que gostavam da sua visita.
Que lhes fazia bem vê-lo porque gostavam dessa presença.
E porque lhes lembrava o tempo da sua criação.
A velhice tem coisas destas: no meio do imenso olvido, surgem com nitidez as recordações dos tempos.

No fundo, dos tempos mais importantes.
Os tempos em que se cria a sua própria família.

Os tempos em que se fazem também os maiores sacrifícios - físicos e financeiros.
Mas parece que são também os tempos mais felizes.
O tempo das traquinices dos filhos. Das escolas e do seu futuro.
Todos caminhamos para velhos mas nem sequer imaginamos como será.
Ele gostou de ouvir e devolveu o cumprimento. Era bom tê-los vivos.

Bonitos e arranjados, mesmo que tão estragados pela idade, nos seus movimentos e juízo.
Era bom poder visitá-los e senti-los ali, em segurança, e vivos.
Detestava cemitérios e aquelas romarias de flores.
Evidentemente que tinham de estar num sítio mas, às vezes, lembrava-se dos costumes antigos de enterrar os mortos nas suas terras.

E, tinha de reconhecer, parecia-lhe melhor. Ficavam, como dizer... em casa.
Percebia que hoje isso não tinha cabimento. Socialmente era diferente.
Mas em relação à sua família, tinha todo o sentido.
Progresso e evolução ou simplesmente alterações dos tempos.
Sobretudo, diferenças de opinião.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D