Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Dos sentidos

. Da precaução

. Da consciência lúcida

. Exames

. A peneira

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

Dos sentidos

O ouvido e a audição têm reacções semelhantes com os outros denominados sentidos. E, por isso, a estes órgãos também se lhes aplica o ditado popular – ouve melhor quem quer ouvir, do que quem pode.
E quando chegamos a este estado de lucidez, de comparar o que somos e o que queremos ser, atingimos um nível acima de progresso.
- Que progresso? Continuo na mesma, com uma vida tão insípida quanto antes, apesar de ter tudo o que quero e o que o dinheiro pode comprar. Ou seja, tudo e todos!
- Falo do progresso interior, aquilo que o traz a este gabinete, que lhe está a dar outra percepção da vida, outro rumo, outra direcção, outro acerto e outra velocidade. Todos pretendemos sempre o mesmo – rumar à paz e à felicidade. Mas vamos viajando no meio de escolhos, que pressentimos ou escolhemos.
- Não faz mal, o caminho é sempre em frente, sem duvidar, sem cessar – não é o que diz?
- Mas o tipo de caminho e de caminhar diferem…

.
.

.

Imagem retirada da net
.
.
Disse  Heráclito de Éfeso:  Se a felicidade consistisse nos prazeres do corpo, deveríamos proclamar felizes os bois, quando encontram ervilhas para comer !
.

.


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Novembro de 2009

Da precaução

Saber, conhecer, etc., as coisas que precisamos para trabalhar – uma opção comum à maioria dos que trabalham.
Saber, conhecer aqueles com quem convivemos diariamente, com a nossa família mais íntima e a nós mesmos, em todas as vertentes que temos de personalidade – uma opção que nem sempre é percebida como opção e, ainda menos, como essencial à evolução da nossa personalidade individual.
Saber e conhecer tudo o que nos rodeia e a nós mesmos – analisando conscientemente o que pensamos, falamos e fazemos. E o que falamos e fazemos sem pensar (!)
- Hã?
- Quantas vezes achamos que quem disse aquilo, ou fez aqueloutro, não podíamos ser nós mesmos?
- São os nossos repentes?
- Mas porque temos esses repentes, como dizes? Porque nos deixamos influenciar tanto que nem nos identificamos com algumas atitudes nossas que, efectivamente, pomos em prática?
- Algumas até conseguem enojar-nos, mas fizemo-lo…
- Então? Que influências deixamos que tomem conta de nós?! Sejam quais forem os nossos ímpetos, podem deixar de o ser. Mas para isso, torna-se necessário deixar a consciência actuar de modo lúcido por força da vontade.
- Que queres dizer?
- É necessário que a cada vez que esta ou aquela atitude, estas ou aquelas palavras não sejam reconhecidamente nossas, sejam percebidas e estudadas com lucidez e precaução.
- Precaução?
- Precaução de quem pisa esse terreno escorregadio pela primeira vez…
- Que terreno?
- O terreno da consciência viva em nós por nossa vontade e do discernimento de nós em nosso ser.
- Ou seja?
- Ou seja, reconstituir os pensamentos que nos fogem à velocidade da luz quando os queremos agarrar e reconhecer, e talvez lastimar, a falta de concentração que temos no verdadeiro eu de nós mesmos.

.
.

.
Salvador Dali - Os dois arlequins
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Heráclito de Éfeso:  Mesmo percorrendo todos os caminhos, jamais encontrarás os limites da alma, tão profundo é o seu Logos !
.

.


publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009

Da consciência lúcida

Sonhamos e desejamos sintonias com planos mais elevados de consciência.
Desejamos e tentamos, por diversos modos, a reunião com outros que julgamos mais elevados que nós.
Contudo, são poucos os que se querem elevar por si e em si mesmos. E acontece também que, ao julgarem-se erroneamente, podem escolher, precisamente, os que não são as direcções nem os caminhos elevados.
Essa reunião, para ser possível em estado de Graça é necessário estar já em estado de voo para os lugares mais elevados.
A reunião dá-se por merecimento e por acerto de direcção, de canalização de energias para determinado nível espiritual e não por desejar, ou evocar, ou invocar, tal vontade…
O indivíduo deve estar já posicionado moral e eticamente nessas direcções, porque senão os seus desejos são aproveitados noutras direcções, mais baixas, e tudo será um ledo engano. E o seu resvalar poderá vir a ser contínuo e agravado a cada instante.
Cuidado, pois, com o que se deseja de modo descontrolado da razão e da lucidez, das possibilidades que não foram trabalhadas com muito amor e abnegação.
A personalidade de cada um merece todo o trabalho possível e até ao raiar do que parece impossível, com toda a humildade do nosso ser.
Então o caminho já estará acertado e aberto à promoção do ser; trata-se, apenas, de se permitir caminhar por ele, como uma criança que ensaia os primeiros passos periclitantes e olhando para o auxílio de braços carinhosos, que atentamente esperam esse ser na luz maravilhosa do despertar da consciência lúcida…
- Isso é possível a qualquer pessoa?
- É possível para todos os que se apliquem em esculpir a sua personalidade-base em qualidades e virtudes que considere divinas e que queira transfigurar, transubstanciar para si mesmo. Essa transformação está, pois, ao alcance de todos e do entendimento lúcido.

.
.

.
Vincent Van Gogh (inspirado em Jean-François Millet)
Os primeiros passos
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Heráclito de Éfeso:  A todos os homens é permitido o conhecimento de si mesmos e o pensamento correcto !
.

.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 31 de Outubro de 2009

Exames

Vamos imaginar que estamos num exame oral, dos antigos.
Isto é, que temos, aproximadamente, 10 minutos para mostrar o que aprendemos no último ano, a bagagem da nossa cultura em termos globais, a capacidade do nosso entendimento e dialéctica, assim como a velocidade de raciocínio e de re-conjuntura estrutural dos nossos conhecimentos perante a resposta solicitada.
- Já agora, convém não esquecer que era isso tudo à frente de professores que, geralmente, nos amedrontavam e que não conhecíamos, à excepção de um – o nosso, do ano lectivo.
- Exactamente! E isso era uma prova exigentíssima para quem estudava ou por quem era responsável por si e pelo seu saber.
- Mas lembras isso porquê? Era uma prova simplesmente horrível pela sobrecarga de nervos que implicava, a ponto de muitos, sabendo perfeitamente a resposta, sofrerem de uma amnésia ou mudez imediata e compulsiva, que não lhes permitia qualquer hipótese de responder em tempo útil.
- Pois, pois… Era uma lástima ver bons e conscienciosos estudantes falharem, mas também era agradável ver e ouvir outros tão aproveitadores dos estudos feitos. Enfim, era uma prova de 10 minutos para decidir o futuro…
- Mas a que vem essa lembrança?
- Vem a propósito de me perguntares o que é para mim a vida. Pois, a vida é para mim um exame que decorre em minutos, se pensarmos na eternidade do espírito ou na existência infinita do ser. Nesses minutos, que para nós são 50 a 80 anos em média, estamos confinados a um determinado espaço e corpo físico. Além de milhares de condições e condicionalismos que nos são dados, temos que prestar prova de exame das nossas capacidades e conhecimentos a cada dificuldade e da nossa humildade a cada sucesso, tudo muito bem temperado com Amor.
- Achas? Parece uma história-base de ficção…
- Imagina então que estamos como num cenário, em que os adereços são os problemas e vicissitudes do nosso passado, que ali aparecem para provarmos que já não os resolvemos agora como anteriormente e que os resolvemos de melhor modo – para nós, para os outros intervenientes da situação e do processo, assim como respeitosamente para todo a ambiente natural que nos rodeia. Todos e tudo faz parte de uma criação magnífica, que tem leis muito próprias a regê-la. Leis essas que são para se cumprir e que o Amor ajuda e incita a resolver correctamente.
- Então o amor…?
- O amor não tanto, mas o Amor – esse é a maior força do universo, a mais poderosa lei cósmica que existe e que nos subsidia a evolução…

.
.

.
Rafael - Pormenor de A Escola de Atenas
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Heráclito de Éfeso:  Não nos banhamos duas vezes na mesma corrente do rio !
.

.


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

A peneira

Às vezes passamos por pessoas tão importantes e… não lhes damos qualquer atenção.
Por vezes, lidamos com pessoas de uma humanidade excepcional e… não lhes damos importância.
Outras vezes, damos demasiado valor a quem ainda não tem nada de especial para dar.
Tantas e tantas vezes acontecem estes momentos, ou longos períodos, de insensatez ou de confusão.
Seria tão mais fácil se exercêssemos juízos de valor em relação às situações, e não para com os outros.
Mas, instintivamente, reagimos. Como que sentimos na pele a vibração dos outros seres.
E tantas ocasiões são as enganosas, como outras tantas são as acertadas.
Mais uma vez o bom senso, a relatividade das coisas levam ao meio-termo, para uns, ou ao caminho do meio, para outros.
Viver segundo o óctuplo de rectidão poderá ser um guia para ultrapassar os problemas da vivência.
A vida de cada ser é tão mais rica quanto mais experiências ultrapassar na correcção das suas atitudes.
- Isto será alcançar a felicidade?
- Pelo menos será o passaporte para ela.
- Queres dizer: a peneira!
.
.
.

Malvin Skulbru - O Caminho do Meio
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Heráclito:  O caminho usado para descer também serve para subir !
.
.

publicado por eva às 00:25

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds