Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

01
Abr10

Fortuna e afortunado

eva

ortuna e afortunado – eis um trocadilho a que a linguagem se presta.

Geralmente associamos o termo fortuna a dinheiro e posses. E associamos o termo afortunado a felicidade.

Se observarmos que o prefixo a pode significar o contrário, temos que a felicidade não se rende à fortuna.

- Ai, ai! Mas ajuda muito e o resto é conversa fiada!

- Sem dúvida que tudo depende do uso que se faz à fortuna, assim como do modo como se enfrentam as dificuldades, etc.

O que temos e o que nos faz falta têm a influência e importância que lhes dermos em conformidade com o modo como vivemos a vida, nos seus mais variados aspectos.

Afortunados, somos todos os que somos capazes de ser felizes nos bons momentos, assim como de enfrentar com coragem e firmeza o dia-a-dia.

A vida é uma miscelânea de tudo. Nós também!

Poderemos, então, aprender como viver melhor a cada momento. Cada instante é uma possibilidade de aprender. Aprender a sermos sozinhos, ou a criar e proteger um grupo, a conversar e a ficar calado, a nutrir a paciência e a abnegação.

Aprender a viver ultrapassando a cada vez as nossas metas e as possibilidades um dia sonhadas.

- Queres dizer – aprender a ter êxito.

- Quero dizer aprender connosco, em simbiose e unidade.

 

06
Nov09

Ontem, hoje, amanhã

eva

Todos vivemos a cada dia um dia futuro.
Alguns vivem-no como se fosse o único dia de suas vidas, com toda a intensidade possível, a nível de emoções e a nível de dedicação.
Outros vivem-no por meio das lembranças dos tempos anteriores, em que sentiram felicidade.
Outros vivem-no projectando as suas esperanças num tempo futuro em que as contrariedades de hoje estarão ultrapassadas, e seguindo o lembrete religioso que tudo passa por baixo do céu no tempo que lhe foi prescrito. Ou, segundo o ditado popular, que tudo passa, o mau e o bom, rodando sempre na roda da fortuna.
Enfim, de um modo ou de outro, todos temos a noção que caminhamos numa linha temporal, em que as coisas mudam constantemente.
- E qual é o elo dessa mudança?
- Somos nós mesmos, com as nossas atitudes, complexos e amplexos, mas sobretudo com a nossa esperança de que tudo pode mudar para melhor. A diferença maior está em pensar que essa possibilidade é exterior a nós, ou interior e que somos nós a construí-la.
- Hã?
- Temos em nós os condicionalismos do que pensamos e das acções que escolhemos tomar no passado. Assim como temos em nós, presentemente, a possibilidade de livre-decidir, ou livre-arbítrio, com ética, ou não, as atitudes que tomamos. Ao tentar corrigir os pensamentos, moralizando-nos, estamos a dirigir o nosso futuro, do mesmo modo que o passado nos condiciona os passos.
- Então não temos culpa do que vivemos porque isso já está pré-destinado?
- O que vivemos foi-nos infligido pelo nosso comportamento anterior, mas temos sempre ao dispor a possibilidade de resolvermos os problemas de modo mais altruísta que alguma vez fomos.
- E são essas novas posturas éticas que ditam o futuro de cada um?
- Conforme modifiquemos, ou amarguremos, ou projectemos novas atitudes assim estruturamos o futuro a cada instante do presente.
- Ahh! Isso é agradável!
- Isso é possível!
.
.

.
Imagem retirada da net 
. 
.
Disse Pe. António Vieira: Se no passado se vê o futuro, e no futuro se vê o passado, segue-se que no passado e no futuro se vê o presente, porque o presente é futuro do passado, e o mesmo presente é o passado do futuro !
.

.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D