Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Fiama Hasse Pais Brandão ...

. De braço dado

. Pela estrada, de terra ba...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Domingo, 18 de Outubro de 2009

Fiama Hasse Pais Brandão # Estrada de Fogo

.
Pedra a pedra a estrada antiga
sobe a colina, passa diante
de musgosos muros e desce
para nenhum sopé;

encurva, na abstracta encruzilhada;
apaga-se, na realidade. Morre
como o rastilho do fogo,
que de campo em campo aberto

seguia, e ao bater na mágica cancela
dobrava a chama, para uma respiração,
e deixava o caminho do portal
incólume e iniciado.
.
 
in "Três Rostos - Ecos"
de Fiama Hasse Pais Brandão
.
.
Disse  Fiama Hasse Pais Brandão:  O que nos chama para dentro de nós mesmos é uma vaga de luz, um pavio, uma sombra incerta !
.

.


publicado por eva às 12:13

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009

De braço dado

Ela estava com um vestido branco, de corte largo, no cimo do monte.
O marido ia ter com ela e trajava de escuro.
Ela sentia-se feliz, mas ele não tinha compreendido o que lhe acontecera e, pelo contrário, sentia-se triste.
Alegrou-se ao vê-la outra vez e admirou-a – ela estava como nos bons velhos tempos em que eram jovens e cheios de planos para a família que formavam.
Ainda bem, porque recordava constantemente, e com muita angústia, o aspecto dela na cama do hospital e tão doente.
A coisa boa, desse tempo, foi os médicos terem conseguido dar-lhe remédios que lhe tiraram as dores. Era o seu consolo.
Mas o que era isto que via, então?
A sua querida (Oh! Tão querida) esposa, ali, cheia de alegria e tão radiosa de luz e flores. E que era essa brisa que sentia e que a ela fazia esvoaçar os cabelos e o vestido?
Que era isto tudo?
Ela parecia falar tanta coisa, mas ele só via o movimento dos lábios e aquele brilho dos olhos que tanto amou e tanta felicidade lhe mostraram ao repartirem, juntos, tantos anos de vida comum.
Benditos anos foram esses!
Ela parecia querer mostrar-lhe agora um caminho (?) para as estrelas.
E no céu escuro da noite ele viu desenhar-se uma estrada, em rampa, com aquelas flores que rodeavam a esposa e que foram atapetar não só esse caminho como também as bordas.
Ela também lhe apontava para baixo, para a encosta do monte onde estavam e ele viu os filhos e netos.
Lembrou-se de lhes acenar e dizer adeus, sem saber bem porquê.
Não fez mal, porque eles não demonstraram vê-lo nem entender o que lhes disse.
E… já iam, de braço dado, como antigamente, pela tal estrada…
FIM

- Que dramalhão! Não sei se gostei…
.
.

.

Harald Oscar Sohlberg - Reflexos
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Henri Bergson:  A vida é um caminho de sombras e luzes. O importante é que se saiba vitalizar as sombras e aproveitar a luz !

.
.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quinta-feira, 6 de Abril de 2006

Pela estrada, de terra batida e empoeirada. O sol forte a encher tudo

6 de abril de 2006

Pela estrada, de terra batida e empoeirada. O sol forte a encher tudo de luz e calor.
Não posso olhar para trás senão não consigo avançar, fico presa em pormenores.
E eu já sei que, mais tarde, nem pormenores sequer serão.
Mas também sei que agora eles teriam força para me travar e até voltar atrás.
A vida também é sempre em frente. Os segundos, os minutos, o micro-tempo segue sem a tentação de parar ou pensar.
É esse o seu objectivo, seguir sempre para o futuro. Não vacilar.
A estrada apresenta arbustos pelas bermas. Primeiro, muito espaçados. Agora, mais juntos e, no horizonte, a cor é mais verde.
Deve haver água perto. O calor é muito.
Também a satisfação de ainda continuar a caminhar em frente.
Entretive-me com os pensamentos e já ali está o meu ponto de repouso.
Parece um oásis depois de um deserto.
A alma também fica sequiosa depois do deserto das sensações.
O lugar ao sol conquista-se e tem mesmo muito sol.

publicado por eva às 20:41

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds