Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Desejos comuns

. Dos sentidos

. João de Deus # O Dinheiro

. Dinheiros e integridade

. O dinheiro e a liberdade

. Uma criança pequena que

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Domingo, 5 de Junho de 2011

Desejos comuns

az, amor, saúde, felicidade.

São os desejos comuns

Dinheiro e elevada posição social

São as ambições comuns

Vontade de fazer trabalhos

De boa qualidade

Vontade de repartir os bens

Por outros menos favorecidos

São os desejos de alguns.

Entre os ricos e os pobres

Que houve e sempre há

Também foi sempre notado

A partilha

De quem mais tem pelos outros

Seja essa partilha

De conhecimentos

Seja de entreajuda

Afinal

É desse equilíbrio que se observa

A verdadeira igualdade.

A decisão

Essa!

É antes de mais, pessoal.

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

Dos sentidos

O ouvido e a audição têm reacções semelhantes com os outros denominados sentidos. E, por isso, a estes órgãos também se lhes aplica o ditado popular – ouve melhor quem quer ouvir, do que quem pode.
E quando chegamos a este estado de lucidez, de comparar o que somos e o que queremos ser, atingimos um nível acima de progresso.
- Que progresso? Continuo na mesma, com uma vida tão insípida quanto antes, apesar de ter tudo o que quero e o que o dinheiro pode comprar. Ou seja, tudo e todos!
- Falo do progresso interior, aquilo que o traz a este gabinete, que lhe está a dar outra percepção da vida, outro rumo, outra direcção, outro acerto e outra velocidade. Todos pretendemos sempre o mesmo – rumar à paz e à felicidade. Mas vamos viajando no meio de escolhos, que pressentimos ou escolhemos.
- Não faz mal, o caminho é sempre em frente, sem duvidar, sem cessar – não é o que diz?
- Mas o tipo de caminho e de caminhar diferem…

.
.

.

Imagem retirada da net
.
.
Disse  Heráclito de Éfeso:  Se a felicidade consistisse nos prazeres do corpo, deveríamos proclamar felizes os bois, quando encontram ervilhas para comer !
.

.


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Domingo, 29 de Março de 2009

João de Deus # O Dinheiro

.
.

O dinheiro é tão bonito,
Tão bonito, o maganão!
Tem tanta graça, o maldito,
Tem tanto chiste, o ladrão!
O falar, fala de um modo...
Todo ele, aquele todo...
E elas acham-no tão guapo!
Velhinha ou moça que veja,
Por mais esquiva que seja,
.........................Tlim!
.........................Papo.


E a cegueira da justiça
Como ele a tira num ai!
Sem lhe tocar com a pinça;
E só dizer-lhe: «Aí vai...»
Operação melindrosa,
Que não é lá qualquer coisa;
Catarata, tome conta!
Pois não faz mais do que isto,
Diz-me um juiz que o tem visto:
.........................Tlim!
.........................Pronta.


Nessas espécies de exames
Que a gente faz em rapaz,
São milagres aos enxames
O que aquele demo faz!
Sem saber nem patavina
De gramática latina,
Quer-se um rapaz dali fora?
Vai ele com tais falinhas,
Tais gaifonas, tais coisinhas...
.........................Tlim!
.........................Ora...


Aquela fisionomia
É lábia que o demo tem!
Mas numa secretaria
Aí é que é vê-lo bem!
Quando ele de grande gala,
Entra o ministro na sala,
Aproveita a ocasião:
«Conhece este amigo antigo?»
— Oh, meu tão antigo amigo!
.........................(Tlim!)
.........................Pois não!
.
 
.
de João de Deus
in "Campo de Flores"
.
.
Disse  João de Deus:  O amor é, em suma, Essencia de todo o ser !

 
.
.

publicado por eva às 00:41

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008

Dinheiros e integridade

Dinheiros que ora há, ora não há. Uns que pagam as contas, outros que dizem que pagam.
Uns que podem pagar, outros que não podem, outros ainda que não querem.
Dinheiros e contas. Hábitos de honestidade, mais ou menos precários.
Integridades que balançam e oscilam até transbordar.
Vergonha que faz alterar itinerários e rotinas, de olhar no chão.
Falta de vergonha que provoca arrogâncias e confrontos, se necessário.
Dinheiros mal gastos, no gosto pelo supérfluo.
Dinheiros que não se gastam porque não os há.
Nestas sociedades tudo se confunde e as regras são poucas.
Fica a vontade de ser livre. Livre de acusações ou de responsabilidades.
Livre de questões a que não se pode responder. De problemas que não se podem resolver.
Livre daqueles que não olham a meios para salvaguardarem-se.
Fica um sussurro, um desespero que não se quer identificar, senão ainda é mais forte.
Fica o peso de querer ser melhor e parecer o contrário.
Porém, tudo é rigorosamente contado, rigorosamente aproveitado, para o alicerçar da nossa personalidade.
Porque o mais desagradável de hoje terá de ser o maravilhoso de amanhã.
.
.

Jacek Yerka
.

.
Disse  Horácio :  O dinheiro não possui a faculdade de mudar a natureza íntima !
.
.


publicado por eva às 23:41

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 19 de Março de 2007

O dinheiro e a liberdade

19 de março de 2007

Trabalho e ganha-pão andam sempre ligados e talvez por isso se diga que o trabalho dignifica.
Por todo o lado se vêem novos e velhos a esmolarem uma moedinha.
Até nos cruzamentos.
A verdade é que pode considerar-se trabalho, porque cumprem horário e recebem dinheiro por estarem ali à nossa espera, dirigindo-se às pessoas e automóveis para pedirem a tal moeda.
Antigamente trocavam-se produtos uns pelos outros; hoje é o dinheiro que tem validade.
Sem dinheiro não há comida, nem remédios, nem roupas.
Mas o dinheiro, ao contrário do trabalho, não dignifica.
Pode é envaidecer ou provocar subserviência.
O dinheiro só vale pelo bom uso, ou não, que fazemos dele.
O dinheiro dividido até multiplica, se for bem empregue.
De contrário, até endivida as pessoas, a casa, o carro e sei lá que mais…
A maioria das pessoas opta pelo consumo em moda, seja comprar um móvel, um computador ou outra tecnologia, mesmo que não lhe dê utilidade.
A moda impõe a comparação entre pessoas e casas ou carros, independentemente da necessidade ou da capacidade financeira. 
O bom é poder sentir-se livre para optar por aquilo que se quer, independentemente dos outros terem ou não terem o que nos agrada.
É bom ter amigos, para quem comparações destas não têm interesse.
É muito bom ser feliz, sendo tão-somente um “eu livre”.

publicado por eva às 20:14

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 1 de Junho de 2006

Uma criança pequena que

1 de junho de 2006

Uma criança pequena que espera numa nuvem. Branca também, espera no meio do céu e no meio das estrelas.
A mãe olha-a de baixo. E chora.
Chora lágrimas sem tempo. Há muito tempo. Demasiado.
Olham uma para a outra e sorriem entre as lágrimas de uma e o abraço radioso da outra.
Palavras que não necessitam ser ditas.
O amor entre ambas é tão dilatado que ilumina o céu e a terra.

Explodem estrelas à sua volta.
Agora, de modo mais terra-a-terra, as guerras, os desencontros entre pessoas e quereres.
Interesses gratuitos de tanto querer poder e dinheiro.
Interesses hipotecados nas vidas dos inocentes que caem pelas guerras armadilhadas por tão poucos.
E que nada valem.
Fantástico. Parece que se desloca o sonho do planeta.
O céu desloca-se da realidade.
Relatividade - dizem.
Problemas de visão - também se diz.
Problemas mentais - também são referidos porque já não há mais respostas sadias.
Mas onde há o não, também tem que haver o sim. Tudo tem um contrário.
Então, saudávelmente, eu escolho o sim do desprendimento.
Da paz e da harmonia.
O céu está sereno (a terra ainda treme).

publicado por eva às 20:47

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds