Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

27
Fev12

Eu sou, tu és, ele ou ela é...

eva

u sou, tu és, ele ou ela é

Nós somos, vos sois, eles ou elas são…

Temos aqui o que importa mais

O que eu sou

Que não é o mesmo do que outrem é.

O que somos - em grupo de semelhança

É diferente do que outros-eles são.

Então

Não queiramos ser como os outros

Nem que os outros

Sejam iguais a nós.

As diferenças são de cada um

 E cada um pode mudar a si mesmo

Piorando ou corrigindo

Amando sua pessoa

Para conseguir partilhar

Esse amor que tem em si, por si

Projetando essa luminosidade

De amor

Em todo redor de si.

Estabelecendo um ambiente

Tão suave quão amoroso…

04
Fev12

Sintonias, energias

eva

intonias

Energias

Transferências

Nível pessoal

Nível mundial

Nível cósmico

Tanta confusão, emoção, interesses por, afinal, o que todos deveríamos saber.

Ou melhor, poderíamos saber se vivêssemos mais em natureza.

Civilização será então retrocesso?

Tudo depende sempre do saber situar-se no meio-termo.

Na sensatez, adotar o bom senso no modo de vida.

Viver, viveres…

Faz lembrar o slogan: há quem viva para comer e há quem coma para viver.

Talvez as diferenças se possam assim resumir.

07
Jul11

Diferença de gerações

eva

- ostei do concerto, e tu?

- …

- E tu gostaste?

- …

- Eh! (um safanão)

- Aiii!

- Gostaste do concerto?

- Hã?

- Se gostaste do concerto?

- Tens que falar mais alto, assim não oiço nada.

- Se gostaste? (aos gritos)

- Aii! Não precisas gritar, basta que fales alto. Pois gostei, claro que gostei. Já conhecia esta banda e gosto de tudo o que eles cantam.

- Cantam?

- Sim, cantam e dançam.

- Dançaram?

- Sim, não gostaste?

- Gostei de tudo, apenas não dou os mesmos nomes que tu.

- Ora, isso é apenas da diferença de gerações.

- Vamos para casa descansar.

- Nem pensar, agora é que a noite começou!

- Pronto, aceito. Há diferenças de gerações.

- Ora, isso não tem mal algum. Apenas temos preferências diferentes, mas de resto a ideologia é sensivelmente a mesma.

- É aqui que nos separamos, filho. Diverte-te. Até amanhã.

- Adeus. Até amanhã.

 

04
Jul11

O cabelo comporta-se?

eva

- om dia! Agradecia um corte radical.

- Credo! Não gosto nada quando as clientes dizem isso. Eu corto e depois não voltam cá porque cortei muito e ficaram diferentes, mas não como queriam ficar. Não gosto, não!

- Mas eu trouxe uma foto duma revista para a senhora fazer igual.

- Pior ainda! Ninguém fica igual às fotos e depois eu é que tenho a culpa toda…

- Juro que não! Aceito o que ficar.

- Isso é o que dizem antes de se ver. Não, não. A senhora tem que ser responsável pelo que escolhe. Mostre lá a foto… Posso fazer-lhe esse corte porque tem cabelo para isso, mas não vai ficar igual. A senhora é uma pessoa e essa aí é outra. Até lhe digo mais, se fizermos o mesmo corte de cabelo a gémeas, elas nem ficam iguais nem se penteiam de igual. A não ser que sejam muito crianças ainda. Porque a personalidade dá traços diferentes à face e até o cabelo se comporta doutro modo.

- O cabelo comporta-se?

- Pois claro que comporta. Se a senhora estiver zangada o cabelo age como tal, igual para a tristeza, alegria, etc. O nosso modo de viver está patente nas emoções que sentimos e elas condicionam o nosso corpo, desde os órgãos à pele e cabelo. Tudo!

- A senhora deveria ter estudado para psicóloga.

- Em todos os negócios que tratem directa ou indirectamente com público temos que ser também psicólogos e muito práticos. Bem, voltando ao assunto…

- Olhe, fico na mesma, apare só as pontas e vou ver melhor o que faço a seguir. Olhe, nem isso, penteie só ao estilo da foto e depois logo vejo…

- Ora aí está uma decisão que aprovo 100%. Assim é que deveriam fazer todas.

- Pois, pois… mas eu tinha-me mentalizado que sairia daqui diferente.

- E sai, garanto-lhe que sai!

 

15
Jun11

Ser!

eva

osas e flores

São nossas vidas

Espinhos e desfolhares

São nossas vicissitudes

Água e Sol

São nossos incentivos

Para a saúde e crescimento

Dias piores e melhores

São diferenças a observar

O que somos e porque somos

Resta saber

Mais do que isso

Resta reconhecer

Para seguir melhor

Para prosseguir

Amparado

Em si mesmo

Somos afinal

O que conseguirmos

Com o que temos e somos

Ser!

 

27
Mai11

Hoje tiraste o dia ou és sempre assim?

eva

,

- ou a ouvir canções religiosas de várias épocas, desde os cantos gregorianos até ás da catequese.

- E para quê é isso?

- Pois não sei que diga. Parece que tem dias em que me é necessário essas letras e melodias tão suaves.

- Suaves? Eu gosto é da diferença da música.

- Hã?

- Pois, gosto de ritmos roqueiros, sambas, salsas, isso assim.

- ‘Tás a ouvir a chuva?

- Chuva? Ah! Sim, pois caem uns pingos…

- Percebes a suavidade da chuva leve, levezinha.

- Chuva ou neve? Esta é que cai suavemente. A chuva é torrencial e deita abaixo colinas com gente, casas e tudo.

- Pronto, já percebi a ideia. Estava a referir-me à chuva fraca e suave.

- À que estraga as colheitas, agora?

- A melodiosa chuva que relaxa e nos faz lembrar a bênção de ter um abrigo. E desejar que todos se possam abrigar.

- Só nos céus isso acontece!

- Hoje tiraste o dia ou és sempre assim?

- Hã?

- …

 

25
Mai11

Olá, bom dia

eva

- lá, bom dia!

- …

- Ora bom dia!

- …

- (dando uma palmadinha no ombro) Bom dia! Não está bem-disposto, hoje?

- Hã? Bom dia! Não! Isto é, estou, estou bem!

- Parece indeciso…

- Estava a pensar. Olhe, estava era a dormitar.

- Pois, pois! Eh eh!

- E o senhor, como está? Há tempos que não o vejo.

- Tudo em ordem. Muito trabalho e poucas forças para o fazer. Não sei se é do calor que me deita abaixo, se sou eu mesmo.

- Deve ser você mesmo.

- Pois, pois. Também me parece, eh eh! Deve ser mais preguiça… Está na hora, não está?

- Está, sim senhor. Vamos embora, hoje podemos ir juntos.

- Então não fica para o cafezinho?

- Não, tenho que ir já. Agora trabalho por conta própria. Não dá para esses entremeios.

- Vamos então!

 

11
Mai11

Por maluco queres dizer diferente…?

eva

huva, vento. Sol e frescura de uma brisa suave.

- Bom dia!

- Olá, por aqui? Bom dia para ti também.

- Posso ficar aqui um bocadinho?

- Gostas disto aqui? Olha lá uma mantinha… que dizes destes panos de lã?

- Fazem-me quentinho. Oh, se fazem!

- Fica aí então o tempo que quiseres.

- Já acordaste? Estavas cansado. Dormiste uma tarde inteira!

- E olha que ainda dormia mais… Mas vais embora para tua casa e não sei se me queres aqui ou se me vais pôr na rua?

- Não precisas de ir para a rua. Olha, deixo-te água e ali comida. Se quiseres casa de banho vais ali ao quintal, está bem? Senão, não te vão deixar ficar aqui. Queres assim? Até amanhã.

- Até amanhã, obrigado. Vou falar ao anjo dos cães por ti.

- Manda-lhe cumprimentos meus e já agora pergunta-lhe se sabe da minha cadelinha Lucy que morreu há anos. Será que ela está bem?

- Coitado está cada vez mais maluco…

- Por maluco queres dizer diferente e que não o entendes?

- Hã?

 

24
Abr11

Somos muitos

eva

al qual somos

Mais ninguém é

Somos únicos

Na individualidade do ser

Somos muitos

Em semelhança

Em diferenças

De pensares e atitudes

Somos muitos

E não somos nada

Nada do que seríamos

Se soubéssemos ser

Tudo o que poderíamos

Para isso há uma eternidade

Uma infinidade

Não apenas um momento

Se soubéssemos ser

Tudo o que poderíamos

Se soubéssemos ser

Tudo o que poderíamos ser.

 

25
Mar11

Os outros

eva

- stás a olhar para onde?

- P’ra ali, não vês?

- Vejo as montras, a pastelaria e as pessoas que podem andar bem porque o passeio é largo e os pitons não deixam os carros entrar. Até as crianças podem gozar o espaço do passeio e sentir-se um pouco mais libertas para correr.

- Mas eu estou a ver os outros e a sua vida.

- Também eu!

- Então vês como uns parecem andar sem rumo, outros fixados em rotinas que continuam a cumprir porque foi aquilo a que cingiram os seus dias, e os outros que os observam e tentam ir ajudá-los?

- Bem, vejo as crianças a brincar e adultos com elas, outros a passear ou apressados para chegarem algum sítio.

- Exactamente!

- Estamos a ver a mesma coisa?

- Acho que sim, talvez por perspectivas algo diferentes.

- Estás é a olhar para sítio diferente…

- Estou a observar, já te disse. Observar a nós com os outros…

- Será isso, será!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D