Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Trabalhar "de cordeiro"

. Há sempre boas excepções

. Querer

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 13 de Setembro de 2011

Trabalhar "de cordeiro"

- qui estou! Vim para trabalhar…

- E eu! E eu! E eu também.

- Ena tantos!

- Já agora pode dizer-nos quando poderemos usufruir o prémio?

- Qual prémio?

- O das viagens!

- Essa agora!

- Se não sabe, paciência…

- Vocês não disseram que vinham para trabalhar?

- Sim, mas não para trabalhar de cordeiro.

- Hã?!

- Pois, para trabalhar de cordeiro nada, não! Isto é, trabalhar aceitando tudo com paciência e abnegação; entender que os outros não nos prejudicam especialmente mas que são ignorantes apenas de bem-fazer; projectar paz e harmonia mesmo em pleno antro de vício e viciosos; compreender e perdoar ao mais cruel porque ele apenas é um mau instrumento; enfim, tudo assim por aí afora…

- Não havia entendido essa do cordeiro, mas tem alguma lógica a frase, isso tem! De qualquer modo é bom lembrar que recebemos sempre em troca, e retorno, de tudo o que formos dando, ou projectando…

- Pois, pois…

- Além de que não vivemos para justificar nem emendar nada que esteja imperfeito, mas para completar o que está por acabar e isso com a melhor qualidade que podemos dar de nós.

- Pois… bem…

- Gostei dessa do cordeiro, efectivamente ele cumpre os seus deveres sem exigências e na perfeição. À semelhança do sândalo que ainda perfuma o gume que o corta.

- Pois… bem… E sobre o trabalho, vêm dispostos a dar o litro ou quê?

- Humm… humm… bem… talvez, nunca se sabe!


publicado por eva às 23:59

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Há sempre boas excepções

stou a ler leis. Ou seja, deveres e direitos individuais e da sociedade.

- E então, qual é o problema?
- São gerais!
- A lei é geral e a interpretação do juiz é particular, conforme cada situação.
- Mas é isso que acontece?
- A cada um a sua consciência para com o seu trabalho.
- Ou com o seu posto de trabalho e a sua progressão?
- Cada um faz o que melhor entende e prefere.
- Cá para mim, sobra sempre o mais pequeno ou vítima.
- O mesmo se diria da polícia, que aguenta turnos fora de horas, esforços e risco de vida para apanhar este ou aquele em flagrante e assim poder cumprir o dever de defender os mais fracos. Depois… é assunto para advogados e juízes…
- E nem sempre os melhores esforços são coroados de êxito, nem as regras da sociedade e as leis são eficazes.
- A questão é sempre a mesma – depende da pessoa e do seu trabalho. Porque nas melhores condições há trabalhos pobres de dignidade humana e mesmo nas piores condições há trabalhos fantásticos. Há sempre boas excepções e é com os olhos postos nos melhores que arranjamos forças para acreditar e avançar em prol da humanidade e dos, realmente, mais desfavorecidos.
 

publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

Querer

Barulho de cadeiras a serem mexidas, na sala grande.
Perturbação geral, e o silêncio que se conseguira era agora ruído e estardalhaço.
Porquê? Ninguém sabia explicar.
Era assim constantemente. Assim que eles conseguiam atingir a concentração em determinado objectivo, por altruísta que este fosse, vinha, em seguida, um não sei o quê desconcentrá-los.
Só um ou outro continuava, persistentemente, atentamente parado.
O objectivo, ali, era apaziguar a mente, pensando em valores construtivos e tudo o que fosse agradavelmente calmo.
Podia ser dirigir atenção para as cores, ou para a música que soava baixinho, ou para paisagens amenas da natureza, etc.
Depois daquela hora (ou duas) saíam todos muito calmos e bem-dispostos, com a impressão de ter concluído um dever bem cumprido.
- E fizeram os tais deveres?
- Uns fizeram o que deviam, outros não conseguiram ainda. É uma questão de tempo, desde que a pessoa esteja decidida, pois o seu projecto depende de si mesma.
- Não tem gastos, pois não?
- Não! Pode fazer-se o mesmo individualmente, em casa, no jardim, na praia ou onde quiser. A questão é querer e decidir de si para si.

.
.

.

Richard Earl Thompson - Concentração
Imagem retirada da net

.
.

Disse Max Weber: O homem não teria alcançado o possível se, repetidas vezes, não tivesse tentado o impossível !

.
.


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds