Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

20
Out10

Adeus porquê?

eva

deus porquê? Se tudo é eterno, tudo é possível acontecer…

Tudo pode suceder em cada dia nosso, até o inimaginável, o incrível…

Porquê? Porque não está totalmente na nossa mão, porque não temos o controlo de nada do que julgamos ter. Porque não somos nada do que julgamos ser.

Porque o nosso tudo é simplesmente… quase nada do que gostaríamos que fosse, do que imaginamos que seja.

E imaginamos muito?

Imaginamos, pensamos e fazemos muito, muitíssimo!

Para validarmo-nos apenas temos que pensar e agir com a melhor e a mais sublime das intenções.

O resto vem com o tempo justo de chegar para acontecer.

E a paz chega com os deveres cumpridos.

 

15
Abr07

Carl Sagan # Cosmos

eva
15 de abril de 2007

A história humana pode ser vista como um lento acordar do ser humano para a consciência de pertencer a um grupo mais vasto. Inicialmente a nossa lealdade ia para nós próprios e para aqueles que nos eram próximos; depois alargou-se aos bandos de caçadores nómadas, depois às tribos, às pequenas colónias, às cidades-Estados, às nações. Alargámos o círculo do nosso amor. Organizámos aquilo a que agora se chama super-potências, que incluem pequenos grupos de pessoas com antecedentes étnicos e culturais divergentes trabalhando de certa maneira em conjunto. É certamente uma experiência humanizante e formadora do carácter, Se tivermos de sobreviver, a nossa lealdade tem de se alargar até incluir toda a comunidade humana, o inteiro planeta Terra. Muitos daqueles que dirigem as nações considerarão esta ideia desagradável. Irão recear a perda de poder. Ouviremos muita coisa sobre a traição e a deslealdade. Os estados ricos terão de partilhar a sua riqueza com os estados pobres. Mas a escolha, como uma vez disse H. G. Wells num outro contexto, é ou o Universo, ou nada.
………………….……………………….……………
Somos a encarnação local de um Cosmos que toma consciência de si-próprio. Começámos a contemplar as nossas origens: pó de estrelas meditando acerca das estrelas; ajuntamentos organizados de dez mil biliões de biliões de átomos analisando a evolução do átomo; descobrindo a longa caminhada que, pelo menos para nós, levou ao aparecimento da consciência. Devemos a nossa lealdade às espécies e ao nosso planeta. Somos nós que nos responsabilizamos pela Terra. Devemos a nossa obrigação de sobreviver não só a nós próprios, mas ao Cosmos, vasto e antigo, de onde despontámos.
.
In “Cosmos”
de Carl Sagan
.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D