Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Comida rápida

. Ah, as valsas!

. Simplicidades

. Tradições ditas "religios...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011

Comida rápida

- i que bom!

- Está assim tão bom?

- Está, está! Há muito tempo que não lanchava tão bem; se calhar nem janto e mantenho estes sabores.

- Que disparate! Na tua idade deverias lanchar sempre assim e jantar outro tanto ou mais. Devemos manter uma dieta de comidas tão variável quanto possível.

- Pois, pois! Não estás a ver a coisa! Entre as pressas e o dinheiro mal há condições para comer.

- Então nem te sentas para comer, és daqueles que come ao balcão?

- Sou, sim. Exactamente! E chegar a ser atendido para conseguir comer ao balcão já é muito bom - um verdadeiro dia de sorte! O normal é chegar ao balcão e pedir algo para levar porque já não dá para comer por ali…

- Credo!

- Pois é assim que vamos vivendo e felizes dos que podem pagar a comida que precisam e que têm comida para escolher.

- Bem, isso é sem dúvida… Porque não experimentas levar uma lancheira de casa? Pelo menos o tempo que levas até ao sítio da comida e os tempos de espera poderias aproveitá-los para comer sentado.

- É uma ideia, mas que implica levantar mais cedo e preparar tudo.

- Ou então acrescentar o jantar de véspera e deixar já tudo para o almoço seguinte. Era assim que fazíamos quando eu trabalhava e os filhos iam para as escolas ou colégios.

- Sim, quem o sabe? Olha, leva agora estas flores, vão no vaso já com terra e regadas hoje. Devem ficar bem, lá na varanda…

- São lindas!

 


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

Ah, as valsas!

h, as valsas! Aquele rodopiar que vemos nos filmes e imaginamos ainda melhor naqueles enormíssimos salões…

O dançar! Tantas imagens construímos mentalmente para este significado.

Para uns é quedar-se no mesmo sítio e abanar-se, ou sacudir-se, ao som das músicas.

Para outros é atravessar salas em passos tão ritmados quanto os da música que se vai ouvindo.

Para outros é apenas uma desculpa para ondularem ao ritmo que ouvem, de modo mais ou menos irreal, com um parceiro ou parceira.

As valsas deixam um não sei quê

Talvez a vontade, o desejo, de festas assim cheias de gente festiva.

Ou talvez o susto dessa época e de seus costumes mais tristes.

E hoje, que costumes temos para deixar nas páginas da História?

- Ora essa! Temos toda a igualdade que conseguimos legalizar, adequar às democracias e costumes sociais, económicos e políticos. E… sei lá que mais!

- Continuo na minha! - As valsas deixam um não sei quê

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 29 de Julho de 2010

Simplicidades

- odes dar-me um copo de água?

- Água? Não queres um sumo?

- Vais tomar o quê?

- Eu vou agora fazer um cafezinho para mim. Queres um?

- Não. Preferia água.

- Aqui tens. Porque gostas tanto de água?

- Porque sabe bem, tira-me mesmo a sede e não deixa sabor algum na boca. Tudo o demais deixa um travo a qualquer coisa – doce, amargo…

- Como o sumo e o café, não é?

- Exactamente. Prefiro a água, mas às vezes tenho problemas em pedir um copo de água num café ou restaurante, mas a questão é que não bebo toda uma garrafa, mesmo das pequenas.

- Levas o resto.

- Mas quero ter as mãos livres de garrafas, etc. Poderia ser simplesmente – um copo de água.

- Isso – já foi! Agora é uma garrafa de água por questões de higiene, etc.

- Etc. e tal… isso sim!

- Seja como for, vivemos agora e os costumes são estes. Passar os dias em lamentos, ou rabugices, só estragam os dias que poderiam ser alegres e despreocupados. Tenta arranjar espaço mental para as novidades e para o que não queres, senão os dias são um suplício.

- Ou seja, não há outra atitude positiva a não ser tentar, tentar sempre…

 


publicado por eva às 20:29

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

Tradições ditas "religiosas"

Hoje foi dia de relembrar costumes e culturas diferentes pela diversidade de tradições.
Ainda se fazem, como leis religiosas, cerimónias a crianças – corpos e órgãos – de modo a prepará-los para as suas responsabilidades em fase adulta.
São culturas que se consideram cruéis por uns e perfeitamente tradicionais e honrosas por outros.
Para as crianças são sempre horrorosas de suportar, mas têm a compreensão de serem iguais para todos por já os seus pais terem passado por isso, seus avós e por aí acima na genealogia familiar.
O mesmo consta para os jejuns, peregrinações, etc.
São cultos! – E parece estar tudo dito.
Resta a mudança que se vai registando – um pouco por aqui, outro pouco por ali.
Entre o querer respeitar os costumes e o horror que alguns provocam, fica o caminho do meio – o da sensatez.
Ninguém gosta de ser banido socialmente, mas os limites vão sendo delineados com mais perfeição.
Há dirigentes que exigem o cumprimento, de tal modo absoluto, dos costumes – já considerados cruéis – que os próprios povos tradicionalistas, para não duvidarem da tradição – que é a sua identidade – começam a duvidar dos dirigentes.
E as tradições começam a ser repensadas e discutidas, não só por alguns mas por muitos.
E… um dia, esses muitos constituirão a maioria a favor da não tortura, do não ao sacrifício.
Porque os Livros podem ser interpretados, correctamente, a favor da felicidade de viver em paz. Simplesmente!
Respeitosamente!

.
.
.

Lapidação
Imagem retirada da net


.

Disse  Honoré de Balzac:  Acredita em tudo o que te contam do mundo; nada é horrível demais para ser impossível !
.
.

publicado por eva às 00:26

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds