Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Como cristais de água

. Alegria serena

. A dupla corpo-mente

. A melodia dos nossos pens...

. Vida e saúde

. Brilho de luz

. Termos relacionados

. Da fé

. Tanta diversidade

. Pessoal e intransmissível

. Natália Correia # Uma flo...

. Confusão

. Teilhard de Chardin # O M...

. Teilhard de Chardin # O M...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Domingo, 15 de Janeiro de 2012

Como cristais de água

s gotas

Se d’água

Se ácidas

Límpidas

Nem tanto

Sejamos em corpo e mente

Límpidos

Como cristais de água

Pura transparência

E seremos em Paz.


publicado por eva às 18:31

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 5 de Setembro de 2011

Alegria serena

ia de festa.

Dia de alegrias e risos puros.

Rir faz bem. Dispõe bem.

Todo o ambiente ri connosco.

Das flores às árvores. Das borboletas e abelhas aos pássaros. Dos cães e gatos aos outros animais. Das pedras aos cristais.

O ar enche-se de alegria purificadora.

Do nosso corpo à mente há o relaxe das contrariedades.

O céu é mais azul. A terra é perfumada de flores que quase ninguém vê.

Em nosso redor as energias são abençoadas pelo riso cristalino.

A pureza da alegria, por razões de bem, é algo indescritível pela acção benéfica que propagam.

Sede alegres sempre que houver a mínima possibilidade de sorrir.

A alegria serena é íntima dos seres evoluídos no bem.


publicado por eva às 08:55

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010

A dupla corpo-mente

- ou ao ginásio, vens também?

- É boa! Fazer o quê?

- Exercício, que mais!?

- Não achas que já mexo o suficiente por dia?

- Pois não! Porque fazes, e fazes muitas vezes, exactamente os mesmos movimentos, trabalhando sempre os mesmos músculos e a mesma parte do corpo.

- E então? Não vais dizer que era melhor estar parado e quieto, ou vais?

- Não, mas as partes que nunca são potenciadas podem vir a enfraquecer em relação às demais.

- Ou seja?

- Perde-se o balanço equilibrado do corpo-mente.

- Agora já vai na mente?

- Agora e sempre é a mente quem manda e a dupla corpo-mente é simplesmente preciosa ao equilíbrio pessoal.

- Ora, aí está finalmente algo em que concordamos nesta conversa...

 


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

A melodia dos nossos pensamentos

elodias do mar. Melodias do campo, do nascer e do pôr-do-sol, da tristeza, da alegria…

A melodia sente-se em todas as veias e articulações do corpo, da mente…

A melodia musical é a melodia dos nossos pensamentos, da nossa forma de pensar.

A nossa própria melodia é a nossa maneira de encarar e de estar na vida como, aliás, na morte.

O passar e ultrapassar, ou não, de cada experiência, de cada conflito ou do ultimatum que a vida nos coloca, ou que nos provocamos, é também a construção de novas melodias de nós mesmos.

Tudo o que nos rodeia tem uma melodia própria e nós temos a que nos é apropriada.

E as melodias compõem as músicas.

Sejamos bons músicos de nós mesmos e seremos bons músicos para todos os que nos ouvirem.

- Como as teclas do telemóvel que soam?

- Ahhh! Pode ser, sim!

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 23 de Junho de 2010

Vida e saúde

h! É tão bom beber esta água tão fresca!

Bem, sobretudo é tão bom beber quando se tem sede e comer quando se tem fome.

É sinal que o corpo reage bem e é saudável.

Também é sinal que podemos chegar à água, como à comida.

Ou seja, é sinal que estamos equilibrados com a vida.

Por outro lado, os muito gordos, os flácidos e os muito magros são sinal de que algo não está bem ou com a despensa ou com as pessoas.

Se o caso é da despensa que só tem um certo tipo de produtos, ou que não tem nenhum, então o problema tem a ver ou com a má escolha dos artigos ou com a falta de dinheiro para os comprar.

Se o caso é da pessoa e das suas escolhas, será conveniente perceber se é um problema mental, ou um problema físico-hormonal, ou outro.

Resumindo, seja qual for o problema o que importa é conseguir equilibrá-lo minimamente e recuperar a saúde.

Hoje em dia as calamidades do indivíduo sobre si mesmo são de tal ordem que em dezenas desses casos a solução passa mais por esforço próprio e pela consciência das escolhas negligentes que faz sobre si mesmo.

Afinal, não estamos todos a voltar para a hortinha em casa, na varanda, no quintalzito?

E viva o Sol e a água – fontes de vida…

E viva o equilíbrio para a saúde.

 


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Maio de 2010

Brilho de luz

la tem uma cabeleira linda! Linda e suave… tão suave!

Deve ser do bom trato, dos cremes e tal…

O cuidado que temos com o nosso corpo e as nossas coisas fazem com que se ganhe um novo brilho.

Brilho do belo, de doçura, de simplicidade.

É um brilho que surge do interior das coisas, até das que chamamos inanimadas.

Há um brilho de luz em tudo, mas às vezes é preciso limpar bem, esfregar mesmo, para que ele apareça à superfície e todos o possam ver.

Ver e verificar que existe e que, afinal, sempre existiu.

Mas os olhares mais despreocupados, ou menos atentos, nunca repararam nele.

Esses nem reparam no que está mesmo à frente, quanto mais no que clama por sensibilidade e um pouco de atenção.

O íntimo de cada um clama também por atenção, uma atenção cuidada e carinhosa.

O cuidado que vai fazer não só o dito brilho surgir como irradiar-se em todo o seu redor.

Iluminando até o que não sabe que a luz existe e que também tem luz, que poderá resplandecer se quiser cuidá-la com amor.

 


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 6 de Abril de 2010

Termos relacionados

eleza e estética são termos que, geralmente, andam a par ou são relacionados neste ou naquele tema de discussão.

A ética é um termo mais ambicioso e que refere tudo no mais alto grau de desenvolvimento – seja de beleza, seja de trabalho, seja de moral.

Todos estes termos integram, em si próprios, os ideais de belo e de pureza.

Seja no seu significado físico ou no seu significado mental e espiritual.

- Somos corpo e espírito, não é?

- Ou somos energia materializada em estado físico e energia espiritual, uma centelha da energia primordial.

- De uma matriz divina?

- Vem tudo incluído no mesmo significante.

- Imbuído do mesmo significado?

- Porque dás tantos termos semelhantes?

- Para me explicar, de modo a que eu mesma entenda – não se está mesmo a ver?

- O que se está mesmo a ver é o filme que vai começar.

 


publicado por eva às 13:25

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Novembro de 2009

Da fé

O que é a fé? É uma esperança? É uma força que nos projecta para além de nós, das nossas capacidades que desfalecem por isto ou por aquilo?
- A fé é isso tudo e muito mais. É o além da pessoa em si própria, a qualquer momento, em qualquer sítio, isolada ou acompanhada.
- É verdade que muitos só apercebem a fé, como uma força interior, ao encontrar-se com grupos que a sentem, praticam e doam em lugares de peregrinação, ou templos, ou assim…?
- Não haja dúvidas que certos lugares estão impregnados da força da fé de multidões que, repetidamente, ali se deslocam exactamente por causa da fé que sentem transbordar em si e que dedicam a este ou aquele sítio, a esta ou aquela figura de culto…
- A fé tem que ser só de pedinte? Isto é, dedicada apenas para pedir algo que se necessite com aflição, ou com muito desejo, ou até, por razões de capricho?
- A fé pode ser isso tudo ou engrandecer-se amorosamente, carinhosamente. A fé pode ser uma doação de Amor com dedicação restrita ou abrangente. A fé é uma força dedicada que transcende o ser, e é bom que seja por objectivos de bem…
- O bem e tudo o que se dedica com Amor engrandece quem o tem e o doa; aliás, esse ser resplandece onde quer que esteja. O seu corpo torna-se luminoso com uma luz que alguns podem ver, e que todos podem pressentir sem perceber identificar o que é, a não ser que consideram tal pessoa encantadora.

.
.
.

A Virgem e Jesus
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Buda:  A sabedoria é o melhor guia e a fé a melhor companheira !
.

.


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

Tanta diversidade

Tão acima de nós estão as estrelas, o Sol, o céu, enfim…
Quantos de nós almejam subir até lá e além delas?
Quantos sonham e não desistem?
Quantos se refugiam na incredulidade e não querem, sequer, sonhar!
Quantos estudam os astros desse céu infinito, desse espaço, tentando saber mais e mais do mundo e de si mesmos?
Quantos vagueiam e vagabundam sem, aparentemente, nada produzir?
Tanta diversidade de opiniões, de atitudes…
Todos somos muito mais complexos do que esperávamos ser. Todos sentimos primordialmente algo e simultaneamente muita diversidade de sentimentos contraditórios e afins.
Todos somos tão complexos quanto possível e todos somos também muito vulneráveis.
Somos seres imbuídos de emoções, sentimentos e racionalismo q.b. que a própria vontade altera na percentagem, conforme a ocasião.
- Essa vontade pode ser apenas instintiva?
- A força da nossa vontade expressa-se de todos os modos e o livre-arbítrio encaminha essa força. O livre-arbítrio pode ser considerado não tão livre como o nome poderia indicar, porque somos seres somáticos, de corpo e mente.
- A mente ou a inteligência?
- A mente é um complexo de mecanismos que reagem no corpo físico, de intelecto e de memórias passadas, presentes e algo de incursões futuras.
- Este ser de que falamos é o que vemos em nós – um corpo e uma mente?
- Somos o que vemos mais tudo o que somos – seres eternos com dimensão eterna!

.
.

.
Fotografia do tescópio Hubble
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Eduardo Galeano:  Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos !
.

.


publicado por eva às 00:28

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Pessoal e intransmissível

Sabes que podemos ser pequenos – diminutos como os pássaros, os insectos, as flores – e ajudá-los a curarem os seus acidentes.
Acidentes como asas partidas ou caules presos, ou tudo o que lhes provocar "dor".
E podemos também ser grandes como os vai-véns que circulam pelo espaço.
E que o tempo é infinito e é um segundo, um instante, ao mesmo tempo.
E sabes que tudo é possível. Não é preciso sonhá-lo, como diz a canção "sempre que o homem sonha...".
Pois é, não fiques nessa tristeza que acabrunha e tolhe a felicidade.
Às vezes temos o discernimento que o corpo, que nos permite tanta liberdade quando é saudável – e por isso damos tanto valor à saúde – é o mesmo corpo que nos retém.
Retém – não impede – a outra liberdade maior.
A liberdade infinita do ser que começa quando, em estado lúcido, percebemos que tudo o que é bom – para nós e para os outros em respeito mútuo – é possível!
Cada um tem uma fórmula individual e intransmissível que apenas espera ser encontrada.
.
.

 
Buraco negro M33 X-7
.

.
Disse  Ernest Rutherford  :  Tudo o que existe na física é impossível ou trivial. É impossível até que o compreendamos, e então torna-se trivial !
.

.


publicado por eva às 22:21

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds