Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Labores no quotidiano

. De que nos servem as core...

. Vibrações e energias

. O tapete voador

. Mundos

. As cores da música

. Arco-íris

. Um campo de girassóis bem...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 24 de Abril de 2012

Labores no quotidiano

ores e melodias

Perfumes e aguarelas

Flores e borboletas lindas

Andorinhas e abelhas em zunzum

De trabalho e de ninhos

Para quem quiser ver

Ou perceber

Tudo frutifica labores

No quotidiano. 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

De que nos servem as cores?

s cores.

De que nos servem? Que fazemos com toda a paleta de tons variados sobre cada cor?

No entanto elas estão por todo lado, em todos os objectos e demais coisinhas.

E o ar – que cor tem?

Os sentires têm coloração?

- As máquinas do sistema Kirlian provam que sim.

Usufruímos de toda a vida colorida à nossa volta?

A água – sentirá? Transformar-se-á com as cores?

A cromoterapia parece ter imenso êxito em tratamentos de situações desesperadas pela medicina química.

De onde provêm as cores?

- Da única – a branca.

Felizes os que podem ver e apreciar as cores na vida, dos que sentem as cores.

Felizes os que têm sensibilidade aflorada para todo o belo que há nas suas vidas, para usufruir generosa e gratuitamente de todo o bem que nos alcança.

Felizes os que avaliam amplamente a vida – nos detalhes como na sua grandiosidade.


publicado por eva às 22:50

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

Vibrações e energias

ivemos numa sociedade cheia de cores. Cores baças e cores brilhantes, cores bem coloridas e neutras, cores para todos os gostos, até para os que gostam de tudo a preto e branco.

Tudo o que temos e o que adquirimos tem cor, nós temos cor.

Temos cores por fora e todos as podem ver. Temos cores por dentro e essas, claro que só alguns podem ver.

De tanta preocupação que temos nas cores mundanas poderíamos treinar e colorir o nosso mundo interior, todos os perfis da nossa consciência.

Fazemos coisas impensáveis com a nossa mente, seja pelo pior seja pelo melhor.

Há uma paleta de cores magníficas que poderíamos aplicar em nós mesmos e, a cada vez que sentíssemos tristeza ou até mesmo desespero, poderíamos pintar o nosso interior de cores claras, calmantes e atraentemente felizes.

Quando sentíssemos alegria poderíamos traduzir as gargalhadas em cores vistosas q.b. sobre o nosso interior e enchermo-nos das boas energias que podem trazer.

- Então posso ser pintora sem perceber nada de arte?

- Podes ser pintora de ti mesma numa paleta de vibrações e energias benéficas para ti. E a vida, por seu turno, ganhará também a dimensão das cores que tiveres para ti, para contigo.

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

O tapete voador

Vinham dentro das esferas e essas esferas eram transparentes…
Tinham uma figura elegante e colorida – assim… por dentro e por fora -, e ainda projectavam as suas cores em seu redor.
As tonalidades dessas cores eram tão suaves que ao observá-las projectavam a calma, a paz e a esperança de que tudo o que é bom seria possível, de que o futuro pode ser belo se assim quisermos que o seja.
Entendemos, sentindo bem no íntimo, que, seja o que for que aconteça de vil ou ruim, poderemos estar sempre em consonância com essa luz, esse colorido suave e magnífico e que nada de nada desta nossa vidinha poderá alterar esse estado íntimo em nós.
Entendemos finalmente, que nada nos pode ferir, ou ofender, ou obstruir sequer nesse mesmo íntimo…
Mas entendemos também que é necessário atingir essa consonância de leveza da criatura.
Leveza porque o ser não se altera com as situações críticas do dia-a-dia, com o dinheiro das contas para pagar ou com as complicações do trabalho, da escola, da família, do convívio com os outros, etc.
Leveza na fé, ou na crença, que tudo tem uma solução, que as complicações e dificuldades hão-de ser ultrapassadas, porque saberemos reconhecer as oportunidades que irão surgir para a sua resolução, de modo sério e honesto.
E porque tudo o que nos aparece para resolver é, precisamente, para ser resolvido por nós enquanto oportunidade de nos valorizarmos em qualidade e virtudes.
Digamos, de modo poético, que as complicações e problemas são o mote para as nossas atitudes e o que se pretende é que sejamos cada vez mais altruístas nos nossos pensamentos, palavras e acções.- Digamos, ainda, nessa toada poética, que deveríamos ser capazes de semear esperança contra todos os ventos que soprarem na nossa direcção e deixarmo-nos levar por ela como se fosse o nosso tapete voador.

.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Milan Kundera:  A contradição pesado-leve é a mais misteriosa e ambígua de todas as contradições !
.

.


publicado por eva às 23:56

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

Mundos

A Pastoral de Beethoven é leve e graciosa como um passeio pelo campo, como um piquenique.
- Como é possível pensares isso de uma sinfonia.
- Ora! Porque os sons e as imagens podem aliar-se em melodias e é muito bom quando nos conseguimos transportar entre mundos.
- Entre mundos?
- Sim, o mundo da nossa casa e família, do nosso trabalho e sociedade, dos nossos tempos livres, dos nossos sonhos e aspirações.
- Dos nossos desejos de felicidade!
- Exactamente! É instintivo, não é?
- Querermos mais e mais?
- Não, isso é ambição. Querermos ser felizes – isso é instintivo.
- Como as cores?
- Quais cores?
- Quando queremos ser de cores diferentes.
- Ou seja?
- Quando queremos que as cores preencham o nosso corpo, por dentro e por fora. Hoje, por exemplo, é o dia de sermos brancos. É a cor que simboliza a paz. Logo, se conseguires imantar-te na cor branca, consegues trazer paz para dentro de ti. E isso transforma-nos!
- E depois?
- Depois, espelhas essa cor para tudo o que te rodeia logo ali ao pé de ti, e para o mundo, o Espaço, etc. etc.
- E depois?
- E depois vês se obténs resultado, se te sentes mais feliz e especialmente em paz.
.
.
.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Buda:  A paz vem de dentro de ti próprio, não a procures à tua volta !
.
.

publicado por eva às 23:40

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

As cores da música

Músicas envolvem o ar que nos rodeia. Vão até às flores que olham os acordes.
Seguem até lá fora, pela janela aberta e pavoneiam-se pelos jardins.
Os pássaros fazem-lhes concorrência e despertam um olhar sério nos gatos.
Os cães miram os gatos e ouvem, também, atentamente as músicas.
E o ar toma cores conforme os sons.
Até a água, que cai, transborda de cores nas suas gotas.
A paisagem é música. A música fica em nós, que vamos caminhando e sentindo os sons em cada passo.
Os carros, autocarros e comboios não têm tempo para sentir os sons. Os sons das vidas que transportam.
Será o isolamento de todo esse metal que lhes forma a carroçaria?
Ou será o isolamento da natureza que percorrem a grande velocidade, sem a ver sequer?
Mesmo sem nos vermos uns aos outros podemos sentir as existências mutuamente e ser sempre solidários.

.
.
.

Van Gogh - Vila de Prades
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Edward Elgar:  Há música no ar, há música à nossa volta, o mundo está cheio de música e cada um tira para si simplesmente aquela de que necessita !
.
.

publicado por eva às 00:21

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007

Arco-íris

- Outra vez a chover.
- Sim, mas hoje há um arco-íris.
- Vale que cada dia “é sua coisa”…
- Hoje, se as pessoas correm é por causa da chuva.
- Ah, isso é natural.
- Ou seja, os centros comerciais estão cheios, assim como os cafés… telheiros… toldos…
As ruas ficaram desertas ou então têm pessoas a correr - e bem...
O chapéu-de-chuva não dá, porque esta cai com muita força.
Só de casa, das janelas ou a conduzir é que dá para ver o arco-íris que entretanto se formou.
É lindo e as cores estão bem distintas e bem largas.
- E, já agora, porquê tanto interesse no arco-íris?
- E porque não? Se está no céu e é lindo… Mas está bem - é que, para mim, ele simboliza uma porta. A porta que dá para outros mundos, um em cada cor, com as suas diferenças e as suas possibilidades.
A da cor verde é a da saúde; a azul, a do escudo ou da protecção; a rosa-laranja é a do amor;a amarela, da sabedoria e a roxa é a do perdão e da regeneração...
- Nem comento! 
.
.
. .

Imagem retirada da net (sem indicação de autoria)

.

♪: Theme from Antarctica - Vangelis

publicado por eva às 08:27

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sábado, 25 de Março de 2006

Um campo de girassóis bem castanhos no centro


25 de março de 2006

Um campo de girassóis bem castanhos no centro, enormes e amarelo forte nas pétalas. Todos olhavam para mim.
Mas eu não era o Sol. Afinal era só por curiosidade, para observar quem os visitava tão cedo.
Pois... logo se viraram mais para o lado - para o Sol mesmo.
O seu amarelo clamava, de algum modo, a importância da sabedoria, como aliada na vida ao progresso. A integridade ajuda a localizar a realidade no ser.
E os girassóis balançavam suave. Então o que falta ajustar?...
Pois... o equilíbrio tem que estar presente tanto nas forças como nas qualidades. Tanto na harmonia como na suavidade da brisa.
O ar fresco balançava também o perfume dos girassóis. O sol também entrava amarelo no coração rosa, abraçando-o.
A vida é sempre um conjunto de coisas - ou de miudezas - com a importância que o céu lhes dá.
Hoje trago o perfume dos girassóis para o resto do dia.
E mais uma "dica" para a minha vida.

publicado por eva às 19:51

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds