Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

05
Set09

Férias

eva

As férias são ansiadas todo o ano, não chegam para metade do que queremos e quando acabam não sabemos bem o que foram exactamente para nós…
Depois, dia após dia, vamos sentindo de modo mais ou menos perceptível o seu efeito. Que seja este sentir de pior ou de um melhor equilíbrio entre nós e os nossos deveres, que são novamente agendados para todas as horas disponíveis – forçadamente disponíveis ou agradavelmente disponíveis.
É aqui, nesta fase, que lembramos as recomendações de pais e amigos que nos diziam para escolher os trabalhos que nos dessem gosto fazer, porque trabalhar por gosto não cansa nunca!
Enfim, na conjuntura moderna arranjar trabalho é tarefa bem difícil e se o trabalho nos agrada, então, é milagre!...
- Já viste a cancela?
- Qual cancela?
- Ali, no cimo da colina, uma cancela no meio daquela cerca baixa e branca de tabuinhas. Aquela figura, que parece um homem, está abrindo-a e acenando para entrarmos. E vês a passagem também com tabuinhas brancas no chão? Ele diz que devemos dirigir-nos para aquele edifício que se vê, logo ali à direita, e que devemos esperar até nos chamarem.
- Chamarem para quê?
- Para o que há-de ser? Para assistirmos às aulas e aprendermos tudo o que pudermos, claro!
- Mas eu não me inscrevi em aulas nenhumas…
- Pedi eu a inscrição e pelos vistos fomos todos aceites – que bom! Vais gostar!
- Mas do que é? Eu ainda estou de férias!
- Estás?
.

.

.
Fotografia do arquivo do Boston Globe
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Confúcio:  Escolhe um trabalho de que gostes e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida !
.
.

 
17
Jul09

Paralelo inacabado XIV

eva

Deitada e dormitando, entre o cansaço e a preguiça, começa a sonhar.
Os sonhos que são filmes.
Sonhos que são visões de imagens ora lentas e rápidas, ora simples e sobrepostas.
Um ser estende a mão em jeito de ajudar a passar por uma rampa.
Outra espera que ela apareça e acompanha-a, guiando-a com cuidado nesse caminho.
Está tudo muito bem iluminado e, às tantas, no percurso entregam-lhe roupas, ou vestes.
- Mas ela não estava vestida?
- Oh! Estava, estava. Mas aquelas eram vestes honrosas, tinham significado próprio. Assim como as sua cores. Porém, ela não aceitou e disse que deveria ser engano e não serem para ela.
- Estavam grandes ou não gostou das cores?
- Nem percebeu isso, porque lhas deram passadas e dobradas, como novas. Ela apenas achou que não tinha condições para as usar. Ela não era nada, comparada com quem lhas estava a dar. De quem, aliás, ainda duvidava da identidade que via. Tudo lhe parecia uma ilusão.
- O que era lógico, pois era um sonho – não era?
- Era o sonho dela!
.
.
.

Fotografia de Gregory Colbert
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Confúcio:  Nem todos os homens podem ser ilustres, mas todos podem ser bons !
.
.
14
Jul09

Hábitos

eva

Praia, areal, água – uma mistura ao agrado da maioria.
Uma mistura divertida e bem aproveitada por quem pode e está habituado a desportos ou outras actividades ligadas à praia, ao mar…
Geralmente são tempos de descontracção e, também, tempos de fricção quando não há entendimento entre pessoas e espaços.
São os dias de férias e de Verão por excelência de hábitos.
Em lugares ao ar livre consegue-se facilmente a descontracção que liberta do dia-a-dia. As pessoas sentem-se mais livres e soltas da sociedade e das regras que ataviam a personalidade ao longo de um ano.
- Às vezes é bem o contrário e as férias são um martírio em família.
- Sem dúvida! E a violência em tempos de namoro já é notícia de jornais.
- De qualquer modo, para quem pode e consegue relaxar nos espaços ao ar livre é como fazer uma cura do nervosismo que se foi instalando sub-repticiamente.
- Basta que vá respirando pausadamente e veja a natureza e as coisas ao seu redor com outros modos de ver – mais paciente.
- Mais paciente ou de modo mais passivo.
- Também! O importante é aproveitar novos e bons hábitos.
.
.

.

Imagem retirada da net

.

Disse  Confúcio:  Aprender sem pensar é tempo perdido !

.
.

09
Jun09

Aprendizagem

eva

As pedras tornam-se transparentes. Podem ver-se os veios interiores, ou por dentro, com toda a nitidez.
Aliás, todos os corpos densos da matéria, conforme são reconhecíveis, podem ser vistos transparentes e através deles.
A natureza, e até o planeta, podem ser vistos assim – como se fossem de vidro transparente.
- Está tudo doente e fraco?
- Não, nada disso. Estão mais elevados na sua essência. Isto é, estão em uma forma de energia menos densa do que habitualmente os vemos.
- E isso é bom?
- Sim, isto é, parece que sim.
- Qual é a dúvida?
- A dúvida é saber se ainda estou aqui, ou se estou lá…
- Lá, onde?
- Pois, olha, que não sei dizer-te. Mas lá não há sensação de cansaço e os movimentos são voadores, ou esvoaçantes.
- E vêem-se os corpos e tudo assim, transparente?
- Não, deixa explicar. Parece outro planeta ou outro mundo. Não conheço essas pessoas, mas todas ensinam algo novo ou completam o que já sei de outro modo. Digamos que expandem o meu entendimento, de modos diferentes dos habituais.
- E gostas?
- Pois gosto, é como ter a possibilidade de reinterpretar a vida de modo mais bonito e, por outro lado, com mais lógica e consigo uma compreensão mais ampla, ou ampliada. E sabes que mais descobri? Que tantas coisas que outros faziam e me constrangiam a ponto de pensar que, se calhar, actuavam propositadamente para ofender ou prejudicar…
- Sim?
- Pois imagina que foi sempre por ignorância deles.
- Deles por ti?
- Não, deles para com a sua capacidade de evolução e aprendizagem. Eles é que se prejudicavam muito mais a si próprios que a qualquer outro…
- Devemos traçar uma recta para nós, é isso?
- Uma rectidão de objectivos – é isso!

.
.

.

Missak Terzian - Vibrações
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Confúcio:  O conhecimento consiste em ter consciência tanto de conhecer uma coisa quanto de não a conhecer !

.
.

16
Out08

Amanhã continuamos

eva

Numa plataforma de pedra branca caem flores – é uma homenagem.
As pessoas homenageadas estão emocionadas e vão agradecendo, uns de pé, outros de joelhos.
Parece que fizeram um bom trabalho mas, segundo a opinião geral, tal não seria possível sem a ajuda de outros tantos, que nunca são conhecidos, mas que foram imprescindíveis para a boa condução de todas as tarefas.
O dia já vai alto quando começam as despedidas e a dispersão típica para cada um voltar aos seus afazeres habituais.
Brilham labaredas de um fogo que não arde, mas que purifica sem ferir ninguém – é um fogo de renovação.
A luz e o calor fazem-se sentir na paisagem, que agora é um sereno lago entre montanhas.
Olhando a água com atenção é possível sentir alguma da sua frescura.
E, agora, tudo em volta está em tons róseos – desde o rosa pálido ao laranja suave.
E tudo parece, também, acetinado ou, será melhor dizer, nacarado…
Todos querem seguir a luz, que em tons de amarelo, ameaça ir embora porque o dia vai ceder à noite.
As noites aqui são claras e apenas mais sombrias e frias que os dias.
Todos se regozijam com os bons resultados alcançados e se felicitam mutuamente.
Mais uma tarefa cumprida. Amanhã é dia de iniciar outra.
Amanhã…

.
.
.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Confúcio:  Ouve e esquecerás, vê e recordarás, faz e saberás !
.
.

09
Set08

Ao fim do dia

eva

Pensamentos, pensares ou modos de pensar.
Pensamentos que «nem o lixo os quer» e que transmitem ansiedade e sofrimento, de modo repetido.
E pensamentos sublimes que dão paz e bem-estar.
O ser humano é aquilo que pensa e a vida que leva; os desgostos ou o desafogo que vai sentindo vão alinhando a sua forma de pensar.
A auto-educação dos pensamentos, a sua disciplina, é outra questão – é uma forma activa de viver.
Todo o nosso ser transmite as nossas tendências mentais, as nossas construções ideológicas e, finalmente, o produto disso são os pensamentos ou os espelhos de nós em nós.
Ao fim do dia podemos fazer uma lista dos pensamentos que tivemos nesta ou naquela ocasião e relacionar as lógicas aplicadas em cada situação.
O que somos? Somos essa pessoa que foi capaz de reagir exactamente assim perante os diversos estímulos do exterior.
Se não gostamos dos resultados da análise podemos sempre disciplinarmo-nos e ser melhores em auto-correcção.
Se gostámos – ainda bem!

.
.
O Jardim Secreto - Marcel LorAnge
.
.
Disse  Confúcio:  De nada vale tentar ajudar aqueles que não se ajudam a si mesmos !
.
.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D