Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

15
Set09

Pontos de ética

eva

Pensamentos correctos, atitudes correctas, palavras correctas, viver de modo correcto, etc., etc.
São vulgarmente chamados pontos de ética, ou seja, comportamentos correctos para o próprio indivíduo, para a sociedade em que se insere, para o meio e ambiente natural que o rodeia.
Ainda dizendo de outro modo – um modo de estar do indivíduo que lhe permite progredir na elaboração das suas ideias e concepções, assim como a sua vida deve promover o progresso de tudo em que interfere.
- Essa interferência é de modo amplo, não é?
- Pois é! Desde as energias que concentra no seu interior como as que expande em seu redor, a todos os instantes e em todas as ocasiões.
- Mas é impossível alguém sentir e promover sensações boas de si para si e para os outros! Porque é este o significado, não é?
- Mas é possível tentar, tentar sempre. Assim como é possível desfalecer destas tentativas, esmorecer na vontade e falhar nas forças. E tudo isso são vicissitudes do percurso de cada um. E tudo isso são aceitações das fraquezas e forças próprias e da vontade de melhorar.
- E porquê ter vontade em melhorar, sobretudo quando se acha que se vive bem, confortavelmente e estimando-se a si próprio?
- Porque quem se estima a si próprio sente que consegue ser melhor daquilo que é, e que pode progredir. Quem se estima também estima o melhor de si e então a vontade de melhorar não só é instintiva como intuitiva.
- Então a vida é sempre uma luta que só acaba na morte.
- A vida pode ser vivida evoluindo em harmonia, como o ritmo das estações no ano – ora frio, ora calor, ora vento, ora brisa – tudo se equilibrando ao fim do ano, tudo com a utilidade de cada dia fruindo de hora a hora, de ano em décadas. E quanto à morte, que dizer se pensarmos na ideia que ela é só uma passagem desta vida mais física para a vida eterna, mais espiritual? Tantos falam convictamente disso – será só esperança…?

.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Camilo Castelo Branco:  A verdadeira lei do progresso moral é a caridade !
.
20
Jul09

Vento feroz

eva

Chegámos a uma cidade deserta ou melhor diríamos – fantasma. Corria um vento que ferozmente nos arrastava mais para trás do que para onde desejávamos seguir.
O vento levantava também areia e terra a ponto de mal podermos abrir os olhos, ainda que protegendo-os com as mãos e até os braços adiante.
As casas pareciam desabitadas e a desolação era completa.
Depois da caminhada apetecia algum preparo de civilização ou aconchego, mas tal parecia impossível.
Não percebíamos absolutamente ninguém, nem nada, nem perto nem longe.
Após um andarilhar pelo que teria sido uma larga avenida, pressentimos uma figura.
Era uma pessoa deitada no meio da dita avenida, meio enterrada com as areias e outras coisas trazidas pelo vento.
Deduzimos então que aquela ventania já deveria durar há certo tempo e que não seria tão repentina, como pensáramos a princípio.
Isto porque, ao longo da nossa caminhada, esteve sempre um tempo aprazível e ameno.
Apenas ao chegar ali é que topámos com o temporal.
Voltando ao meio-soterrado, começámos a tentar destapar-lhe a cara e verificar o seu estado.
Estava muito desidratado, mas vivo e era um homem já de idade avançada.
Nisto, ouvimos um gritinho de aflição – pai!
Foi quando compreendemos que ele era o pai de uma mulher que estava connosco.
Ele foi recuperando aos poucos e fazendo um grande esforço para falar, assim que reconheceu a filha.
Disse-lhe com a voz muito embargada que estava à sua procura, mas outros o agarraram e soterraram ali mesmo, para que morresse.
Porquê?!! Sabia lá ele. Ele só procurava a filha para a alertar do mau tempo que vinha ali por ela. Por ela!?
Pois.
.
.

.

Jessica Adams - Tempestade
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Camilo Castelo Branco:  No amor que nos dão é que nós graduamos o que valemos em nossa consciência !

.
.

15
Jul09

O que faz girar o mundo

eva

Amor – ontem, hoje e sempre – é a energia que faz girar o mundo.
Não falamos do amor-paixão, ou instintivo ou animalesco. Falamos do AMOR, da sua pureza e força energética poderosa.
Amor que evita guerras, incompreensões, vaidades, arrogâncias, caprichos e atritos de qualquer espécie.
Amor que promove o bem-estar dissolvendo ódios e qualquer quezília.
Amor que harmoniza e cria os momentos elevados de paz.
Amor que faz sentir uma tal sublimação de nível de vida que, ao ser sentido, ninguém quer deixar de sentir.
Amor que transforma para sempre esse que o sente.
Amor que transforma a saúde e a vitalidade.
Amor que muda tudo em redor.
Amor que muda o mundo.
Se eu mudo por amor, o mundo muda também e eu mesma o vejo amorosamente diferente.
- Se assim fosse…
- Se assim fosse viveríamos num mundo paradisíaco, e não na Terra de hoje. Cabe a cada parte fazer a sua parte e o todo muda na inter-relação com as partes.
- A esperança nunca morre?
- Não pode, não lhe dou autorização para isso!
.
.

.
Imagem retirada da net

 .

Disse  Camilo Castelo Branco:  O amor é uma luz que não deixa escurecer a vida !

.
.

23
Abr09

A porta fechada

eva

Recibos e talões. Assinaturas e códigos. Trabalho e repartições.
Para muitos resume-se assim a vidinha, sem a mínima noção do que a vida é para a maioria das pessoas.
Para uns há a importância acrescida de uma família.
Para outros há casas vazias para passarem os seus dias.
- Ela encontrou a senhora da escada. Aquela que estava sentada nos degraus à espera dela. E depois de conversarem um pouco foram subindo, juntas, os degraus que faltavam subir na escada. A senhora abriu a porta que esteve fechada até agora.
- Onde vai dar?
- Não sei, não se consegue perceber. Mas parece-me que é para o exterior, a céu aberto.
Ela, a mais nova, levava a esperança de ser livre.
- Livre de quê? Não estava presa, pois não?
- Isso não sei. Apenas sei que se animou um pouco. Tem estado sempre tão triste a chorar pelos cantos.
- É da cabeça, não é?
- Sim, não lhe dá para mais.
- E não pode melhorar?
- Bem, ela sente a esperança e identifica o seu significado na reconstrução da sua personalidade e sabe que quem tem esperança segue sempre em frente…
.
.
.

René Magritte - O território
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Camilo Castelo Branco:  A verdade é às vezes mais inverosímil que a ficção !
.
.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D