Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. No mundo de bem-querer

. Maternidade

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

No mundo de bem-querer

Portão que se abre estrondosamente. Vozes que se fazem ouvir bem alto.
É dia e princípio de tarde soalheira e um bebé que vai passear com os pais.
É uma recordação que volta. São os sonhos desfeitos de um bebé que não deixaram nascer.
São os choros que se ouvem ano após ano. São choros das entranhas de uma mãe e de um passado.
Um passado em que a opinião dos outros contava tanto ou mais que a sua.
Um passado sem condições, sem trabalho e sem dinheiro.
Um passado de sujeição à família e à sociedade.
Todos esqueceram, outros ainda ignoraram e dois seres ainda choram e sentem o choro de um pelo outro.
Às vezes, junto com o choro, solta-se um grito que as mãos, rápidas, travam ainda na boca.
E o tempo prossegue…
E o bebé foi passear e volta feliz.
Quando os exames médicos mostram bons resultados todos ficam felizes.
E se não estivessem? Que faria a classe médica? Continuava apurando a raça?
- No mundo de bem-querer, bem-fazer e bem-parecer poderão conviver o amor de mãe e a ciência médica?
- Tudo é possível, sobretudo se as ideias adquirem a face adulta do raciocínio e da responsabilidade.
- Há lugar para a irresponsabilidade?
- Junto dos mal-entendidos há sempre um lugar para a irresponsabilidade, assim como para um esclarecimento racional e, porque não, emocional.
.
.

.

Gregory Katsoulis
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Rabindranath Tagore:  O mistério da encarnação repete-se em cada mãe: toda a criança que nasce é Deus que se faz homem !

.
.


publicado por eva às 23:52

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Maternidade

Futuras mães que aguardam, cheias de ansiedade, para verem o filho que trazem consigo.
E já no fim do tempo certo, pelas luas e sóis que passavam e deveriam passar sobre o momento da fertilização, ei-las com os seus recém-nascidos.
Há uma transformação em todas elas, que vê quem quiser ver.
Até naquelas que, a seguir, dão os filhos para adopção ou os abandonam.
Mais visível nas que se sentem felizes por pegar-lhes e tê-los ao seu lado.
Em todas há uma percepção do que realmente é importante na vida.
O filho, como dezenas ou milhares de outras razões por que vale a pena viver e, por vezes até, dar a vida.
Hoje é dia de pesagem e medição de recém-nascidos pelas enfermeiras do posto médico regional e, por isso, é um entra-e-sai constante de mães e bebés bem apertados no colo, porque o frio já se faz sentir.
Depois da aventura clínica e em soluços ainda suaves, todos querem mamar.
Nitidamente o transtorno, para todos eles, deve ter sido grande.
Todos se aninham mais de encontro ao regaço querido e alguns já sabem estender os bracitos, na tentativa de se segurarem melhor nesse colo que, às vezes, desaparece para ficarem “ao léu” com outras «mães» a pegar-lhes.
Episódios maternais são da maior doçura e encanto.
São para recordar sempre como algo importante na nossa vida. 
.
.

 .
Salvador Dali
.

♪: Live is Life - Opus

publicado por eva às 08:43

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds