Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Ajudas

. Confiança em nós próprios

. O nosso mundo

. Importância e banalidade

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 31 de Março de 2009

Ajudas

- Será que somos agradecidos?
- Hã?
- Às vezes temos ajudas de quem não esperamos. Às vezes não percebemos as ajudas que temos para resolver isto ou aquilo. Às vezes, em situações críticas, sentimos calma e discernimento quanto à atitude a tomar. Outras vezes, por uma ninharia, estamos ansiosos e enervadíssimos, com tremuras, etc
Nuns casos, somos auxiliados para ultrapassar essas situações. Noutros, deixamo-nos levar pelo pânico, desgosto ou outro desequilíbrio.
- Mas, como sabemos disso?
- Todos temos conhecimentos e sensibilidades que nem suspeitamos e que aparecem, ou se manifestam, em alturas próprias. Ou por nossas próprias capacidades de épocas mais recuadas, ou por capacidades actuais, em face de situações em que nos é útil o seu surgimento, e elas fazem-se sentir.
- E como funciona isso?
- Do modo mais simples – o intuitivo. Sentimos que devemos fazer assim ou doutro modo e vamos realizando o que nos diz respeito.
- Então, ninguém sabe por que age assim ou assado?
- Ohh! Alguns sabem perfeitamente. Outros, não! Uns querem saber mais; outros, não. Uns usam de sabedoria na sua vivência, outros vão vivendo.

.
.

.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Alfred Montapert:  O seu instinto leva-o mais longe que o seu intelecto !

.
.


publicado por eva às 19:39

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

Confiança em nós próprios

Confiança em nós próprios e em algo divino superior a nós, um símbolo de perfeição eterna, faz com que se encare a vida com sentimentos de esperança.
Essa esperança ultrapassa o presente e projecta-se no futuro ainda desconhecido.
Ultrapassa até a morte, porque essa perfeição divina a que os católicos chamam Deus simboliza também a vida além da morte.
Daí decorre, de modo claro, a responsabilidade das nossas opções nesta vida.
Por isso, quem tem a felicidade desta confiança, muitas vezes resolve entregar a Deus os problemas que não consegue solucionar.
Com essa atitude pretende lhe seja enviada alguma luz para discernir as melhores opções a tomar, incluindo o nada fazer e esperar fielmente pela ajuda divina.
Os mais convictos consagram-se a Deus e seus desígnios sem delongas nem preferências materiais, muito menos exigências ou pedidos de qualquer espécie.
Ora está aí um ano inteirinho para a execução dos propósitos de cada um.
- Então e os tais que se entregam a Deus? De quem são os propósitos – deles ou de Deus?
- São deles em nome de Deus.
- Então são deles!
- São, mas guiados por Deus.
- Por isso não erram…
- Não deveriam, se forem suficientemente honestos, pois deveriam aperfeiçoar-se dia-a-dia.
- Isso pode ser considerado preguiça, não pode?
- Pode. Mas, essencialmente, a intenção é cumprir as leis divinas acima da sua vontade.
- Ou seja, mesmo contrariando a sua vontade instintiva, deve fazer o que a sua intuição manda, bem cumprindo as leis de Deus.
- Exactamente.
- Então, não é fácil não.

.
.
.

de Gregory Colbert
Imagem retirada da net


.

Disse  Alfred Montapert:  O seu instinto leva-o mais longe que o seu intelecto !
.
.

publicado por eva às 23:58

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

O nosso mundo

Pérolas caem levemente, como se em vez de pérolas fossem botões de algodão.
Vão esvoaçando até chegarem ao chão, ou tocarem em algo - pessoas, mobílias, etc.
São tão bonitas quanto nos deixam suspensos nos seus movimentos leves e deslizantes.
Todos estamos de olhos fixos nelas. De onde vêm? Porquê? – São as perguntas que todos pensamos, mas que ninguém fala.
As tais pérolas mudam de cor, ou melhor de tonalidade e brilho.
Parece que estamos em algum lugar encantado, onde estamos nós e outros.
Outros, que suavemente vão passando por nós e prosseguem nas suas tarefas.
Parecem muito compenetrados, mas têm sempre um gesto afável para com aqueles que vão encontrando.
Nós, nem por isso. Ou não reparamos neles ou ficamos admiradíssimos a olhar e nem um aceno gentil conseguimos fazer.
Enfim, rudeza nossa – é o que é!
- Então que queres, parece ser um outro mundo à nossa frente.
- Qual o quê, é só uma questão de hábito e pensamentos menos convencionais. Se os estabelecêssemos quais premissas matemáticas, conseguiríamos aceitar todas as hipóteses como prováveis, ou possíveis, até as confirmarmos, ou refutarmos, ou deixarmos em espera até se encontrarem mais probabilidades para o desenvolvimento conceptual.
- Ou seja, devemos aceitar todas as hipóteses que nos surgem como possíveis realidades do nosso mundo.
- Do nosso? Mas nós somos donos de algum mundo? Se ainda nem sequer se consegue definir o mundo, quanto mais um mundo
.
.

.

Imagem retirada da net

.
.

Disse Alfred North Whitehead: O progresso fundamental tem a ver com a reinterpretação de ideias básicas !
.
.

publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Importância e banalidade

Mona Lisa de sorriso enigmático, ou encantador, ou nem sequer a sorrir.
As interpretações deste quadro, tão pequeno, são demasiado variadas.
Até tem canções, referências em romances - que sei eu!
E afinal, resta sempre a mesma pergunta: que tem de especial este quadro?
- Eu acho que é, precisamente, o ninguém perceber bem o que é.
- Pois é, com aspecto tão simples, é uma espécie de puzzle para as nossas cabeças.
- Vamos a ver e a questão é mesmo assaz simples.
- Como em criminologia, o mais simples é o pormenor que muda todo o cenário e a interpretação da acção.
- Geralmente é assim mesmo. O que menos importa, o  aparentemente mais insignificante, pode ser o elemento primordial.
- Bem, isso não será apenas com a Mona Lisa porque isso é o que acontece todos os dias. Nós é que complicamos o simples e nem sequer acreditamos que as coisas (e as pessoas) possam ser assim.
- Tão banais?
- Parece ser isso mesmo. Queremos à força lidar com "importâncias" em vez de simplicidades.
- Discernir o que é mesmo importante, eis a questão!
.
.

.

Imagem retirada da net

 ..

.
Disse 
Lord Alfred Northcliff :  um jornalista é alguém cuja profissão consiste em explicar aos outros aquilo que ele mesmo não entende !

.

.


publicado por eva às 08:36

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds