Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Importa ser

. O princípio simples

. Hoje... amanhã

. O poder de ser

. Sou do tempo em que

. Formas de vida

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

Importa ser

ada macaco no seu galho!

Cada um na sua categoria, especialidade…

E se não há especialidade alguma, que fazer?

Fazer nada ou fazer de tudo ou ir aprender mais.

Importa adaptar-se às circunstâncias que vão surgindo.

Importa a integridade de ser.

Importa o exemplo de conseguir.

E os meios que se agarram para isso.

Importa… então… ser!

Com simplicidade e devoção ao Bem e à Paz.

 


publicado por eva às 19:18

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

O princípio simples

s casas são refúgio. As cabanas, os palácios, são exageros.

O lar é consolação das famílias.

As quintas são subsistência familiar.

As florestas são oxigénio.

As fontes, rios e mares são água e sal.

As árvores de fruto são alimento.

A natureza tanto dá e também tanto retira com as suas hecatombes.

Uns resistem, outros não.

Tudo é alvo de transformação, de transmutação.

Tudo se adapta.

Talvez o homem um dia se adapte a viver em comunidade, sem querer a supremacia.

Talvez os homens um dia queiram viver em paz.

- Para isso têm que começar pelo princípio, que é sentir paz em si próprios. São os indivíduos que formam pequenas e grandes sociedades em consonância com os pensares prevalecentes.

- Pois tudo começa pelo princípio simples. Tão simples que, por vezes, nem é notado.

- Paz! Paz para todos.

 


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

Hoje... amanhã

oje estamos aqui

Amanhã estaremos ali

As mudanças são para aceitar

As mudanças implicam evolução

Mesmo que aparentemente não sejam

A nossa adaptação à mudança é

Assim vamo-nos renovando

Vamos aprendendo a mudar

Aprendendo que nada

É igual a ontem

Que nós mesmos

Não somos iguais

Aprendemos que tudo muda

Constante e intransigentemente

E que o poeta tinha razão

- O mundo é composto de mudança.



publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

O poder de ser

ovemos tudo em redor. Alteramos até a nossa maneira de pensar. Refazemos tudo o que nos for possível. Enfim, fazemos de tudo apenas por um simples objectivo!

- Apenas? Simples?!
- Sim, porque sempre que tal é necessário por nós mesmos, não o fazemos. Ou então, vamos protestando e queixando sempre das vicissitudes. Mas, por exemplo, se acharmos que a saúde dum filho precisa determinados sacrifícios, revolvemos o nosso mundo sem um queixume, sem uma dor que não seja a de chegar aonde queremos.
- Visto assim, parece um acesso de loucura.
- E de certo modo até é. Mas o que queria sublinhar é o quanto somos capazes de fazer por um ideal que nos mova, que nos projecte no infinito poder de ser. Ou seja, somos capazes de alterar um infinito de situações, que geralmente foram criadas por nós mesmos, em função da necessária adaptação a outras.
- Queres dizer que podemos ser tudo o que quisermos ser?
- E que é preciso querer com muito denodo e tenacidade para manter depois esse estado.
- Em princípio é um estado melhorado, não é só pela saúde dos filhos? Pode ser por objectivos profissionais, etc e tal, não pode?
- Pois… hummm… que queres dizer exactamente?
- Que, apesar de ser meio do dia, vou deitar-me e dormir.
- Agora?
- Ainda estou com o sono atrasado das festas e devo ficar melhor se dormir. Vou alterar assim completamente a minha habitual agenda por um objectivo premente e que irá repercutir-se grandiosamente no futuro próximo das horas seguintes.
- Ah! Não há dúvida que há um falar e grandiosos entenderes…
 

 


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

Sou do tempo em que

Sou do tempo em que o chá, ou o café, eram uma desculpa para encontro entre pessoas amigas, um tempo de visita a casa doutros e, mais tarde, ao café ou pastelaria a meio-do-caminho entre todos.
Tudo se foi tornando mais impessoal, mais individual e hoje as visitas são por mail ou msn ou semelhantes.
Sou do tempo em que mais meia hora, ou menos meia hora, só fazia diferença para apanhar o comboio.
Poderia sentir-me envelhecer, mas não sinto! Sinto-me bem por viver anos de vida tão ricos em transformações.
Gosto do esforço de adaptação porque puxa por mim!
Gosto de sentir que estou sempre a aprender e que tenho hoje conhecimentos que nunca pensei possíveis.
Porque hoje tenho a bagagem cultural que a instrução sonhada deu e porque essa bagagem me permite ter sempre o olhar mental disponível para novidades melhores que as anteriores.
Porque, ao olhar para trás, vejo um carreiro de esforços e alguns dos resultados pretendidos.
- E não tens saudades do tal tempo de chá?
- Oh! Se tenho! O do café era mais para estudar e para os estudantes em horas de exames, eh eh!
- Já foste experimentar os bolinhos caseiros daquele cafezinho ali? As mesas permitem ficarmos sentadas mesmo em frente da saída das fornadas e, assim, podemos escolher e ainda os comemos quentinhos… a ferver…
- Verde! Cruzemos já!

.
.

.
Julius LeBlanc Stewart - O chá das cinco
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Marcel Proust:  Os paraísos perdidos estão em nós mesmos !
.

.


publicado por eva às 12:29

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Formas de vida

A luz brilhou e a vida começou a pulsar com mais vivacidade e beleza!
- [em sussurro – Estás a contar uma história?
[- Estou, a da vida conhecida na Terra.
[- E eles estão a gostar?
[- Ainda vou no começo, mas pelo menos estão atentos.
[- A bonecada e o filme ajudam…
[- Sim, hoje o áudio e o visual fazem parte indissociável das nossas rotinas. Mas também quero crer que lhes dou interesse pelo modo como lhes conto a Criação.
[- Sem dúvida e sem ofensa, mas a projecção ajuda muito.
[- Eu sei, até a mim que gosto tanto da matéria. Mas deixa-me dizer-te que a música escolhida também colabora para o agrado de todos.
[- Oh! Sim, definitivamente sim. É como o som da locução, o que não é audível perde metade do interesse]
- A força da luz promove outras formas de vida que se desenvolvem mais rapidamente com a água e o oxigénio. Ou seja, são formas adaptadas a estas necessidades para a sua evolução. Pois que, como é evidente, cada forma de vida tem necessidades próprias.
As que existem em minas, por exemplo, não resistem à luz nem a demasiado oxigénio. Há inúmeros seres, todos diferentes e semelhantes - se considerarmos que coexistem no Universo. Ou que o Universo é habitado por milhões de seres diferentes conforme a condição que têm para viver.
Assim como há milhões de formas de vida e outros tantas em adaptação e transformação graduais. A cada dia, a ciência nos dá provas disto. Algumas pessoas já o sabem antes da ciência o provar.
- Ahh! Tens a certeza?
- Que esperas por resposta?
.
.
.

Macropinna mircostoma - Peixe transparente
(Os olhos estão dentro da cabeça. Os dois orifícios à frente, são órgãos olfactivos)
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Blaise Pascal:  Tudo o que é incompreensível, nem por isso deixa de existir !
.
.

publicado por eva às 16:48

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds