Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Da consciência lúcida

. Exames

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009

Da consciência lúcida

Sonhamos e desejamos sintonias com planos mais elevados de consciência.
Desejamos e tentamos, por diversos modos, a reunião com outros que julgamos mais elevados que nós.
Contudo, são poucos os que se querem elevar por si e em si mesmos. E acontece também que, ao julgarem-se erroneamente, podem escolher, precisamente, os que não são as direcções nem os caminhos elevados.
Essa reunião, para ser possível em estado de Graça é necessário estar já em estado de voo para os lugares mais elevados.
A reunião dá-se por merecimento e por acerto de direcção, de canalização de energias para determinado nível espiritual e não por desejar, ou evocar, ou invocar, tal vontade…
O indivíduo deve estar já posicionado moral e eticamente nessas direcções, porque senão os seus desejos são aproveitados noutras direcções, mais baixas, e tudo será um ledo engano. E o seu resvalar poderá vir a ser contínuo e agravado a cada instante.
Cuidado, pois, com o que se deseja de modo descontrolado da razão e da lucidez, das possibilidades que não foram trabalhadas com muito amor e abnegação.
A personalidade de cada um merece todo o trabalho possível e até ao raiar do que parece impossível, com toda a humildade do nosso ser.
Então o caminho já estará acertado e aberto à promoção do ser; trata-se, apenas, de se permitir caminhar por ele, como uma criança que ensaia os primeiros passos periclitantes e olhando para o auxílio de braços carinhosos, que atentamente esperam esse ser na luz maravilhosa do despertar da consciência lúcida…
- Isso é possível a qualquer pessoa?
- É possível para todos os que se apliquem em esculpir a sua personalidade-base em qualidades e virtudes que considere divinas e que queira transfigurar, transubstanciar para si mesmo. Essa transformação está, pois, ao alcance de todos e do entendimento lúcido.

.
.

.
Vincent Van Gogh (inspirado em Jean-François Millet)
Os primeiros passos
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Heráclito de Éfeso:  A todos os homens é permitido o conhecimento de si mesmos e o pensamento correcto !
.

.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 31 de Outubro de 2009

Exames

Vamos imaginar que estamos num exame oral, dos antigos.
Isto é, que temos, aproximadamente, 10 minutos para mostrar o que aprendemos no último ano, a bagagem da nossa cultura em termos globais, a capacidade do nosso entendimento e dialéctica, assim como a velocidade de raciocínio e de re-conjuntura estrutural dos nossos conhecimentos perante a resposta solicitada.
- Já agora, convém não esquecer que era isso tudo à frente de professores que, geralmente, nos amedrontavam e que não conhecíamos, à excepção de um – o nosso, do ano lectivo.
- Exactamente! E isso era uma prova exigentíssima para quem estudava ou por quem era responsável por si e pelo seu saber.
- Mas lembras isso porquê? Era uma prova simplesmente horrível pela sobrecarga de nervos que implicava, a ponto de muitos, sabendo perfeitamente a resposta, sofrerem de uma amnésia ou mudez imediata e compulsiva, que não lhes permitia qualquer hipótese de responder em tempo útil.
- Pois, pois… Era uma lástima ver bons e conscienciosos estudantes falharem, mas também era agradável ver e ouvir outros tão aproveitadores dos estudos feitos. Enfim, era uma prova de 10 minutos para decidir o futuro…
- Mas a que vem essa lembrança?
- Vem a propósito de me perguntares o que é para mim a vida. Pois, a vida é para mim um exame que decorre em minutos, se pensarmos na eternidade do espírito ou na existência infinita do ser. Nesses minutos, que para nós são 50 a 80 anos em média, estamos confinados a um determinado espaço e corpo físico. Além de milhares de condições e condicionalismos que nos são dados, temos que prestar prova de exame das nossas capacidades e conhecimentos a cada dificuldade e da nossa humildade a cada sucesso, tudo muito bem temperado com Amor.
- Achas? Parece uma história-base de ficção…
- Imagina então que estamos como num cenário, em que os adereços são os problemas e vicissitudes do nosso passado, que ali aparecem para provarmos que já não os resolvemos agora como anteriormente e que os resolvemos de melhor modo – para nós, para os outros intervenientes da situação e do processo, assim como respeitosamente para todo a ambiente natural que nos rodeia. Todos e tudo faz parte de uma criação magnífica, que tem leis muito próprias a regê-la. Leis essas que são para se cumprir e que o Amor ajuda e incita a resolver correctamente.
- Então o amor…?
- O amor não tanto, mas o Amor – esse é a maior força do universo, a mais poderosa lei cósmica que existe e que nos subsidia a evolução…

.
.

.
Rafael - Pormenor de A Escola de Atenas
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Heráclito de Éfeso:  Não nos banhamos duas vezes na mesma corrente do rio !
.

.


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds