Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

27
Abr11

Alquimia do Universo

eva

á reparaste que os humanos aprenderam a cantar ao querer imitar os pássaros e
seus chilreios?

E que a maior parte dos empreendimentos do homem tem a mesma relação, isto é,
pretendem ser imitações do que já existia na natureza, noutros seres?

Ao querer voar, nadar e navegar para outras terras. Ao querer correr e saltar, etc.
etc.

Sim, pois, muitas das actividades têm a ver com a sobrevivência, é claro.

Mas também com a vontade de imitar e superar tudo o que vê.

Tal é causa do seu progresso, como também é causa do transtorno das guerras,
superioridades militares, etc.

Na procura de viver saudável inventa curas para as doenças e em simultâneo inventa
alimentos mais ou menos esquisitos.

O homem ainda hoje é um alquimista do universo.

O homem ainda hoje não percebeu que o ouro ou o cristal do alquimista é tão
apenas o dom de amar e de tudo alterar, promovendo o progresso e melhorando,
com o amor infinito, a sua própria paz e apaziguamento de pensares e atitudes.

O homem também há-de perceber como chegar a ser um homem em paz.

- Olha, vamos em paz beber um sumo, que estou cheia de sede. E vamos desfrutar da
boa paisagem que este país tem a cada recanto, a cada curva da estrada, a cada
esquina das casas. Gosto de aproveitar enquanto posso caminhar, ver, ouvir…

 

15
Abr11

O pulsar da vida

eva

legria – o que é?

Gargalhadas – o que são?

Risos – a que propósito vêm?

Rir é paixão

Amor, sensibilidade

A transparecer por tudo

Por tudo e por nada

Por estar vivo

Por sentir a Primavera

A Primavera da vida

O pulsar da vida

Da vida em nós

Em cada veia

Em cada respiração

Vida, vida!

Vive tu também

O céu azul, o mar azul

A terra seca e húmida

A vegetação em mil tons

Tons da cor verde

Que um dia a chuva

Virá lavar e fazer sentir

Sentir o cheiro da terra

Da terra mãe

Que regularmente

Dos maiores rigores

Tem forças para florescer.

 

23
Jan11

Alvorada

eva

a alvorada da história da Humanidade temos que considerar…

- Uff! Porque será que estes historiadores apenas consignam a alvorada humana e o aparecimento e progresso dos homens em termos físicos?

- …?? Porque eles são historiadores?

- Evidentemente. Mas ainda hoje há seres que, convivendo connosco nesta época da Humanidade, ainda estão na noite do seu ser, aliás, nem conseguem prever o dia que mais tarde se iluminará. Para eles a vida é uma noite consecutiva, um negrume de interesses.

- … Mas…

- Para eles, como para muitos de nós, nascerá uma alvorada e então tudo se iluminará em seu redor e, neles mesmos, a sua essência brilhará noutra luz, noutro entendimento.

- …?? O cérebro altera-se?

- A mente projectará bons sentimentos seja por quem for, seja pelo que for, porque não conseguirá sentir de outro modo que não seja vibrando em energias de Amor tão puro quão grandioso.

- Por enquanto e para mim – viva o amorzinho que tenho lá em casa e vai sair para o trabalho.


05
Jan11

Responsabilidades

eva

ostas deste casaco? É quente não é?

Pois foi, recebi no Natal e se assim não fora não o poderia ter hoje comigo.

Pois é! Sem dúvida que o Natal-festa é uma oportunidade para muitos conseguirem ter algum conforto que durante o ano vai passando ao lado, digamos assim.

Outros, coitados, nem no Natal sentem algum bem-estar.

Às vezes parece que o mundo funciona às avessas e a nossa capacidade de justiça fica de rastos.

Então descobrimos que nem essa nos compete, apenas ser justos em nós.

Porque dos outros… eles mesmos cuidam e a responsabilidade do que fazem pertence a cada um.

A cada um pertence a sua interpretação da vida e o que nela fazem, como se caminhassem em estrada por desbravar.

A cada um as suas obras e para todos a maior tolerância e benevolência possíveis.

Porque há os que não entendem melhor, há os que entendem e tentam tirar o maior proveito de tudo, como é uso dizer-se à chico-esperto, e há os outros que tudo percebem e se horrorizam ou, já sem se constranger, tudo aceitam com humildade e caridosa benevolência.

O que sobra, o que resta do ser a cada ordem de vida, a cada ordem evolutiva é o Amor e a Piedade em abrangências cada vez maiores.

Resta um ser transparente e radioso de luz, sem nada mais que possa ensombrar um pontinho que seja dessa imagem transparente de si.

Se é assim que as coisas se passam? Ah, pois é!!!


01
Jan11

Feliz Ano Novo

eva

no Novo! Novos projectos, renovadas esperanças, um sopro de saúde mental nas preocupações excessivas, nas alegrias embriagadas…

Sensatez, pensamentos de Paz, Piedade e de Amor, que resume e expande qualquer outro sentimento.

Faz tempo que conversando com uma velhinha de bem ela dizia que já não se chocava com as atitudes das pessoas, fossem essas atitudes quais fossem.

E alguém retorquia que ainda não tinha chegado lá…

Ela olhou vendo e, com muita calma, respondeu que deveria haver ali engano, porque se calhar já se tinha chegado a esse ponto mas ainda não se percebia…

Hoje gostaria de lhe falarmos e dizer que mais cego é aquele que não quer ver, pois esse não consegue ver mesmo…

Sensatez ajuda na aceitação da vida que se leva e a que se pode levar.

Amor é a maior força do Universo, é o som e o silêncio, o véu e a visão cristalina, o ego e a gota que não faz diferença no mar mas mantém toda a riqueza da personalidade consciente.

 

UM ANO FELIZ!!!!!

 

30
Dez10

Pais e filhos

eva

ais e filhos

Que serão pais um dia

E os filhos que pais serão também

Mudam as gerações

Alterna a raça

Não mude o amor

Que pai não é para ser padrasto

Nem a doçura de mãe é para ser abalada

O amor paternal e filial

É para ser mantido como uma chama acesa

Que tudo ilumina

Imitando o amor maior

Afinal a maior força universal

O Amor absoluto.


22
Dez10

Flores!

eva

lores! Tão bom poder tudo transformar em belas flores.

Flores!

São o florescer da erva daninha, como da planta, do arbusto e da árvore…

Flores!

São as crianças e os sonhos, são os adolescentes e os adultos.

Flores!

Poderão ser as contrariedades ultrapassadas, poderá ser a doença e a cura…

Flores!

Poderão ser todos em redor, poderá ser tudo!

Se deixarmos florir regando tudo…

Com elixir do Amor


15
Dez10

O nunca não existe

eva

- unca!

- Olha, começa por aprender que o nunca não existe!

- Hã?

- É isso que te digo – o nunca não existe! Tudo, mas absolutamente tudo é possível de acontecer. O mais evidente hoje poderá ser a maior falsidade amanhã, o que hoje é seguramente nosso amanhã pode perder-se como se nunca tivesse existido, a melhor amizade de hoje pode chegar a ser desconhecida ou até a querer ser olvidada, o melhor emprego pode desaparecer simplesmente, e por aí afora.

- Então não vale a pena lutar pelas coisas?

- Vale a pena empreender bons projectos e responsabilidades, mas não achar que se é o dono do mundo, porque ninguém o é. Há leis cósmicas que nos ultrapassam e quando nascemos já havia quase tudo o que actualmente nos rodeia. Por isso deixemos veleidades para trás e prossigamos o caminho das nossas vidas com o melhor de nós.

- Aceitando tudo?

- Aceitando as vicissitudes e alegrias que vamos tendo e ajudando-nos a valorizar o melhor de nós, da humildade ao amor fraterno e compassivo.

- Então em vez de nunca

- Talvez seja melhor pensar que poderá haver outras soluções, premissas não revistas e outras possibilidades ainda desconhecidas – sempre!

- Então… até sempre!

- Até amanhã!

 

04
Dez10

Porque não o vês tu?

eva

igo-te que é assim mesmo, tal e qual! É uma pessoa encantadora e cheia de carinho por tudo e todos.

Pois não, não se mexe, está assim… Tem, tem sempre um semblante pacífico e um sorriso.

Sorriso dos mortos? Não sei dizer, porque está vivíssimo e quando o assunto lhe interessa conversa alegremente e de modo bem vivo.

Sei que quando está ao nosso lado tudo fica iluminado e brilhante.

Pois não, o mais acertado seria dizer que nós é que podemos colocar-nos a seu lado. Mas não é assim, ele é que vem ter connosco.

Pois não, não sei explicar mas sei que é assim e que a sua presença anima a prosseguir.

Prosseguir o quê? O nosso dia-a-dia, a nossa labuta, as nossas tarefas e tudo o que fazemos sem ser por tarefa mas porque gostamos e… aprendemos rapidamente que o coração pode albergar tesouros.

Quais? Tesouros de amor, que mais poderia ser – preciosidades que só alguns conseguem albergar naturalmente!

Pois não, não sei dizer.

Ah! Isso sei dizer – vale a pena vê-lo, percebê-lo!

Então porque não o vês tu?

Sei lá!


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D