Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

21
Fev10

Saber escolher

eva

aber livreiro quer dizer conhecimentos baseados nos livros, mas hoje, com o desenvolvimento da Internet, esse conhecimento pode ser ampliado milhares de vezes e ao alcance de um clic.

Não precisamos correr para as livrarias, nem esperar que façam a encomenda para daí a 15 dias ou mais, porque nem sequer a obra é editada, ou até reeditada, no país.

Hoje a cultura está ao alcance de todos ou por via oral – dos contadores de histórias – que se mantêm em todas as sociedades, ou por via escrita, e esta em qualquer suporte, desde o simples papel, ao dvd e ao ecrã de comutador.

- Deveríamos ser mais cultos que em qualquer época anterior, não era?

- Poderia ser assim, mas não somos. Somos, sim, cada vez mais práticos e especializados em micro-assuntos e os nossos amigos são igualmente peritos nos mesmos assuntos. Não é mais o convívio pela proximidade, ou vizinhança…

- Pois não, nem sequer conhecemos os que vivem paredes-meias com o nosso apartamento, ou na casa ao lado e, menos ainda, os do mesmo quarteirão ou rua.

- Parece assistirmos a um afastamento gradual entre seres humanos. Porém, quando há desgraças ou catástrofes as pessoas unem-se, como sempre se uniram. O que há são novas maneiras de viver a vida com os tempos que voam para a quantidade de tarefas agendadas. As rotinas sempre tornaram esses tempos mais fáceis e mais apagados, em termos de luz mental.

- Já reparei nisso. Nem sequer penso; ajo como um robot em grande parte do dia e se, por acaso, fecham o trajecto habitual, por obras ou algo assim, fico meia tonta sem saber, no imediato, o que fazer…

- Devemos ser nós a escolher as rotinas para as nossas facilidades, mas não deixar que essas se instalem comodamente nas nossas vidas. Devemos estar despertos para a vida e darmos-lhe hipótese de nos mostrar uma bela surpresa a cada dia e sem temores, e aceitar as outras que temos que ultrapassar com constância de valores e paciência.

 

 

07
Fev10

Brilhos

eva

abituamo-nos desde pequenos à higiene, tanto em nós como nos outros e nos lugares que passamos a frequentar, ou não, conforme a diferença de limpeza que apresentam.

A higiene faz, pois, parte integrante do nosso dia-a-dia. Por preceitos de higiene limpamos o nosso quarto, a nossa casa, o carro, o equipamento que usamos para os mais diversos trabalhos. As casas de banho, desde os sanitários à banheira, devem, para a maioria de nós, apresentar-se impecáveis, em termos de limpeza.

Tudo isto são hábitos modernos e tem a ver com o progresso da humanidade. No entanto, muitos lugares há em que esses preceitos nem um sonho chegam a ser, porque a ignorância destas necessidades é completa.

E aqui entramos no campo da ignorância – o que é para nós a ignorância?

- É escuridão da mente…

- É a despreocupação e felicidade antes da atrapalhação do conhecimento de algo…

- É…

- Pois é isso tudo, ou seja, é o relaxe e o erro contínuo antes da clareza mental sobre os assuntos – sejam estes de que índole sejam. Temos sempre ignorância desta ou daquela matéria, porque não conseguimos abarcar tudo o que já se conhece em todas as áreas científicas conjugando esses estudos com os afazeres e responsabilidades que vamos assumindo.

- Mas há quem tenha um conhecimento enciclopédico…

- Há, mas nem sempre esse saber é aplicado. Fica, em teoria, armazenado na memória. E portanto, não tem qualidade prática, é um desbobinar contínuo sobre temas variados. Contudo a especialização, em alto grau, sobre determinada área do conhecimento implica, geralmente, a necessidade desse conhecimento para o pôr em prática no trabalho diário.

- Ou seja, o saber não ocupa lugar.

- Não ocupa lugar e sem dúvida que amplia a capacidade mental, dando uma luz e brilho especiais ao intelecto... e ao ser.

 

 

02
Dez09

Da atenção

eva

As noites são lunares – dizem uns. Obviamente, dizem outros. Não tão óbvio porque há noites de Lua Nova, dizem, ainda, outros mais.
E tudo isso é realidade e tudo isso é explicar pior ou melhor.
O que quero dizer é que uns interpretam e entendem logo todos os prismas de observação das questões. Outros são mais superficiais ou, talvez, mais específicos e atendem ao principal e objectivamente ao que se faz referência.
Isto acontece perante a generalidade das situações e em relação à maioria das pessoas.
No entanto, quando queremos dar atenção, então percebemos tudo o que é para perceber.
Resumindo, o entendimento depende, também, da nossa atenção e concentração nos assuntos.
Também acontece que uns têm sempre uma atenção cuidada para tudo o que flui em seu redor. Outros estão constantemente distraídos.
Será apenas uma questão de atenção dirigida? Porque questão de capacidade não é.
A boa capacidade observa-se, se for necessário, de seguida à maior distracção.
- Será uma questão de economia mental?
- Talvez!
- O facto é que, em estado de mente saudável, todos somos capazes de distracção, atenção e concentração a gosto.
- E disciplinada?
- Aí, aparece a vontade com a sua força de comando acima das preferências simplesmente emocionais.

.
.

.

Imagem retirada da net
.
.
Disse  Ralph Waldo Emerson:  A concentração é o segredo da força !
.

.

18
Nov09

Da regeneração

eva

Todos queremos ser felizes…
- Alguns não!
- Como?
- Alguns apenas querem sobreviver protegendo a sua família e todos os que vão encontrando e esquecendo-se, na maior parte das vezes, de si próprios, numa abnegação total, a ponto de arriscarem a sua vida pelos outros.
- Mas esses são apenas alguns…
- Com certeza que sim, mas o seu valor, mesmo ignorado da maioria, é grandioso e quando olhamos para esses seres, a luz que resplandece da sua figura ofuscando tudo em redor. Parecem um holofote gigante e, não raras vezes, a sua figura física é diminuta ao olhar vulgar.
- Mas esses são apenas alguns, repito.
- O que quero dizer é que se esses existem no meio de nós, disto tudo que às vezes parece nem ter uma explicação racional e humana-humanista... Então, é possível que todos nos possamos transformar e regenerar nessa plástica mental.
- Plástica?
- Em formulações mentais muito mais adiantadas que o vulgar que se encontra no dia-a-dia. Esses simbolizam o que qualquer humano pode vir a ser, pode vir a conseguir…
- Isso são sonhos!
- Já diz o poema – quando um homem sonha o mundo pula e avança…
- Só quando o sonho é construtivo.
- Se há a hipótese, deve haver a prática.
- E bastaria sonhar, na tua opinião?
- Poderia, pelo menos, começar pelo sonho bem imaginado, bem traçado em programa de regeneração.
- Como os tratamentos para os viciados…
- Como qualquer terapia reconstituinte do ser ideal.
- Se é ideal…
- Se é ideal – se existe a ideia – então existe a sua possibilidade real.

.
.
.

Ponte Oresund entre a Dinamarca e a Suécia
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Norman Cousins:  O progresso começa com a convicção de que aquilo que é necessário é possível !
.

.

07
Out09

Todos?

eva

- E se a música é parte intrínseca de nós, ou em nós?
- E se não a podes ouvir?
- Se isso for possível, então o impossível também é possível?
- O melhor é pensar que tudo é possível.
- E, então, qual é a amplitude do desespero? Incomensurável?
- Por vezes chega ao suicídio…
- Mas o suicídio pode ser físico e real tanto para o próprio como para todos os que conhecem o suicidário.
- Mas… se tudo é ilusão…
- Mas… o suicídio pode ser também mental…
- O desespero é mental, também, e não deixa de ser bem sentido emocional e fisicamente.
- Então, tudo o que acontece ao indivíduo, já lhe aconteceu mentalmente?
- Isso é uma enormidade que pode ser considerada bem verdadeira… O acertado é viver sempre do modo mais recto que se conseguir, perdoando e amando todos – os que desconhecemos e conhecemos, os que nos injuriam e os que nos provocam amarguras e preocupações, os que nos são agradáveis e amamos simplesmente e de modo imediato.
- Todos?
- Compaixão e benevolência para com os outros gera benevolência por nós próprios. Então o tal desespero não tem lugar em nós.
- E seguiremos em frente no caminho com a nossa vidinha e a nossa Vida?
- Tal e qual.
.
.

 

Imagem retirada da net
.
.
Disse 
Pe. António Vieira:  A maior parte do que sabemos é a menor do que ignoramos !
.
04
Set09

Um estandarte para a integridade

eva

A verdade é um estandarte para a integridade de si próprio, em si mesmo, nesta vida, no quotidiano, nas relações com o mundo que rodeia cada um de nós – seja este visível e perceptível, ou invisível e transcendente.
Sempre que agimos em verdade, ou com a verdade, estamos a gerar e a vivificar a integridade em nós, de nós para com os outros.
- Então se eu pensar uma coisa mas, por delicadeza, disser outra para não magoar ou ser agradável a outrem deixo de ser íntegra?
- Nessa altura porque não calar em vez de falar o que não é?
- Ora, por força das circunstâncias, por hábitos sociais, sei lá!
- Pois, realmente deve ser mais por hábito adquirido do que por razão raciocinada. A não ser que haja aí interesse em ser especialmente agradável para alguém?
- Também parece exagero ser sempre cortante em vez de
agradável…
- Ora ai está uma questão importante. Não é necessário, de modo algum, ser cortante; pelo contrário, o que se deve promover é precisamente a elaboração de pensamentos agradáveis ou passivos, em vez de desagradáveis ou indiferentes. A partir daí começa outra construção do edifício mental – um edifício de benevolência e carinho por todos – e a paz instala-se no coração sem mais percalços.
- Isso quer dizer que acabam os sobressaltos e os medos?
- Quer dizer que é um meio seguro de viver a vida de modo mais tranquilo e feliz, um modo construtivo em si.
- E todos merecemos isso?
- Todos merecemos o melhor de nós mesmos, sem interferências, para sermos cada vez melhores.
.
.
.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Florbela Espanca:  Tão pobres somos que as mesmas palavras nos servem para exprimir a mentira e a verdade !
.
.
05
Jun08

Campo mental

eva

Cabeça perdida. Cabeça louca. Desvairada. Alucinada.
Que fazer quando não há concentração?
Quando queremos prestar atenção e só observamos por um instante.
A seguir não sabemos que é feito das observações e entretanto continuam a falar para nós.
Às vezes à espera de uma resposta.
Que fazer quando queremos pensar e reflectir mas, no instante (porque é só um instante) seguinte, estamos com as ideias completamente alheias à situação.
Que fazer quando a cabeça não dá mais?
E se insistimos, começamos a ter dores na fronte, em todo o lado sentimos pulsar aquele peso do cansaço… a dor latente…
Que fazer? Talvez dormir e descansar; pode ser só cansaço.
E a cabeça, afinal, está cheia – a abarrotar – de ideias e pensamentos.
Não param, parecem estar numa corrida louca para quê?
- Não sei!
- Respira pausadamente. Pensa em flores, no céu azul, no mar até ao horizonte. Amplia o campo mental ao mesmo tempo que, a respirar melhor, também o oxigenas. Melhora bastante!
- Amanhã talvez. Agora… vou dormir!
.
.

.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Mahatma Gandhi:  Vive como se fosses morrer amanhã. Aprende como se fosses viver para sempre !
.
.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D