Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Conviver

. Exercício e convívio

. O encanto da simplicidade

. Rotina e convívio

. Das praxes

. A cada um o seu dia!

. Alegria de viver

. Mudanças em paz

. Saber escolher

. Diálogo de surdos

. Sou do tempo em que

. Mundovisão

. Pormenores

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

Sou do tempo em que

Sou do tempo em que o chá, ou o café, eram uma desculpa para encontro entre pessoas amigas, um tempo de visita a casa doutros e, mais tarde, ao café ou pastelaria a meio-do-caminho entre todos.
Tudo se foi tornando mais impessoal, mais individual e hoje as visitas são por mail ou msn ou semelhantes.
Sou do tempo em que mais meia hora, ou menos meia hora, só fazia diferença para apanhar o comboio.
Poderia sentir-me envelhecer, mas não sinto! Sinto-me bem por viver anos de vida tão ricos em transformações.
Gosto do esforço de adaptação porque puxa por mim!
Gosto de sentir que estou sempre a aprender e que tenho hoje conhecimentos que nunca pensei possíveis.
Porque hoje tenho a bagagem cultural que a instrução sonhada deu e porque essa bagagem me permite ter sempre o olhar mental disponível para novidades melhores que as anteriores.
Porque, ao olhar para trás, vejo um carreiro de esforços e alguns dos resultados pretendidos.
- E não tens saudades do tal tempo de chá?
- Oh! Se tenho! O do café era mais para estudar e para os estudantes em horas de exames, eh eh!
- Já foste experimentar os bolinhos caseiros daquele cafezinho ali? As mesas permitem ficarmos sentadas mesmo em frente da saída das fornadas e, assim, podemos escolher e ainda os comemos quentinhos… a ferver…
- Verde! Cruzemos já!

.
.

.
Julius LeBlanc Stewart - O chá das cinco
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Marcel Proust:  Os paraísos perdidos estão em nós mesmos !
.

.


publicado por eva às 12:29

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Mundovisão

- Ora cá estamos nós no cafezinho e na conversa…
- Para quem pode, pois!
- Para quem pode e para quem quer, porque muitos há que não querem sequer sair de casa.
- E outros há que não querem conviver, preferem estar sozinhos e isolados.
- Isolado não está ninguém, e sozinho menos ainda. Estão com os seus pensares e seus pensamentos.
- Queres dizer a capacidade, melhor ou pior, de formular pensamentos e depois vivê-los…
- Isso é assim mais ou menos. Porque o modo de formular os pensamentos tem a ver com a capacidade de ver o mundo e de o interpretar com mais ou menos compreensão, paciência e, porque não dizê-lo, mais ou menos carinhosamente. Porque a melhor maneira, a mais construtiva, de encarar o que nos rodeia e acontece é encarar tudo pela óptica do maravilhoso. É compreender os que ainda não conseguem e os que já conseguem ser mais dignos de si mesmos. É amar os menos evoluídos espiritualmente com toda a nossa compaixão e compreensão de que um dia serão melhores, e os mais evoluídos que nos dão o ânimo que necessitamos, às vezes uma necessidade igual ao ar para respirar.
- Mesmo quando só a presença ou aproximação nos irrita ou apavora?
- Mesmo nessas situações dramáticas se conseguirmos pressentir o maravilhoso em nós, conseguimos relevar todas as situações. E os dias serão muito mais fáceis de ultrapassar.

.
.
.

Fotograma de As Crónicas de Nárnia: O Príncipe Caspian
Imagem retirada da net
.
.
Disse  André Breton:  Digamo-lo claramente de uma vez por todas: o maravilhoso é sempre belo !
.

.


publicado por eva às 19:32

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 6 de Setembro de 2006

Pormenores

 6 de setembro de 2006

Na cozinha a azáfama de comidas mais apetitosas e arranjadas de modo mais vistoso para as visitas.
Ora esperam, ora entram e saem da cozinha na ânsia de chegarem todos à mesa.
As conversas são sobre todos os temas que se desejam, mais os que se lembram.
Convívio algo intermitente entre o falar, fazer, ouvir, ver e andar de um lado para o outro.
Querendo saber as novidades todas, mesmo as que não são já novidade.
Sorrisos, pensares, passeios e visitas prometidos para o futuro.
Abraços apertados cheios de amizade e carinho.

É muito bom criar e manter laços de bom relacionamento entre as pessoas.
O longe ou o perto são pormenores. Os momentos bons da vida são para recordar.
As coisas boas da nossa vida deveriam plantar-se como sementes e cuidá-las na memória com muito carinho para que se desenvolvam ainda mais em novas ocasiões.
Uma renovação constante do fútil no interessante.
Na valorização do verdadeiro sentir-se bem com os outros.

publicado por eva às 21:56

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds