Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Integridade

. Lobos e cordeiros

. Questões de moral

. A clareza no falar

. Corpo humano

. Voar

. Um modo diferente de vive...

. Do hábito da leitura

. Realidades subtis

. Aparências

. Amizade sincera

. Os pratos da balança

. Pontos de ética

. Merecimentos

. Radiografias

. Ética e integridade

. Fardas e ética

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

Amizade sincera

- mizade sincera? O que é?

- É… é…
- Confunde-se com amor? Amor platónico? Amor de mãe?
- É… é…
- É amor de mãe?
- É… é…
- É carinho?
- É, é! É especialmente carinho e fraternidade, se calhar com um pouco de tudo o que disseste antes.
- Pode ser assim tão abrangente?
- Todas as emoções podem ser redutoras ou abrangentes sem limites.
- É questão da nossa capacidade de ampliar as emoções e os sentimentos?
- É questão de sintonia.
- Somos energias puras, não é?
- Somos energia, ou energias.
- Parece-me haver uma certa relutância quanto á purificação?
- Da purificação tratam os nossos sentidos morais e éticos. Temos sensibilidade para saber o que está errado ou correcto. Seguir essa sensibilidade nem sempre é uma situação tão lúcida como possa parecer. A nossa mente tolda-se e muitas vezes aceitamos como certo o que há de mais errado.
- Então é tudo um emaranhado…
- Então, o uso do sentimento de benevolência para com todos, sejam quem sejam, não deixando de perceber a linha da ética moral, é o necessário. Porque há sempre uma causa que interfere de modo errado e outra que interfere de modo correcto.
- Andamos na vida como numa corda bamba?
- A cada passo fazemos o nosso caminho, com descuido ou com cuidado.
- Só a nós compete?
- Digamos que a cada um o seu quinhão de competência.
 

publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

Os pratos da balança

     

dramático ficarmos à espera das últimas palavras de uma pessoa, ainda mais se ela nos é querida.
- E porque têm que ficar à espera?
- Questões de negócios por resolver, destinos das coisas conforme a sua vontade, em virtude das decisões já tomadas, etc.
- Mas não há outros que estejam a par desses empreendimentos e possam tomar as rédeas da situação?
- Há e não há. Isto é, haver quem suceda no cargo há, ou haverá assim que for eleito, mas ser capaz de executar as funções com a sua ética moral e qualidade de trabalho são coisas bem diferentes.
- Isso geralmente não acontece. Até se vê, mais vezes, a situação inversa, ou seja, que a um bom sucede outro menos bom e ao menos bom pode suceder um belíssimo.
- Dito assim, faz lembrar os pratos da balança em que o fiel se torna o tempo percorrido, não é?
- Bem… dito assim… eu, devo reconhecer, que pensei mais terra-a-terra.
 

publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Pontos de ética

Pensamentos correctos, atitudes correctas, palavras correctas, viver de modo correcto, etc., etc.
São vulgarmente chamados pontos de ética, ou seja, comportamentos correctos para o próprio indivíduo, para a sociedade em que se insere, para o meio e ambiente natural que o rodeia.
Ainda dizendo de outro modo – um modo de estar do indivíduo que lhe permite progredir na elaboração das suas ideias e concepções, assim como a sua vida deve promover o progresso de tudo em que interfere.
- Essa interferência é de modo amplo, não é?
- Pois é! Desde as energias que concentra no seu interior como as que expande em seu redor, a todos os instantes e em todas as ocasiões.
- Mas é impossível alguém sentir e promover sensações boas de si para si e para os outros! Porque é este o significado, não é?
- Mas é possível tentar, tentar sempre. Assim como é possível desfalecer destas tentativas, esmorecer na vontade e falhar nas forças. E tudo isso são vicissitudes do percurso de cada um. E tudo isso são aceitações das fraquezas e forças próprias e da vontade de melhorar.
- E porquê ter vontade em melhorar, sobretudo quando se acha que se vive bem, confortavelmente e estimando-se a si próprio?
- Porque quem se estima a si próprio sente que consegue ser melhor daquilo que é, e que pode progredir. Quem se estima também estima o melhor de si e então a vontade de melhorar não só é instintiva como intuitiva.
- Então a vida é sempre uma luta que só acaba na morte.
- A vida pode ser vivida evoluindo em harmonia, como o ritmo das estações no ano – ora frio, ora calor, ora vento, ora brisa – tudo se equilibrando ao fim do ano, tudo com a utilidade de cada dia fruindo de hora a hora, de ano em décadas. E quanto à morte, que dizer se pensarmos na ideia que ela é só uma passagem desta vida mais física para a vida eterna, mais espiritual? Tantos falam convictamente disso – será só esperança…?

.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Camilo Castelo Branco:  A verdadeira lei do progresso moral é a caridade !
.

publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

Merecimentos

Concentraram-se todos numa oração cantada entoando-a em coro.
Vê-se chegar, à mesma sala, um séquito de pessoas de visível importância, com vestes longas, brancas e douradas.
A importância advém-lhes do lugar que ocuparam na hierarquia sócio-religiosa e porque desempenharam as funções com toda a correcção – em moral e ética.
Hoje, essa importância continua a ser pela elevação moral e ética, não tanto religiosa ou social nos termos em que as reconhecemos habitualmente.
As exigências para consigo mesmos são cada vez mais amplas e o Amor é, também, cada vez mais dilatado.
Por outro lado, a compreensão pela situação dos faltosos é ainda mais caridosa desse Amor.
Entretanto, eles vão entrando e o primeiro leva um báculo meio poisado no chão, meio erguido.
Vão avançando pela sala até ficarem frente a frente com uma das pessoas.
Parece que lhe dizem algo, como a cumprimentá-la e a esclarecê-la, mas ela não entende bem o que lhe dizem.
Seguidamente sente-se como que trespassada por toda aquela envolvente branca e dourada.
- E então?
- Ela, que se sentia tão mal, melhorou instantaneamente.
- Foi um milagre?
- O que há são merecimentos morais, ou não, de benesses que permitem alcançar um nível superior de evolução espiritual.
- Então?
- Então, ela conseguiu entender, percebendo, o que tinha feito e o que deveria fazer e essa compreensão das coisas fê-la sentir-se melhor.

.
.

. 

Imagem retirada da net
.
.
Disse  Platão:  A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma !
.
.

publicado por eva às 20:29

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 27 de Dezembro de 2008

Radiografias

- Respira – pára – respira – pára… Pronto, já pode sair. Espere lá fora pela radiografia, sim?

As radiografias ao corpo, desvalorizadas, ou talvez não, por outros exames mais modernos, são as nossas fotografias interiores e em contraste.
Para os ossos – fracturas, etc. – as radiografias são meios importantes de diagnóstico, a não ser que depois não haja quem as saiba interpretar correctamente.
Isto forma um processo em que, mais uma vez, todos os trabalhos são importantes porque uns não valem sem os outros.
Assim como a melhor participação individual não se valoriza se não existir valorização de um todo onde esteja inserida.

De modo semelhante, no nosso corpo, se todas as partes trabalharem bem, o corpo é saudável, senão torna-se frágil à doença.
A mente é a grande coordenadora, tanto na organização de impulsos de informação-respostas, como nas variantes de tristeza e alegria com que essa organização se efectua.
De modo global surge uma cor – que nos identifica ou que revela o nosso modo de ser, e também o nosso modo de estar na vida.
- Ihhh! Isso é que é resumir…
- Pois… Dizem que a ética é a radiografia de cada um, pois traduz a combinação do conhecimento com a emoção. O nosso conhecimento é intuitivo se já foi vivido, e é racional se foi adquirido por opção. Daí o somatório e a questão da ética ser a fotografia espiritual do indivíduo.
- Queres dizer que o comportamento é algo intrínseco e que a maioria nem sequer o suspeita. Além de ter coloração.
- É um modo, ainda mais resumido, de colocar a questão, sim!

.
.
.

Maria João Brito de Sousa – Auto Retrato
Imagem retirada da net

.
.

Disse  Giovanni Papini :  Por inércia, prefere-se repetir os actos dos outros, em vez de procurar, com o esforço do pensamento, os melhores !
.
.


publicado por eva às 12:58

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Ética e integridade

O perdão que deveríamos pedir é quase uma lista sem fim.
Fazemos e pensamos - ou melhor - pensamos e fazemos "n" coisas sem grandes preocupações porque nos parecem bem e acertadas.
E perante a nossa vida, a nossa família, grupo de amizades e, mais ainda, na sociedade em que nos inserimos globalmente até somos pessoas de bem.
De muito bons costumes - apreciados por todos ou pela grande maioria das pessoas que lidam connosco.
Para a nossa vulgar noção de ética somos uma maravilha, sobretudo se estamos a ver as notícias do dia - porque nos sentimos muito acima daqueles que perpetuam crimes de vária ordem.
Mas outra ética e integridade existem que é muito mais exigente e que, se quisermos, até podemos considerar uma ética ideal.
Nessa ética até o pensamento momentâneo da dúvida entra no cômputo do nosso ser.
Algo semelhante às palavras de Jesus "até ao último ceitil"- a verdade é que tudo conta - absolutamente tudo.
- E onde ouviste isso? Na palestra de ontem?
- Não, nada disso.
- Então?
- Ah, sim. Sonhei! Sonhei com essa lista de atitudes e eu tinha uma de erros que nem desconfiava.
- Só em sonhos mesmo...
- E se não é... se não tiver sido só um sonho?
.
.

.
Planeta Gilese 581c, descoberto em Abril de 2007
(imagem da NASA)

 .

.
Disse Rabindranath Tagore : o bem pode resistir às derrotas, o mal não !
.

.


publicado por eva às 08:36

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2006

Fardas e ética

14 de dezembro de 2006

Fardas e profissões. As fardas, que estão mais uma vez na moda, ajudam a manter a roupa vulgar em bom estado.
As fardas têm ainda a vantagem do aspecto idóneo que dão a quem as usa e a elegância que as caracteriza, seja qual for o desenho do corpo que vestem.
É assim que os mais gordos ficam esbeltos, os mais baixos sobem de altura, os magros parecem peso médio e os altos mais vulgares.
A farda tem o significado de respeito. Contudo, vendo notícias agora observações de abusos perpetrados a coberto de fardas, parece que esse respeito se tornou um problema social.
É evidente que se "o hábito não faz o monge", a farda também não torna íntegro quem a usa.
E não será necessário usar uma farda para progredir na moral e na ética pessoal e social.
Tudo isto volta sempre ao princípio, ou à génese destas situações.
A essência é a educação pessoal.
Não propriamente a da família, apesar de ser uma ajuda inestimável.
Mas trata-se do esforço individual por si próprio.
Antes, até se chamava amor-próprio, mas parece ser um termo em desuso no presente.
Assim como o "orgulho" de ser se transformou em arrogância.
Parece ser tempo (mais que tempo) de recuperar estes termos e acrescentar "responsabilidade" a esta lista.
São três palavras que poderão ajudar a definir o futuro da humanidade.
Deseja-se tudo de bom e construtivo às novas gerações.
Mais uma vez, têm muito trabalho a fazer.

publicado por eva às 17:57

link do post | comentar | favorito


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds